• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2010.tde-14122010-115517
Documento
Autor
Nome completo
Vivian Aline Mininel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Felli, Vanda Elisa Andres (Presidente)
Alexandre, Neusa Maria Costa
Baptista, Patricia Campos Pavan
Marziale, Maria Helena Palucci
Takahashi, Mara Alice Batista Conti
Título em português
Adaptação transcultural do Work Disability Diagnosis Interview (WoDDI) para o contexto brasileiro
Palavras-chave em português
Incapacidade de trabalho. Adaptação. Avaliação da capacidade de trabalho.
Resumo em português
Este estudo objetivou a adaptação transcultural do Work Disability Diagnosis Interview (WoDDI) para o contexto brasileiro. Este guia de entrevista estruturada foi desenvolvido pela Universidade de Sherbrooke (Canadá) para ajudar os profissionais de saúde a detectarem os fatores preditivos de maior importância para incapacidades relacionadas ao trabalho e a identificarem uma ou mais causas de absenteísmo prolongado do trabalho. Foi realizado obedecendo-se às recomendações internacionais e princípios éticos para pesquisas com seres humanos. Foram observadas as seguintes fases: tradução inicial, síntese das traduções, retrotradução, avaliação por Comitê de Especialistas e teste da versão pré-final. Após as fases de tradução inicial e retrotradução, o WoDDI foi submetido ao Comitê de Especialistas para validação das equivalências conceitual, semântica, idiomática, experencial e operacional, além da Validação de Conteúdo. Esta análise desencadeou em adaptações dos termos que apresentaram percentual de Validade de Conteúdo inferior a 90% entre os especialistas. A amostra da população-alvo para aplicação em pré-teste contou com a participação de 30 trabalhadores do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo, afastados devido a problemas de saúde relacionados ao trabalho. A coleta de dados foi realizada por um médico ortopedista e pela pesquisadora, que aplicaram o guia de entrevista em duas partes, sequencialmente. Os resultados foram obtidos por meio da análise da compreensibilidade dos itens pelos entrevistadores e pela população de estudo. Para os entrevistadores, que avaliaram as seções referentes ao exame físico, o WoDDI foi considerado bastante completo e fácil de aplicar. Pequenas alterações operacionais foram propostas, com o intuito de facilitar o entendimento dos entrevistadores. A explicação detalhada dos testes, manobras e demais exames foi construída com este mesmo objetivo. Os termos que apresentaram dificuldade de compreensão em, pelo menos, 15% da população do pré-teste, foram passíveis de alteração. Para facilitar o uso do WoDDI, foi elaborado um manual de orientações para sua aplicação, contemplando a explicação de todas as seções, itens, questões e indicadores presentes no guia de entrevista. Estas orientações auxiliam os entrevistadores na interpretação dos itens, nas formas de questionamento e no modo de realização dos testes, manobras e demais exames. Por tratar-se de um guia de entrevista qualitativo, que confere certa flexibilidade àqueles que o utilizam, além de facilitar o entendimento, tais orientações também ratificam os conceitos abordados e a forma correta para condução da entrevista, conferindo maior credibilidade durante o processo. A conclusão deste estudo demonstra que o WoDDI está adaptado para a realidade brasileira, podendo ser utilizado por profissionais e serviços interessados nos assuntos de incapacidade relacionada ao trabalho.
Título em inglês
Cross-cultural adaptation of the Work Disability Diagnosis Interview (WoDDI) for the Brazilian context
Palavras-chave em inglês
Work Disability. Adaptation. Work Ability Evaluation
Resumo em inglês
This study aimed the cross-cultural adaptation process of the Work Disability Diagnosis Interview (WoDDI) for the Brazilian context. This structured interview guide was developed by University of Sherbrooke (Canada) to help clinicians to detect the most important disability predictors work-related and to identify one or more causes of prolonged absenteeism from work. It was performed following international standards and ethical principles for human research. It was observed the following steps: initial translation, synthesis of the translations, back translation, review by the Expert Committee and testing of the pre-final version. After the initial translation and back translation steps, the WoDDI was submitted to the Expert Committee to validation of the conceptual, semantic, idiomatic, experiential and operational equivalences, as the Content Validity. This analysis triggered in adjustments of the terms that presented Contend Validity percentage below 90% among experts. The sample of target-population for pre-test was composed by 30 workers of the University Hospital of University of Sao Paulo, absent of work due workrelated health problems. The data collect was performed by an orthopedic physician and a researcher, which apply the interview guide in two parts, sequentially. The results were obtained through comprehensibility analysis of the items by interviewers and by research subjects. For the interviewers, who assessed the sections of the physical exams, the WoDDI was considered complete and easy to apply. Some operational changes were done to facilitate understanding of the interviewers. The explanation detailed of the tests, maneuvers and other exams was constructed with the same goal. The terms that presented comprehensibility difficulties in, at least, 15% of pre-test population, were changed. In order to facilitate the WoDDI administration, it was elaborated a guidance handbook with explanation of all sections, items, questions and indicators of the interview guide. These guidelines help the interviewers in the items interpretation, questioning ways and how to conduct the tests, maneuvers and other exams. Being a qualitative interview guide, which gives some flexibility to the interviewers, these guidelines also reinforce the concepts discussed and the correct way to conduct the interview, giving greater credibility of the process. The conclusion of this study shows that the WoDDI is adapted to Brazilian context and it can be used by professionals and services interesting in work disability prevention issues.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-02-22
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • MININEL, Vivian Aline, et al. Adaptação transcultural do Work Disability Diagnosis Interview (WoDDI) para o contexto brasileiro. Revista Latino Americana de Enfermagem, 2012, vol. 20, n. 1, p. 27-34.
  • MININEL, Vivian Aline, and FELLI, Vanda Elisa Andres. Promotion of nursing workers quality of life (QOL): managerial responsibility of nurses. Online Brazilian Journal of Nursing, 2008, vol. 7, n. 3.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.