• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.7.2013.tde-18072014-143854
Documento
Autor
Nombre completo
Etelvaldo Francisco Rêgo Sousa
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2013
Director
Tribunal
Angelo, Margareth (Presidente)
Dupas, Giselle
Mandetta, Myriam Aparecida
Título en portugués
Convivência com a asma da criança: a interface entre a família e o apoio profissional
Palabras clave en portugués
Asma
Crianças
Doença Crônica
Enfermagem
Enfermagem da Família
Família
Relações Profissional-Paciente
Resumen en portugués
Introdução: A convivência com a doença crônica da criança torna a presença dos profissionais de saúde uma constante na vida das famílias, havendo na literatura lacunas no que diz respeito à perspectiva da unidade familiar quanto ao apoio profissional recebido. A asma é uma doença que geralmente inicia-se na infância, e tem ganhado destaque nas políticas de saúde brasileiras, em virtude da transição epidemiológica vivida pelo país. A família da criança com asma passa a necessitar do apoio profissional para lidar com este novo evento. Objetivo: Esta pesquisa objetivou compreender a experiência da família acerca do apoio dos profissionais de saúde no convívio com a doença crônica da criança. Método: Teve como referencial teórico o Interacionismo Simbólico e a Pesquisa de Narrativa como referencial metodológico. Os dados foram coletados através de entrevistas com nove famílias, totalizando 30 sujeitos, que convivem com a asma da criança, selecionadas por meio do Ambulatório de Cuidados Pediátricos de um hospital universitário. Resultados: Da análise dos dados emergiram três temas que descrevem a experiência da família em relação ao apoio recebido dos profissionais da saúde na sua convivência com a asma da criança: O QUE É PRECISO PARA COMEÇAR; COM QUEM CONTAR: PROFISSIONAIS DE REFERÊNCIA; A FORÇA QUE VEM DA AJUDA: REDEFINIÇÃO DE CAMINHOS. Conclusões: Este estudo propiciou um maior entendimento das potencialidades da atuação profissional no cuidado à família que experiência a asma da criança. Os resultados evidenciam a necessidade de novas abordagens que considerem o caminho que a família percorre na convivência com a doença da criança. Os profissionais devem conscientizar-se de que sua atuação é importante elemento na construção dos significados que a família atribui à convivência com a asma da criança. É necessário pensar em novas praticas para a relação profissional com a família, pois esta relação é capaz de suscitar e/ou fortalecer na família habilidades amenizadoras de sofrimento
Título en inglés
Living with childhood asthma: the interface between family and professional support
Palabras clave en inglés
Asthma
Children
Chronic Disease
Family
Family Nursing
Nursing
Professional-Patient Relationships
Resumen en inglés
Introduction: Living with a chronic illness of the child makes the presence of health professionals is a constant in the lives of families, with gaps in the literature with regard to the perspective of the family unit as the professional support received. Asthma is a disease that usually begins in childhood, and has gained prominence in health policies in Brazil, due to the epidemiological transition experienced by the country. The family of the child with asthma starts to require professional support to deal with this new event. Objective: This study aimed to understand the experience of the family about the support of health professionals to living with the chronic illness of the child. Method: Had the theoretical Symbolic Interaction and Narrative Research as a methodological reference. Data were collected through interviews with nine families, totaling 30 people, who live with childhood asthma were selected by the Ambulatory Pediatric Care of a university hospital. Results: Data analysis revealed three themes that describe the experience of the family in relation to the support received from health professionals in their coexistence with childhood asthma: WHAT YOU NEED TO START, WITH WHO COUNT: PROFESSIONAL REFERENCE; STRENGTH COMING OF HELP: WAYS RESET. Conclusions: This study provided a better understanding of the potential of professional practice in the care of family experience childhood asthma. The results highlight the need for new approaches that consider the road that runs in the family living with the child's illness. Practitioners should be aware that their performance is an important element in the construction of meanings that the family attaches to living with childhood asthma. It is necessary to think of new practices to the professional relationship with the family, because this relationship is able to raise and / or strengthen family skills decrease suffering
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2014-07-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.