• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2012.tde-08012013-110012
Documento
Autor
Nome completo
Edilma Gomes Rocha Cavalcante
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Bertolozzi, Maria Rita (Presidente)
Figueiredo, Tânia Maria Ribeiro Monteiro de
Gonçalves, Maria Jacirema Ferreira
Hino, Paula
Takahashi, Renata Ferreira
Título em português
Marcadores de adesão ao tratamento da tuberculose: uma proposta para a atenção primária à saúde
Palavras-chave em português
Adesão à medicação
Atenção primária à saúde
Tuberculose
Resumo em português
Considerando a importância da adesão ao tratamento para o controle da tuberculose (TB) e para a Enfermagem e a necessidade de dispor de elementos que identifiquem a vulnerabilidade de pacientes à não adesão, o estudo objetivou propor marcadores de adesão ao tratamento para serem adotados no âmbito da Atenção Primária à Saúde. Metodologia: estudo de desenvolvimento metodológico, de abordagem quanti-qualitativa, pautado na Teoria de Determinação Social do Processo Saúde-Doença e no conceito de adesão ao tratamento, proposto por Bertolozzi. Instrumento, cujos marcadores eram decorrentes de estudos do Grupo de Pesquisa do CNPq: Vulnerabilidades, adesão e necessidades em Saúde Coletiva, foi validado, por meio do Índice de Validação de Conteúdo por especialistas e por revisão de literatura para complementar os marcadores propostos. Após aprovação por comitê de ética em pesquisa, o instrumento foi aplicado junto a 89 pacientes com tuberculose, matriculados em Unidades Básicas de Saúde da Região Centro-Oeste do Município de São Paulo, nos primeiros 30 dias e no período entre 90 a 140 dias de tratamento, de 2010 a 2012. À cada resposta dos pacientes correspondiam escores com os valores de 1-3, que configuravam desde menor até maior potencialidade para a adesão ao tratamento. A confiabilidade e a validade dos marcadores foram verificadas por meio de testes estatísticos. Resultados: os conceitos atribuídos aos marcadores, pelos especialistas, apresentaram Índice de Validade de Conteúdo foi de 86,7%. Na primeira etapa da coleta de dados, os pacientes tiveram média de escore total de 76,5 (59 88). A segunda etapa da coleta de dados foi realizada com 59 pacientes, e a média de escore total foi de 80,4 (66 92). Os marcadores com mudanças significativas para melhor escore da primeira à segunda etapa foram: conhecer a causa da TB (p=0,002); impacto da doença na vida (p=0,007) e no trabalho (p<0,001); dificuldade no tratamento em relação à medicação (p<0,001); opinião sobre a evolução da doença durante o tratamento (p<0,001); apoio familiar (p<0,001) e ter recebido visita domiciliária durante o tratamento (p<0,001). Na análise univariada identificou-se seis marcadores com valor significativo, sendo que três permaneceram significativos após análise de regressão logística: situação empregatícia (p=0,0016), uso de droga (p=0,0282) e reação indiferente ao diagnóstico (p=0,0065), os quais explicariam em 92,3% a adesão ao tratamento. A análise de confiabilidade e validade, pelo método de Componentes Principais de rotação de Varimax, resultou em sete marcadores, divididos em três dimensões, com consistência interna (Alfa Cronbach): Vida e contexto familiar (=0,796), Trabalho e processo saúde-doença (=0,645) e Apoio no contexto do serviço de saúde (=0,601). O alfa total foi de =0,706; 91,7% de sensibilidade, 64,0% de especificidade e área de curva ROC: 79,8%. Conclusão: a proposição de instrumento com tais marcadores é inédita e mostrou-se confiável para medir a adesão ao tratamento dos doentes com TB.
Título em inglês
Adherence markers concerning tuberculosis treatment: a proposal to primary health care
Palavras-chave em inglês
Medication adherence
Primary health care
Tuberculosis
Resumo em inglês
Considering the importance of the adherence to the treatment in order to control tuberculosis (TB) and to Nursing and the need to have available instruments to identify the vulnerability to the non-adherence, this thesis aimed to validate an instrument containing adherence markers to the treatment to be adopted in the Primary Health Care. Methodology: methodological development study with quanti-qualitative approach and based on both Social Determination Theory of the Health-Illness Process and Bertolozzi´s adherence concept to TB treatment, whose markers were derived from studies of the CNPq Research Group: Vulnerabilities, Adherence and Needs in Health Collective. An instrument was validated by: calculation of Index of Content Validation by experts and literature review to complement the proposed markers. To validate the instrument, the following procedures were performed: content validation and the compliance average of three experts; bibliography review in order to complement those proposed markers; pre-test; application of the instrument on patients in their 30 and 90-140 early days of treatment, from 2010-2012, at basic health units in the center-west region of São Paulo City Municipality. After approval by the ethics committee on research, the instrument was applied to 89 tuberculosis patients. Each patient response scores corresponded the values of 1-3, which indicate the lowest to highest potential for treatment adherence. The reliability and validity of markers were verified by means of statistical tests. Outcomes: concepts assigned to the markers by experts indicated Index Validity Content was 86,7%. During the first stage of data collection, patients presented a mean total score of 76,5 (59-88). The second stage of data collection was performed with 59 patients, and the mean total score was 80,4 (66-92). The markers with significant changes for better score from first to second stage of the study were: knowledge about the cause of TB (p=0,002), impact of disease on life (p=0,007) and job (p<0,001); difficulty in treatment related to medication (p<0,001); opinion about disease progression during treatment (p<0,001), family support (p<0,001) and have received home visits during treatment (p<0,001). In the univariated analysis six markers were identified with a significant value, three of them remained significant after logistic regression analysis: employment status (p=0,0016), use of drugs (p=0,0282) and indifferent reaction to diagnosis (p=0,0065), which would explain 92,3% of adherence to treatment. The analysis of reliability and validity, by the method of Principal Component with Varimax Rotation, resulted in seven markers, divided into three dimension, with internal consistency Cronbach's Alpha: Life and family environment (=0,796), Job and health-illness (=0,645) and Support in the health service (=0,601). The total alpha was =0,706; with 91,7% of sensitivity, 64,0% of specificity and the ROC Curve area was 79,8%. Conclusion: The proposition of an instrument with these markers is innovative and presents reliability to measure the adherence to TB treatment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-01-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.