• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2017.tde-10052017-124146
Documento
Autor
Nome completo
Lucia Tobase
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Peres, Heloisa Helena Ciqueto (Presidente)
Évora, Yolanda Dora Martinez
Leite, Maria Madalena Januario
Prado, Claudia
Sasso, Grace Teresinha Marcon Dal
Título em português
Desenvolvimento e avaliação do curso online sobre Suporte Básico de Vida nas manobras de reanimação cardiopulmonar do adulto
Palavras-chave em português
Educação a Distância
Educação em Enfermagem
Ressuscitação Cardiopulmonar
Suporte Básico de Vida
Tecnologia Educacional
Resumo em português
Introdução: No panorama mundial, as doenças cardiovasculares configuram-se como principal causa da parada cardiorrespiratória em adultos, cujas chances de sobrevivência são maiores, quando presenciada por pessoas aptas para prover o suporte básico de vida (SBV) na reanimação imediata. Objetivo: Desenvolver e avaliar o curso online Suporte Básico de Vida: aspectos essenciais no atendimento do adulto em parada cardiorrespiratória. Método: Em primeira etapa, trata de pesquisa aplicada, de produção tecnológica acerca do desenvolvimento do curso online sobre SBV, utilizando design instrucional baseado no modelo ADDIE (Analisys-Análise, Design-Desenho, Development-Desenvolvimento, Implementation-Implementação, Evaluation-Avaliação). Nessa perspectiva, foi avaliado por especialistas e estudantes. A segunda etapa configura-se em delineamento quase-experimental, do tipo antes-depois. O curso online foi aplicado aos estudantes da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo, como intervenção educacional, em 2014-2015. Os estudantes foram avaliados mediante pré-teste, pós-teste e simulação em prática presencial com dispositivos de feedback. Resultados: O curso online foi implementado em ambiente virtual de aprendizagem; 94 (100%) estudantes aceitaram participar da pesquisa, 88 (94%) acessaram ambiente virtual, 67 (71%) finalizaram parte teórica, 62 (66%) concluíram o curso online. A maioria era do sexo feminino (90,4%), do 1º e 2º ano (65%), idade média 21,48 (DP 2,39). Adotando nível de significância 95%, a média das notas no pré-teste foi 6,4 (DP 1,61), pós-teste 9,3 (DP 0,82), p<0,001. ANOVA para medidas repetidas indicou diferenças significativas (p<0,001) entre médias das notas no pré-teste dos estudantes do 1º e 2º ano 6,2 (DP 1,59) e do 3º e 4º ano 7,2 (DP 0,83). Média das notas do pós-teste foi 9,2 (DP 1,60) nos dois primeiros anos e 9,7 (DP 0,61) nos dois últimos anos, p<0,475. Regressão linear múltipla com inclusão progressiva (forward stepwise) para variáveis associadas ao aprendizado mostrou-se significativa (p<0,015) com ano de curso no Bacharelado -0,542 (EP 0,215) e participação anterior em curso de emergência -0,903 (EP 0,437). Na prática simulada, a média das notas foi de 9,1 (DP 0,95). Registros do checklist indicaram que 98% dos estudantes realizaram exposição do tórax, 97% avaliaram respiração, 76% se lembraram de chamar serviço de emergência, 92% solicitaram desfibrilador, 77% verificaram pulso corretamente, 87% posicionaram as mãos no tórax corretamente, 95% efetuaram ciclo de 30 compressões adequadamente, 89% em profundidade mínima 5 cm, 90% liberaram tórax após compressão, 97% alternaram 2 ventilações corretamente, 97% usaram Desfibrilador Externo Automático, 100% posicionaram as pás corretamente. Registros do dispositivo de feedback indicaram percentual de desempenho equivalente a Reanimação Cardiopulmonar Básica 43,7 (DP 26,86), médias de duração ciclo compressões/seg 20,5 (DP 9,47), do número de compressões 167,2 (DP 57,06), da profundidade compressões/mm 48,1 (DP 10,49), do volume de ventilação 742,7 (DP 301,12), do percentual de fração de fluxo 40,3 (DP 10,03). O curso foi bem avaliado pelos estudantes e especialistas, com reações positivas quanto ao conteúdo, objetividade, clareza, didática, organização, acesso e navegação. Conclusão: Confirmou-se a plausibilidade da hipótese do estudo, corroborando a contribuição do curso online no aprendizado sobre SBV. Mostrando-se efetivo no suporte ao ensino em Enfermagem, o curso online permite integrar apresentações em diferentes disciplinas e capacitações, frente a necessidade de inovações tecnológicas e estratégias educacionais ativas, em ações para identificação precoce da parada cardiorrespiratória e sistematização do atendimento na reanimação cardiopulmonar.
Título em inglês
Development and evaluation of the online course about adult Basic Life Support in cardiopulmonary resuscitation from cardiac arrest
Palavras-chave em inglês
Basic Cardiac Life Support
Cardiopulmonary Resuscitation
Education Distance
Education Nursing
Educational Technology
Resumo em inglês
Introduction: In the world scene, cardiovascular diseases constitute the main cause of cardiac arrest in adults, whose chances of survival are higher if witnessed by persons able to provide the basic life support (BLS) in immediate resuscitation. Objective: To develop and to evaluate the online course "Basic Life Support: essential aspects in adult cardiac arrest. Method: In the first stage it refers to the applied research of production technology on the development of online course on BLS, with the instructional design ADDIE (Analisys, Design, Development, Implementation, Evaluation). In the second stage, in quasi-experimental, before and after design, the online course was applied to students of Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo, as an educational intervention in 2014-2015. Pre-test, post-test and simulation with feedback devices were applied. The online course was evaluated by specialists and students. Results: The course was implemented in the virtual environment and 94 (100%) students who agreed to participate of the research, 88 (94%) accessed the virtual environment, 67 (71%) completed the theoretical part and 62 (66%) completed the online course. The majority were women (90.4%), in the 1st and 2nd year (65%), mean age 21.48 (SD 2.39). With 95% significance level, the mean grade in the pre-test 6.4 (SD 1.61), in the post-test 9.3 (SD 0.82), p <0.001. ANOVA for repeated measures showed significant differences (p <0.001) between the average scores in the pre-tests of students in the 1st and 2nd years 6.2 (SD 1.59) and the 3rd and 4th years 7.2 (SD 0, 83). The averages note in the post-test 9.2 (SD 1.60) in the first two years and 9.7 (SD 0.61) in the last two years, p<0,475. In multiple linear regression with progressive inclusion (stepwise forward) for variables associated with learning, it was significant (p <0.015) for year course -0.542 (SE 0.215), previous participation in emergency course -0.903 (SE 0.437). In simulated practice the mean score was 9.1 (SD 0.95). The checklist records showed 98% students performed exposure of the chest, 97% observed the breathing, 76% remembered to call emergency services, 92% requested defibrillator, 77% checked the pulse correctly, 87% positioned their hands properly, 95% effected 30 compressions cycle properly, 89% in minimum depth 5 cm, 90% released after chest compression, 97% correctly applied 2 breaths, 97% used External Automatic Defibrillator, 100% positioned blades correctly. Feedback device records indicated equivalent percentage of performance Basic CPR 43.7 (SD 26.86), the averages of duration compressions cycle / second 20.5 (SD 9.47), compressions number 167.2 (SD 57.06) depth compressions/mm 48.1 (SD 10.49), ventilation volume 742.7 (SD 301.12), percentage flow fraction 40.3 (SD 10.03). The course was evaluated as good quality by participants, with positive reactions about the content, objectivity, clarity, teaching, organization, access and navigation. Conclusion: The plausibility of the hypothesis of this study was confirmed, corroborating the online courses contribution in the BLS learning. In support teaching in Nursing, it lets to compose presentations in different disciplines and training, arising from the need for technological innovations and active educational strategies in action for early identification of cardiac arrest and systematization of care in cardiopulmonary resuscitation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-05-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.