• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Carla Luiza da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Nichiata, Lucia Yasuko Izumi (Presidente)
Bertolozzi, Maria Rita
Gir, Elucir
Lima, Tiago Cristiano de
Título em português
Construção de uma escala de avaliação da adesão à profilaxia pós exposição sexual ao HIV
Palavras-chave em português
Adesão à Medicamento
Enfermagem
HIV
Questionários e Inquéritos epidemiológicos
Resumo em português
Introdução: Os índices de infecção pelo HIV têm apresentado tendência de aumento entre jovens de ambos os sexos e a forma mais prevalente de infecção é a sexual. Neste aspecto, há a disponibilidade de medidas preventivas, dentre elas a profilaxia pós-exposição (PEP). Objeti-vos: elaborar a construção dos itens de uma escala de medida de avaliação da adesão de usuários dos serviços de saúde à PEP por exposição sexual consentida; validar por meio da validade de conteúdo a escala e analisar a psicometria da escala de avaliação da adesão de usuários dos serviços de saúde à PEP por exposição sexual consentida. Método: Estudo metodológico com elaboração de um questionário com itens de uma escala de avaliação que passou pelas etapas de validação de conteúdo, face e constructo. A validação de conteúdo foi realizada com 07 juízes e cálculo do índice de validade de conteúdo (IVC). A validação de face foi realizada com 10 pessoas selecionadas por amostragem não probabilística por conveniência. A validação de constructo teve uma amostra de 108 usuários de um centro de orientação e aconselhamento da cidade de Curitiba, Paraná. Esta validação foi realizada pela feita por análise fatorial explo-ratória (AFE), alfa de Cronbach, teste de qui-quadrado (p) e teste de G com as variáveis sexo, faixa etária, orientação sexual e escolaridade. O período de coleta de dados ocorreu de maio a dezembro de 2017. Resultados: A validação de conteúdo resultou da avaliação dos juízes, os quais indicaram a exclusão de 9 itens da escala inicial, após esta avaliação, foi aplicado o IVC, com um valor de 0,87. Após esta análise, foi realizada a correlação de Pearson intra-juízes, o qual mostrou p valor sem significância estatística e com um valor médio de respostas de 3,42, considerado aceitável. Na validade de face, 100% dos participantes concordaram com a escala proposta e afirmaram que a escala mede o que se propõem. Na validação de constructo por AFE utilizou-se o programa estatístico SPSS com a utilização da sintaxe com rotação Varimax e optou-se pela AFE forçada de 04 domínios, a qual teve uma distribuição mais homogênea entre os domínios. Após esta análise, fez-se o alfa de Cronbach, que mostrou valor de 0,813, eviden-ciando uma boa consistência interna da escala. Foram abordados 108 usuários, a maioria era do sexo masculino (84,36%), de orientação heterossexual (49,07%) com idade concentrada na faixa etária dos 20 aos 29 anos, escolaridade referida pela maioria de 12 anos ou mais (52,77%). Do total de usuários, 67 (62,04%) retornaram à reconsulta dos 30 dias e finalizaram o trata-mento. Nesta avaliação foi possível verificar que existe correlação do sexo masculino na adesão à PEP. Conclusão: conclui-se que a escala reuniu evidências de validade de conteúdo e de constructo, porém há a necessidade de confirmação dos resultados em uma nova amostra de validação e com re-especificação da análise para determinação da melhor solução fatorial glo-bal. Verificou-se que a utilização da escala pode facilitar a identificação de fatores que podem levar a adesão à PEP, possibilitando a realização de intervenções e buscando adesão ao trata-mento.
Título em inglês
Construction of an evaluation scale for adherence to post-sexual exposure prophylaxis of HIV
Palavras-chave em inglês
Epidemiological Surveys and Questionnaires
HIV
Medication Adherence
Nursing
Resumo em inglês
Introduction: HIV infection rates have shown an upward trend among young people of both sexes and the most prevalent form of infection is sexual. In this regard, preventive measures are available, including post-exposure prophylaxis (PEP). Objectives: to elaborate the construction of the items of a scale of evaluation of the adhesion of users of the health services to the PEP for consensual sexual exposure; to validate through the validity of content to scale and to ana-lyze the psychometry of the scale of evaluation of the access of users of health services to PEP due to sexual exposure consent. Method: Methodological study with the elaboration of a ques-tionnaire with items from an evaluation scale that went through the validation stages of content, face and construct. Content validation was performed with 7 judges and calculation of content validity index (CVI). Face validation was performed with 10 people selected by non-probabil-istic sampling for convenience. The validation of construct had a sample of 108 users of an orientation and counseling center in the city of Curitiba, Paraná. This validation was performed by exploratory factor analysis (CFA), Cronbach's alpha, chi-square test (p) and G test with the variables gender, age, sexual orientation and schooling. The data collection period occurred from May to December 2017. Results: Content validation resulted from the judges' evaluation, which indicated the exclusion of 9 items from the initial scale, after which the IVC was applied, with a value of 0.87. After this analysis, Pearson intra-judge correlation was performed, which showed p value without statistical significance and with a mean value of responses of 3.42, considered acceptable. In the face validity, 100% of the participants agreed with the proposed scale and affirmed that the scale measures what they are proposed. In the validation of the construct by AFE, the statistical program SPSS was used with the use of the syntax with Vari-max rotation and the forced AFE of 04 domains was chosen, which had a more homogeneous distribution between the domains. After this analysis, Cronbach's alpha was performed, which showed a value of 0.813, showing a good internal consistency of the scale. A total of 108 users were interviewed, most of whom were males (84.36%), with a heterosexual orientation (49.07%), with a population of 20 to 29 years of age, with a majority of 12 , 77%). Of the total number of users, 67 (62.04%) returned to the 30-day re-visit and finished the treatment. In this evaluation it was possible to verify that there is a correlation of male gender in PEP adherence. Conclusion: it was concluded that the scale gathered evidence of content and construct validity, however, it is necessary to confirm the results in a new validation sample and with a re-speci-fication of the analysis to determine the best overall factorial solution. It was verified that the use of the scale can facilitate the identification of factors that can lead to PEP adherence, ena-bling the accomplishment of interventions and seeking adherence to the treatment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Carla_Luiza_Silva.pdf (2.68 Mbytes)
Data de Publicação
2019-11-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.