• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.7.2018.tde-23112018-155901
Documento
Autor
Nombre completo
Estela Kortchmar
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2018
Director
Tribunal
Merighi, Miriam Aparecida Barbosa (Presidente)
Jesus, Maria Cristina Pinto de
Oliveira, Daniel Riccioppo Cerqueira Ferreira de
Oliveira, Maria Rita Marques de
Theodoro, Luciana Rodrigues
Título en portugués
A experiência de reganho de peso após a cirurgia bariátrica: um enfoque fenomenológico
Palabras clave en portugués
Cirurgia bariátrica
Equipe multidisciplinar
Obesidade
Período pós-operatório
Pesquisa qualitativa
Reganho de peso
Resumen en portugués
Introdução: a cirurgia bariátrica destaca-se como o método mais eficaz no tratamento da obesidade em longo prazo, acarretando remissão significativa das enfermidades associadas ao excesso de peso. Ocorre que os resultados da cirurgia nem sempre são duradouros. Estima-se que 20% a 30% das pessoas que são submetidas ao procedimento bariátrico irão apresentar reganho de peso passados os dois primeiros anos. Objetivo: compreender a experiência de reganho de peso para as pessoas que foram submetidas à cirurgia bariátrica. Método: pesquisa qualitativa de abordagem fenomenológica, realizada em um hospital público de São Paulo. A Amostra foi composta de 17 participantes que apresentaram reganho de peso após a cirurgia bariátrica. Para obtenção dos dados, utilizou-se a entrevista aberta com as seguintes questões norteadoras: Como é para você se perceber ganhando peso novamente? O que você acredita que esteja contribuindo para o seu ganho de peso? Como você lida com o reganho de peso? Como você se vê daqui a alguns anos em relação ao seu peso corporal? A organização e a análise dos depoimentos foram realizadas seguindo os passos preconizados por estudiosos da fenomenologia social de Alfred Schütz. Resultados: o típico da ação vivida pela pessoa que apresenta recidiva de peso após a cirurgia bariátrica mostrou-se como aquela que: atribui o reganho de peso à instabilidade emocional, que a leva a dificuldades no controle do comportamento alimentar; afirma que o estresse, a ansiedade e a solidão contribuem para o reganho de peso; associa a recidiva de peso a alterações anatômicas relacionadas à cirurgia; expressa sentimentos como derrota, culpa e tristeza; refere consequências físicas, psíquicas e sociais advindas da recuperação de peso, medo de engordar demais e ficar sem saída; relata consumo excessivo de álcool; tem como expectativa controlar o peso com vistas a impactar positivamente sua qualidade de vida, para tanto, necessita suporte multidisciplinar para as questões físicas e emocionais envolvidas no reganho de peso; almeja se submeter a uma nova cirurgia bariátrica e a cirurgia plástica para melhorar a autoestima. Conclusões: os achados ilustram o quanto o fenômeno reganho de peso é complexo em seus aspectos biopsicoemocionais e necessita uma escuta individualizada e qualificada, acolhendo as questões subjetivas vividas por aqueles que foram submetidos à cirurgia bariátrica e estão passando pela situação de recuperação de peso. Acredita-se que a discussão proporcionada por esta investigação reforce a necessidade de as equipes de saúde investirem nos encontros com o paciente bariátrico, pautados na relação intersubjetiva que respeite e considere o outro, compartilhando decisões e contribuindo para que os pacientes se tornem ativos na produção de sua saúde e corresponsáveis pelo êxito no alcance e manutenção do peso desejado.
Título en inglés
The experience of weight regain after Bariatric Surgery: a phenomenological approach
Palabras clave en inglés
Bariatric surgery
Multidisciplinary team
Obesity
Postoperative period
Qualitative research
Weight regain
Resumen en inglés
Introduction: bariatric surgery stands out as the most effective method in the long-term treatment of obesity, leading to significant remission of diseases associated with overweight. However, the results of the surgery are not always long lasting. It is estimated that 20% to 30% of the people who undergo the bariatric surgery will regain weight after the first two years. Aim: to understand the experience of weight regain to people who were subjected to bariatric surgery. Method: qualitative research with a phenomenological approach, conducted in a public hospital of Sao Paulo. The sample was composed of 17 participants who presented weight regain after bariatric surgery. To collect the data, an open interview was used with the following guiding questions: How is it to you, to notice yourself gaining weight again? What do you believe is contributing to your weight gain? How do you deal with the weight regain? How do you see yourself in a few years, in relation to your body weight? The organization and analysis of the interviews were conducted following the steps recommended by scholars of the social phenomenology of Alfred Schütz. Results: the typical action experienced by people with weight regain after bariatric surgery showed up as one that: assigns the weight regain to an emotional instability that leads them to difficulties in the control of eating behaviour; states that stress, anxiety and loneliness contributes to weight regain; associates the recurrence of overweight to anatomical changes related to the surgery; expresses feelings of defeat, guilt and sadness; points out physical and mental consequences arising from the weight regain; fears gaining too much weight and losing control; report excessive alcohol consumption; has the expectation of controlling the weight gain in order to positively impact the quality of life, thus, requires multidisciplinary support for issues regarding weight regain; intend to undergo another bariatric surgery and a plastic surgery to improve self-esteem. Conclusions: the findings illustrate how the phenomenon of weight regain is complex in its bio-psycho-emotional aspects and requires an individualized and qualified attention, welcoming of the subjective issues experienced by those who were submitted to a bariatric surgery and are going through a situation of weight regain. It is believed that the discussion on this research reinforces the need of the healthcare teams to invest on a follow-up of bariatric patients, based on an intersubjective relationship that respects and considers the other, sharing decisions and contributing to the patients becoming active in the production of their health and partners in the success of reaching and maintaining their desired weight.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Estela_Kortchmar.pdf (2.79 Mbytes)
Fecha de Publicación
2018-12-14
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.