• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2017.tde-23052017-153347
Documento
Autor
Nome completo
Alexandre Bernardini Vieira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Bertolozzi, Maria Rita (Presidente)
Biagolini, Rosangela Elaine Minéo
Garbin, Andréia de Conto
Takahashi, Renata Ferreira
Título em português
A busca ativa de sintomáticos respiratórios na Atenção Primária de São Bernardo do Campo
Palavras-chave em português
Atenção Primária
Busca Ativa
Diagnóstico Precoce
Enfermagem
Tuberculose
Resumo em português
Introdução: Ainda que curável, a Tuberculose (TB) permanece no cenário epidemiológico mundial e nacional e parece estar distante de ser eliminada, uma vez que sua relação com as iniquidades sociais é inegável. Estima-se que, em 2015, 3 milhões de pessoas não tiveram a doença diagnosticada. O diagnóstico precoce é fundamental como uma estratégia preventiva para se evitar mortes e sofrimento, rompendo a cadeia de transmissão. No Município de São Bernardo do Campo-SP, a busca ativa de sintomáticos respiratórios tem se apresentado abaixo das metas estimadas. Objetivo: Elaborar um plano de intervenção para o aprimoramento da busca ativa de sintomáticos respiratórios no âmbito da Atenção Primária. Método: Trata-se de pesquisa-ação, realizada com 14 profissionais de saúde: coordenadores de unidade básica de saúde, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários, representando um Território de Saúde do Município. À luz das diretrizes da Política Nacional da Atenção Básica e do Programa Nacional de Controle da Tuberculose, por meio de grupo focal, com sessões realizadas em 2016, a detecção precoce e a busca ativa de sintomáticos respiratórios foram problematizadas, tendo sido elaborado um plano de intervenção para reverter a situação de baixa busca ativa nas unidades básicas de saúde. Resultados: Os depoimentos dos participantes revelam que a TB ainda carreia estigma e preconceito, que dificultam a busca ativa de casos. Verificou-se que a busca ativa é expressivamente atribuída ao agente comunitário e não envolve outros membros da equipe; também se verificou a não utilização de espaços estratégicos na unidade de saúde para estimular a interação com a população e informá-la a respeito do agravo. Outro aspecto que emergiu refere-se ao diagnóstico da doença, realizado em unidades de pronto atendimento e de urgência e não no âmbito da atenção primária. Ademais, os profissionais de saúde reivindicam capacitação para a abordagem da TB, incluindo a incorporação de tecnologias leves na busca ativa. Elaborou-se um plano de intervenção com ações intra e extra-muros, além de indicar-se a necessidade de monitoramento dos indicadores epidemiológicos no âmbito institucional. Tratando-se de pesquisa-ação, algumas ações relacionadas à busca ativa de casos já tiveram início, envolvendo todas as unidades básicas de saúde. Conclusão: O plano de intervenção construído contribuirá para o controle da TB na região. Ainda assim, entende-se que o controle da doença requer intervenções amplas e que envolvem a qualificação dos profissionais de saúde, a participação da população e, sobretudo, políticas intersetoriais que modifiquem as condições sociais e de vulnerabilidade.
Título em inglês
The Tuberculosis Early Diagnosis in Primary Care in São Bernardo do Campo City
Palavras-chave em inglês
Active Search
Early Diagnosis
Nursing
Primary Attention
Tuberculosis
Resumo em inglês
Introduction: Although curable, Tuberculosis (TB) remains in the worldwide and national epidemiological scenery and seems to be far from being eliminated, since its relationship with social inequalities is undeniable. It is estimated that in 2015, 3 million people did not have the disease diagnosed. The early diagnosis is essential as a preventive strategy to prevent deaths and suffering, breaking the transmission chain. In São Bernardo do Campo SP, the active search for respiratory symptoms has been shown below the estimated targets. Objective: To elaborate a plan of action to improve the active search for respiratory symptoms within the Primary Attention. Method: It is an action-research, performed with 14 health professionals: coordinators of basic health units, doctors, nurses, nursing technicians and community workers, representing a City Health Territory. In the light of the guidelines of the National Policy of Primary Attention and the National Program for Tuberculosis Control, through focus group, with sessions held in June of 2016, the question related to the early detection and active search for respiratory symptoms was questioned, having the plan of action been drawn up to reverse the situation in the basic health units. Results: The statements of the participants reveal that TB still carries stigma and prejudice, which hinder the active search for cases. It was found that the active search is significantly attributed to the community worker and does not involve other team members; there was also no use of the strategic spaces in the health unit to encourage interaction with the population and inform them about the grievance. Another aspect that has emerged concerns the diagnosis of the disease, conducted in emergency care and emergency units and not as part of the primary attention. In addition, health professionals claim training for TB approach, including the active search, mainly as regards the use of lightweight technologies. It was developed an intervention plan with intra and extramural actions, besides to indicate the need for monitoring epidemiological indicators at the institutional level. As an action-research, some actions related to the active search for cases already started, involving all basic health units. Conclusion: The intervention plan will contribute to the control of TB in the region, and it is understood that the control of the disease requires broad interventions, which involve the training of health professionals, public participation and, especially, intersectoral policies to modify social and vulnerability conditions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.