• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.7.2013.tde-18072014-161109
Documento
Autor
Nombre completo
Luciana Cordeiro
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2013
Director
Tribunal
Soares, Cassia Baldini (Presidente)
Campos, Célia Maria Sivalli
Monteiro, Simone Souza
Título en portugués
Formação de agentes comunitários de saúde para o desenvolvimento de práticas de atenção básica relativas ao consumo prejudicial de drogas
Palabras clave en portugués
Agentes Comunitários de Saúde
Atenção Primária à Saúde
Educação; Abuso de Drogas
Enfermagem
Programa Saúde da Família
Resumen en portugués
Esta investigação toma como objeto o desenvolvimento de recursos teórico-práticos dos trabalhadores da saúde na atenção básica (AB), particularmente os agentes comunitários de saúde (ACS), para lidar com problemas relativos ao consumo de drogas dos moradores da área de abrangência de Unidades de Saúde da Família (USF). As práticas da AB voltadas para a problemática das drogas constituem preocupação de toda equipe de saúde. Os ACS são particularmente afetados porque se deparam cotidianamente com situações muito próximas diante das quais se sentem despreparados, o que ocasiona frustação e desgaste. A partir da orientação paradigmática da redução de danos e dos pressupostos da educação emancipatória, o objetivo geral desta investigação foi construir um arcabouço teórico-metodológico e operacional para conduzir a formação de trabalhadores sobre drogas da AB. Trata-se de uma pesquisa-ação emancipatória, que contou com 18 ACS de quatro USF do distrito de Sapopemba, município de São Paulo. Foram realizadas 9 oficinas de educação sobre drogas e mais 6, para elaboração de material de apoio. Os dados foram analisados a partir de duas categorias de análise: 1) a unidade objeto-sujeito, conforme tomada pelas práticas em saúde da AB relacionadas ao consumo prejudicial de drogas e 2) o processo de trabalho, que se processa na AB e em que participa o ACS. Os resultados foram organizados em dois temas, que expressam a avaliação do processo educativo realizado: transformação das concepções sobre drogas e usuários de drogas; transformação nas práticas de trabalho do ACS envolvendo o consumo prejudicial de drogas. Pode-se afirmar, a partir dos resultados obtidos, que as concepções sobre drogas e sobre usuários de drogas se transformaram no sentido de agregar elementos sociais na cadeia de determinação do consumo prejudicial de drogas, e de desculpabilizar os usuários e suas famílias. Mecanismos ideológicos, como os que estão na base do processo de construção social de bodes-expiatórios. face ao problema do consumo de drogas, foram descortinados. Coerentemente, as propostas de práticas a serem adotadas no espaço da AB pelos ACS também se modificaram para agregar elementos da dinâmica social nos territórios de atuação da AB e ao mesmo tempo para rever o fardo da frustração frente às práticas adotadas até então. Contradições encontradas no trabalho e na vida dos ACS também foram discutidas na sua essência. Os ACS mostraram que suas práticas são políticas e como tal devem estimular o engajamento sócio-político, o movimento social, e a reflexão acerca dos determinantes sociais do consumo prejudicial de drogas, para que as necessidades de saúde dos diferentes grupos sociais sejam reivindicadas. Para dar fechamento ao processo de pesquisa-ação, elaborou-se o caderno de trabalho do ACS, com a contribuição de todos os participantes. Considera-se que os procedimentos teórico-metodológicos adotados: foram essenciais na transformação das concepções sobre drogas e usuários de drogas e das práticas envolvendo o consumo prejudicial de drogas; compuseram o alicerce para a proposição de práticas críticas na área de drogas na AB. Dessa forma, é possível afirmar que esta é uma formação essencial aos trabalhadores da AB
Título en inglés
Education of community health workers for the development of primary health care practices addressing harmful drug consumption
Palabras clave en inglés
Community Health Workers
Drug abuse
Education
Family Health Program
Nursing
Primary Health Care
Resumen en inglés
This investigation takes as its object the development of theoretical and practical resources for health workers in primary health care (PHC), particularly community health workers (CHW), to address drug consumption problems of residents of the catchment areas of Family Health Units (FHU). The health care team is concerned with PHC practices addressing drug consumption. CHW are particularly affected as they are close to daily problematic situations for which they feel unprepared, leading to frustration and debility. Considering the harm reduction paradigm and the emancipatory education prerogatives, this investigation aims to build a theoretical-methodological and operational framework to conduct education on drugs for PHC workers. This is an emancipatory action research, which included 18 CHW from four FHU of Sapopemba, a district of São Paulo. Nine workshops were conducted regarding drug subjects followed by six others, to elaborate a guide for CHW. Data were analyzed through two analytical categories 1) object-subject unity, as taken by PHC practices related to harmful drug consumption and 2) work process, in PHC in which CHW take part. The results were organized in two themes which express the evaluation of the educational process conducted: transformations in the conceptions of drug and drug users; transformations of working practices of CHW involving problematic drug consumption. It can be stated from the results that participants changed their conceptions about drug and drug users by aggregating social elements into the chain of determination of harmful consumption of drugs. They also relieved the responsibility for drug misuse from users and their families. Ideological mechanisms such as those that underlie the process of social construction of 'scapegoats' to address the problem of drug use were unveiled. Coherently, the proposed practices to be adopted in PHC were transformed as well, to adding elements of social dynamics of the territories where CHW operate. At the same time, they review their frustration considering the practices adopted before the educational process. Perceived contradiction in everyday living and working were discussed in its essence as well. At the end of the process CHW showed that their practices are political, therefore they must stimulate social and political engagement, social movement and reflection on the social determinants of the harmful drug consumption. Health needs of different social groups should be claimed as a result of this political process. To enclose the action research process, we collectively elaborated a CHW working guide, with the contribution of all participants involved. It is considered that the methodological procedures adopted were essential in transforming conceptions about drugs and drug users, as well as the practices involving harmful drug consumption. They composed the foundation for the critical practices propositions in PHC. Thus, we can affirm that this is an essential education for PHC workers
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2014-07-25
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.