• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.74.2019.tde-12022019-091506
Documento
Autor
Nome completo
Katiéli Caroline Welter
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2018
Orientador
Banca examinadora
Bueno, Ives Cláudio da Silva (Presidente)
Perna Junior, Flavio
Costa, Ciniro
Minho, Alessandro Pelegrine
Pereira, Angélica Simone Cravo
Saran Netto, Arlindo
Título em português
Extratos de plantas como aditivos naturais na dieta de cordeiros em terminação
Palavras-chave em português
Metano
Nutrição
Orégano
Ruminantes
Tanino
Resumo em português
Objetivou-se com o presente estudo avaliar o efeito dos aditivos naturais, óleo essencial de orégano e extrato taninífero de acácia negra, na alimentação de cordeiros confinados em terminação sobre o desempenho produtivo e qualidade da carne. Foram utilizados 36 ovinos machos, não castrados, provenientes de cruzamento Dorper × Santa Inês × Texel, com 90 dias de idade, e peso vivo inicial médio de 27,22 ± 2,78 kg. O experimento teve duração total de 53 dias. O delineamento experimental utilizado foi em blocos inteiramente casualizados, utilizando como critério de bloqueamento o peso ao desmame, onde os animais foram distribuídos em três tratamentos, com doze repetições. Todos os tratamentos foram compostos por uma dieta padrão, sendo distintos apenas em relação aos aditivos utilizados: 1) dieta controle; 2) dieta controle com óleo essencial de orégano (1 ml/kg de concentrado) e 3) dieta controle com extrato de taninífero de acácia negra (5% MS da dieta). A dieta foi formulada com proporção volumoso: concentrado de 30:70. Os cordeiros foram destinados ao abate com aproximadamente 143 dias de idade, e peso vivo médio final médio de 42,81 ± 3,97 kg. O consumo e digestibilidade dos nutrientes e o desempenho produtivo (ganho de peso total, ganho médio diário e peso e rendimento de carcaça) dos cordeiros alimentados com óleo essencial de orégano foi semelhante ao dos alimentados com a dieta controle. No entanto, os cordeiros alimentados com extrato taninífero de acácia apresentaram menor consumo de MS (CMS), e redução de 19%, 20% e 50% da digestibilidade aparente total da MS, MO e FDN, respectivamente, em relação aos cordeiros alimentados com a dieta controle. Consequentemente, os cordeiros alimentados com extrato taninífero de acácia apresentaram menor ganho de peso e rendimento de carcaça quente e fria do que os alimentos com a dieta controle. O óleo essencial de orégano deixou a carne mais luminosa, no entanto, apresentou uma tendência de deixar a carne mais dura. O óleo essencial alterou a composição centesimal da carne e a concentração de TBARS, e aumentou o teor do ácido graxo DHA em 13% em relação ao tratamento controle. O extrato de acácia negra também aumentou a luminosidade da carne, porém, reduziu em 4% o teor de PB da carne e a concentração de TBARS em 28% em relação ao tratamento controle. O extrato taninífero tendeu a aumentar o teor de ácido vacênico e de ômega 3. Adicionalmente, o extrato taninífero aumentou em 27% o total de CLA, quando comparado ao controle e óleo essencial de orégano. Pode-se concluir com o presente estudo que a inclusão de óleo essencial de orégano na dieta de cordeiros em terminação não altera o desempenho produtivo durante o confinamento e aumenta a luminosidade da carne, apensar de deixar a mesma mais dura; enquanto que a utilização de extrato taninífero de acácia reduz o desempenho produtivo, porém melhora a qualidade da fração lipídica e antioxidante da carne.
Título em inglês
Plant extracts as natural additives in finishing lamb diet
Palavras-chave em inglês
Methane
Nutrition
Oregano
Ruminants
Tannins
Resumo em inglês
TThe present study aimed to evaluate the effect of natural additives, oregano essential oil and acacia taniniferous extract, in the diet of feedlot lambs on productive performance and meat quality. Thirty-six male lambs (not-castrated) from crossbreeding Dorper × Santa Inês × Texel, weaned, averring 90 d of age and 27 ± 2.8 kg body weight were used through 53 d of feedlot period in a randomized block design, were weigh at weaning was the block criteria. The lambs were distributed into three treatments with 12 repetitions. All treatments were based on a regular diet (control), where natural plants extracts were designated to following treatments: 1) control (without additive), 2) control diet + oregano essential oil (1 ml/kg of concentrate), 3) control diet + acacia taniniferous extract (5% DM). Diets were formulated as 30:70 forage:concentrate ratio. Lambs were designated to slaughter averring 143 days of age and 42,81 ± 3,97 kg body weight. The nutrient intake and digestibility and productive performance (total body weight gain, average daily body weight gain and production and carcass yield) of lambs fed oregano essential oil were similar to those fed control diet. However, lambs fed acacia taniniferous extract had lower DM intake (DMI), and reduced by 19%, 20% and 50% the total apparent digestibility of DM, OM and NDF, respectively, compared to lambs fed control diet. Meat of lambs fed oregano essential oil was more luminous, however tended to be stronger. Oregano essential oil changed the centesimal composition of meat and TBARS, but increased concentration of DHA fatty acid by 13% compared to control treatment. Acacia taniniferous extract also increased the luminosity of meat, but reduced by 4% meat CP content and TBARS concentration by 28%, in relation to control treatment. Acacia taniniferous extract tended to increase vaccenic acid and omega 3 content. Additionally, taniniferous extract increased by 27% the total CLA, compared to control and oregano essential oil. We can conclude that the inclusion of oregano essential oil in the diet of feedlot lambs does not change productive efficiency and increase the luminosity of meat, although results in stronger meat; whereas the inclusion of acacia taniniferous extract reduce productive performance, but increase the quality of lipid fraction and antioxidant of meat.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DO8149907COR.pdf (1.60 Mbytes)
Data de Publicação
2019-02-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.