• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2009.tde-11012010-121841
Documento
Autor
Nome completo
Alva Helena de Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Soares, Cássia Baldini (Presidente)
Donato, Ausonia Favorido
Fernandes, Maria de Fatima Prado
Martins, Cleide Lavieri
Peduzzi, Marina
Título em português
Educação em saúde: análise do ensino na graduação em enfermagem no estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Educação em saúde
Educação permanente
Educação profissional
Ensino em enfermagem
Ensino superior
Resumo em português
O estudo analisou, na perspectiva da Saúde Coletiva, o ensino de educação em saúde em quatro cursos de graduação no estado de São Paulo, de instituições públicas e privadas. Tratou-se de pesquisa de caráter exploratório-descritivo-analítico, de abordagem qualitativa, que utilizou análise documental e entrevista semi-estruturada, com base em roteiro. A análise dos resultados seguiu os passos da análise de conteúdo e identificação de núcleos temáticos. Treze foram os sujeitos pesquisados, sendo a maioria de mulheres, com doutorado, que reconheceram a necessidade e buscaram a formação para o desempenho do papel de docente; percebem o trabalho como dinâmico e estimulante para mudanças próprias e nos alunos. Utilizaram diferentes referenciais teóricos para abordagem educativa, cujo adensamento nem sempre se fez acompanhar da análise crítica das implicações nas práticas assistenciais dos alunos e para a população. O trabalho educativo contribuiu para a formação majoritária de profissionais mais sensíveis à problemática social e à diversidade cultural da população; mais abertos para a escuta das necessidades em saúde dos indivíduos, com potencialidade para a prestação de assistência integral, conhecedor da estrutura assistencial do SUS, dispostos a compartilhar conhecimentos e a continuar aprendendo. Os resultados evidenciam ainda que o ensino desenvolvido permanece vinculado ao modelo biomédico preventivo, e que as concepções de educação crítica e as práticas educativas populares são escassas, por um lado, devido à deficitária formação política dos docentes, por outro, em conseqüência do enfrentamento de um contexto acadêmico de implementação do ideário neoliberal. As mudanças curriculares empreendidas nas Instituições carecem de articulações intra e intersetoriais para viabilizar as transformações necessárias. Esperam os agentes docentes que a enfermagem alcance maior grau de autonomia, realize mudanças na sua prática social a fim de beneficiar-se da potencialidade que possui para o desenvolvimento das ações educativas e que estas ações sejam desenvolvidas por todas as profissões da saúde
Título em inglês
Health education: analysis of the teaching in nursing graduation courses in the state of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Health education
Higher education
Nursing school
Permanent education
Professional education
Resumo em inglês
The study has analyzed, from the perspective of public health, the teaching of educational actions in health care in four graduation courses in São Paulo, both in public and in private institutions. It has dealt with research of an exploratory-descriptive-analytical character, with a qualitative approach and has used documental analysis and semi-structured interviews based on a plan of action. The analysis of results followed the steps of the content analysis and the identification of thematic nuclei. Thirteen subjects were interviewed, most of them women with a doctors degree who acknowledged the need for education and looked for it to perform the role of professors; they view the work as dynamic and stimulating leading to changes both in themselves and in the students. They used different theoretical references for educational approach, whose density was not always followed by the critical analysis of the implications in health care practices of students and the population. The educational work has contributed for the education of the majority of professionals who were more sensitive to social problems and to the populations cultural diversity; more open to listening to the needs of individuals in terms of health, with the potential for integral assistance service, who were aware of the SUS assistance structure and willing to share their knowledge and to go on learning. The results also show that the teaching developed is still linked to the preventive biomedical pattern, and that critical education concepts and popular educational practices are rare, on the one side, due to the deficient political education of professors, and on the other, as a consequence of having to face the academic context of the implementation of neoliberal ideas. The changes in curriculum performed in institutions lack intra and inter sectorial articulations so as to make necessary changes possible. Professors expect nursing to reach a higher degree of autonomy, to perform changes in its social practice so as to benefit from the potential it has for the development of educational actions, and that these actions are developed by all health professionals
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Alva_Almeida.pdf (1.63 Mbytes)
Data de Publicação
2010-01-28
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • ALMEIDA, A.H. Ensino de educação nos cursos de graduação em enfermagem [doi:10.1590/S0034]. Revista Brasileira de Enfermagem (Impresso) [online], 2010, vol. 63, n. 3, p. 111-116.
  • ALMEIDA, A.H.. Health Education: : Analysis of its Teaching in Undergraduated Nursing [doi:10.1590/S0104]. Revista Latino-Americana de Enfermagem (USP, Ribeirão Preto. Impresso) [online], 2011, vol. 19, n. 3, p. 614-621.
  • ALMEIDA, A.H.. A Formação do Enfermeiro em Educação em Saúde: uma revisão bibliográfica. In I Simpósio Internacional de Políticas e Práticas em Saúde Coletiva na Perspectiva da Enfermagem (I SINPESC), 4, São Paulo, 2007. São Paulo : Escola de Enfermagem da USP, 2007. p. 15.
  • ALMEIDA, A.H.. Interdisciplinaridade e ensino de educação em saúde na graduação em enfermagem, SP, Brasil. In XI Conferência Iberoamericana de Educação em Enfermagem (ALADEFE), 1, Coimbra, 2011. Coimbra : Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, 2011. p. 219.
  • ALMEIDA, A.H.. O ensino de educação em saúde na graduação em Enfermagem -SP, Brasil. In Revista Referência, 1, Coimbra, 2011. Coimbra : Escola de Enfermagem de Coimbra, 2011. p. 258.
  • ALMEIDA, A.H.. O ensino de educação em saúde na graduação em Enfermagem. In Seminário Nacional de Diretrizes para Educação em Enfermagem (SENADEN), 3, São Paulo, 2010. São Paulo : Associação Brasileira de Enfermagem Sessão São Paulo, 2010. p. 58.
  • ALMEIDA, A.H.. Uma análise de prátics educativa extensionistas na enfermagem. In 2º Simpósio Internacional de Políticas e Práticas em Saúde Coletiva na Perspectiva da Enfermagem (SINPESC), 2, São Paulo, 2011. São Paulo : Escola de Enfermagem da USP, 2011. p. 14.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.