• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2014.tde-05052014-145225
Documento
Autor
Nome completo
Glaucia Sossai Malvestiti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2013
Orientador
Banca examinadora
Luz, Pedro Henrique de Cerqueira (Presidente)
Nunes, Rubens
Soares, Marcio Roberto
Título em português
Resposta técnica e econômica para adubação com N, P e K em milho convencional e geneticamente modificado
Palavras-chave em português
Zea mays
Custos de produção
Doses de nitrogênio
Fósforo e potássio
Milho geneticamente modificado
Resumo em português
O objetivo foi avaliar níveis de nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K) em milho (Zea mays L.) com alto potencial genético para produtividade, sendo convencional e geneticamente modificado, visando recomendações de manejo da nutrição sob os pontos de vista técnico e econômico. Foram conduzidos seis experimentos, estudando cinco níveis de fornecimento dos nutrientes N, P e K, sendo T1= omissão completa do N; T2= 50 kg ha-1 de N; T3= 100 kg ha-1 de N; T4= 150 kg ha-1 de N; T5= 200 kg ha-1de N; T6= omissão completa do P; T7= 40 kg ha-1 de P2O5; T8= 80 kg ha-1 de P2O5; T9= 120 kg ha-1 de P2O5; T10= 160 kg ha-1 de P2O5; T11= omissão completa do K; T12= 50 kg ha-1 de K2O; T13= 100 kg ha-1 de K2O; T14= 150 kg ha-1 de K2O; T15= 200 kg ha-1 de K2O, e dois híbridos, o DKB390 convencional e o DKB390PRO, totalizando 20 unidades experimentais para cada ensaio. Avaliou-se índice de coloração verde com clorofilometro no estádio R1, altura de planta, rendimento de grãos, teor foliar de N, P e K no estádio R1 e teor de P e K no solo em pós-colheita em 3 profundidades (0-10 cm, 10-20 cm e 20-40 cm). Também foi determinado os custos de produção relacionando o híbrido convencional e o geneticamente modificado. Para o híbrido convencional DKB390 a aplicação de N provocou aumentos lineares do teor de N na folha, implicando em resposta quadrática para o rendimento de grãos atingindo produção máxima de 10718 kg ha-1 para dose de 135 kg de N ha-1. Para os níveis aplicados de P, a resposta foi de forma linear crescente no solo, na folha e no rendimento de grãos para o intervalo avaliado (0 a 160 kg ha-1 de P2O5). Para o K, o rendimento expressou resposta linear crescente, por outro lado os níveis de K na folha e no solo apresentaram respostas quadrática. Para o híbrido geneticamente modificado DKB390PRO, os níveis de N aplicados provocaram resposta quadrática para o teor de N na folha com correlação positiva para o índice de coloração verde, refletindo sobre o rendimento de grãos, cuja a produção máxima foi de 11.082 kg ha-1 para a dose de 164 kg ha-1de N. Para o P, os níveis utilizados proporcionaram resposta linear crescente para o teor foliar de P, sendo que o rendimento de grãos teve resposta quadrática produzindo 9.791 kg ha-1 na dose de 95 kg ha-1de P2O5. No solo obteve-se resposta linear crescente para as profundidades 0-10 cm e 20-40 cm sendo quadrática para 10-20 cm. Para o K a resposta foi linear crescente na folha e quadrática no rendimento de grãos com produção máxima de 9.401 kg ha-1 na dose de 93 kg ha-1 K2O. Para o solo, as respostas alcançadas tiveram comportamento quadrático para as profundidades de 0-10 cm e 10-20 cm sendo linear crescente na de 20-40cm. Para produtividades maiores que 10.041kg ha-1, o custo esperado de DKB390PRO foi menor, ou seja, o produtor tem que ter o compromisso de atingir elevadas produtividades quando se utiliza híbridos de alta tecnologia.
Título em inglês
Technical and economic response of conventional and genetically modified corn to levels N, P and K
Palavras-chave em inglês
Zea mays
Genetically modified corn
Nitrogen
Phosphorus and potassium levels
Production costs
Resumo em inglês
The goal of this research was to analyses levels of nitrogen, phosphorus and potassium in corn (Zea mays L.) for conventional and genetically modified productivity, with the goal providing recommendation for nutrients applications from a technical and economic perspective. Six experiments were conducted: two hybrids were used, one conventional, DKB390, and one genetically modified, DKB390PRO. Each hybrid was tested for 3 different nutrients, N, P, and K. Five application rates were tested for each nutrient: T1= complete omission of the nutrient N; T2= 50 kg ha-1 of N; T3= 100 kg ha-1 of N; T4= 150 kg ha-1 of N; T5= 200 kg ha-1 of N; T6= complete omission of the nutrient P; T7= 40 kg ha-1 of P2O5; T8= 80 kg ha-1 of P2O5; T9= 120 kg ha-1 of P2O5; T10= 160 kg ha-1 of P2O5; T11= complete omission of the nutrient K; T12= 50 kg ha-1 of K2O; T13= 100 kg ha-1 of K2O; T14= 150 kg ha-1 of K2O; T15= 200 kg ha-1 of K2O, Green coloring index with SPAD in R1 stage, plant height, grain yield, N, P and K amount in leaf in R1 stage, and P and K amount in soil post harvest in three depths 0-10 cm, 10-20 cm and 20-40 cm were evaluated. Production costs comparing conventional and genetically modified hybrids were also studied. Nitrogen application for the conventional DKB390 caused a linear increase in the amount of N in the leaves, resulting in a quadratic response for grain yield reaching maximum production of 10718 kg ha-1 for an application of 135 kg ha-1. The response to P levels used was an increasing linear relationship in the leaves as well as ingrain yield for the interval studied (0 to 160 kg ha-1 of P2O5). K applications produced an increasing linear response for yield and a quadratic response in the leaves and soil. N application used produced a quadratic response in the leaves for the genetically modified hybrid, DKB390PROwith positive correlation for the green coloring index, reflected in grain yield, whose maximum production was 11082 kg ha-1 for the application rate of 164 kg ha-1 of N. The rates of P applied induced a linear response in P concentrations in the leaves, while grain yield had a quadratic response producing 9791 kg ha-1 for the application rate of 95 kg ha-1 of P2O5 and in soil the response was increasingly linear for the depths 0-10 and 20-40 cm and quadratic for 10-20 cm. Responses in the leaves were increasingly linear for K , quadratic in grain yield with maximum production of 9401 kg ha-1 in the application rate of 93 kg ha-1 K2O, and for soil the responses were quadratic for the depths of 0-10 and 10-20 cm being increasingly linear in the 20-40cm. The expected cost of DKB390PRO is less for yields greater than 10, 041 kg ha-1, and producers should be committed to these higher yields when using high technology hybrids.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME7487372COR.pdf (3.69 Mbytes)
Data de Publicação
2014-05-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.