• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.74.2016.tde-03022016-102107
Documento
Autor
Nome completo
Flavia Carolina Vargas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2015
Orientador
Banca examinadora
Sobral, Paulo José do Amaral (Presidente)
Blácido, Delia Rita Tapia
Melo, Mariza Pires de
Tosi, Milena Martelli
Trindade, Marco Antonio
Título em português
Caracterização de extratos aquosos de Pitanga (Eugênia uniflora L), Guaraná (Paullinina cupana Kunth) e Alecrim (Rosmarinus officinalis) e sua aplicação para promover a estabilidade da carne bovina refrigerada
Palavras-chave em português
Antioxidante
Lipídios
Microbiologia
Mioglobina
Oxidação
Resumo em português
O uso de antioxidantes sintéticos para promover a conservação de alimentos tem sido alvo de questionamentos devido a possíveis efeitos tóxicos que estes podem causar. Desse modo, a utilização de substâncias naturais com poder antioxidante mostra-se uma alternativa bastante interessante. Além de conter compostos antioxidantes, muitas plantas também apresentam atividade antimicrobiana, o que tem sido alvo de interesse nas últimas décadas. A cor da carne bovina in natura é um de seus principais atributos, pois a maioria dos consumidores associa esta característica à qualidade do produto no ato da compra. A mioglobina, pigmento responsável pela cor vermelha da carne bovina, uma vez oxidada adquire coloração amarronzada e causa a rejeição da carne. Sua oxidação está ligada também ao processo de oxidação de lipídeos, que igualmente compromete a estabilidade deste produto durante a refrigeração. Desse modo, esta tese teve como objetivo caracterizar extratos aquosos de folhas de pitanga (Eugenia uniflora L.) e alecrim (Rosmarinus officinalis) e de sementes de guaraná (Paullinia cupana Kunth), e avaliar sua aplicação na estabilidade da carne bovina moída refrigerada. Foram realizados 3 experimentos: 1) Caracterização dos materiais vegetais (composição centesimal, teor de clorofila e carotenoides totais) e extratos aquosos (cor, pH, teor de sólidos solúveis, atividade antioxidante pelos métodos do captura do radical DPPH• e o do radical ABTS•+ e capacidade redutora); 2) Estudo da estabilidade da carne bovina moída com extratos vegetais por meio de análises de cor, pH, atividade de água, oxidação lipídica (TBARS), oxidação da mioglobina e análises microbiológicas; e 3) Análise sensorial de cor e odor da carne bovina moída com extratos. Conclui-se que: os extratos vegetais de plantas nativas brasileiras, guaraná e pitanga, apresentaram melhor capacidade antioxidante; os extratos de pitanga promoveram a inibição do crescimento das bactérias testadas; o extrato de pitanga promoveu melhor estabilidade na oxidação de lipídios, além de ter apresentado ação antimicrobiana para bactérias psicrotróficas na carne; a adição de extratos aquosos de pitanga e alecrim à carne bovina moída in natura refrigerada não interferiu na preferência dos atributos de cor e odor, e ainda, que o atributo odor parece estar associado a preferências pessoais.
Título em inglês
Pitanga (Eugenia uniflora L), Guarana (Paullinina cupana Kunth), and Rosemary (Rosmarinus officinalis) aqueous extract characterization and their application to promote beef stability during cold storage
Palavras-chave em inglês
Antioxidant
Lipids
Microbiology
Myoglobin
Oxidation
Resumo em inglês
The use of synthetic antioxidants to promote conservation of foods has been questioned due to possible toxic effects that such substances may cause, thereby the use of natural antioxidant sources seems to be a good alternative. Besides containing antioxidant compounds, many plants also have antimicrobial activity, which has been the subject of interest in recent decades. Color is one of the main attributes of fresh beef, since most consumers associate this characteristic to the quality of the product at the moment of purchase. Myoglobin, the pigment responsible for the red color of beef, once oxidized gets brownish and cause rejection of the product. This protein oxidation is also linked to the lipid oxidation process, which also impairs the stability of the product during cold storage. Thus, this thesis aimed at characterizing aqueous extracts Pitanga (Eugenia uniflora L.) and Rosemary (Rosmarinus officinalis) leaves, and Guarana (Paullinia cupana Kunth) seeds, evaluating their use on the stability of ground refrigerated beef. The experiments were carried out in three steps, namely: 1) Characterization of plant materials (chemical composition, chlorophyll content and carotenoids) and aqueous extracts (color, pH, soluble solids content, antioxidant activity by the methods of radical DPPH• and ABTS•+ scavenging and reducing capacity); 2) Study of the stability of ground beef with plant extracts through color analysis, pH, water activity, lipid oxidation (TBARS), myoglobin oxidation and microbiological analysis; and 3) Sensory analysis of color and odor of ground beef with extracts. As conclusion, the plant extracts of Brazilian native plants, Guarana and Pitanga, showed better antioxidant capacity; Pitanga extracts promoted growth inhibition of the tested bacteria; Pitanga extract provided better stability in the oxidation of lipids, and has presented antimicrobial activity for psychotropic bacteria in the ground beef; the addition of aqueous extracts of Pitanga and Rosemary to fresh ground beef during cold storage for 6 days did not affect the preference of color and odor attributes; odor attribute of beef seems to be associated with personal preferences.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DO4836114COR.pdf (2.47 Mbytes)
Data de Publicação
2016-02-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.