• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2010.tde-12042010-134943
Documento
Autor
Nome completo
Carolina Yumi Cascão Yoshikawa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2009
Orientador
Banca examinadora
Zanetti, Marcus Antônio (Presidente)
Saran Netto, Arlindo
Vilela, Flávio Garcia
Título em português
Efeitos da suplementação mineral injetável em bezerros Nelore na fase de desmama
Palavras-chave em português
Cobre
Manganês
Produção a pasto
Selênio
Suplemento protéico
Zinco
Resumo em português
O objetivo do trabalho foi avaliar o ganho de peso diário (GPD) e os níveis séricos de Zn e Se em resposta à suplementação mineral injetável (SMI) contendo Zn, Cu, Se e Mn, fornecida antes e após o desmame de 174 bezerros da raça Nelore (88 machos e 86 fêmeas), divididos em três grupos e submetidos aos tratamentos: C - Controle (sem SMI); M1 - Suplementado com SMI na desmama e M2 - Suplementado SMI 28 dias antes e na desmama. Os animais permaneceram em pastagem de Brachiaria e receberam sal mineral proteinado comercial ad libitum. Foram realizadas pesagens aos 28 dias anteriores ao desmame, ao desmame, e 28, 56, e 84 dias após o desmame, e colhidas amostras de sangue de 12 animais machos de cada tratamento. A pastagem e o sal foram amostrados para determinação da composição bromatológica e mineral. O delineamento experimental adotado foi inteiramente ao acaso, com três tratamentos com 58 animais cada. Os teores médios de Zn, Cu, Mn e Se na pastagem foram: 9,7; 2,6; 194 e 0,045 mg/kg, comprovando só não haver deficiência de Mn. Os resultados indicaram que não houve efeito significativo da SMI no GPD dos animais, possivelmente porque a ingestão de minerais presentes no sal proteinado foi suficiente para complementar a pastagem. Os níveis séricos de Zn não foram influenciados pela SMI e permaneceram elevados durante todo o período, comprovando que os animais não estavam deficientes. Entretanto, a suplementação M2 provocou aumento do Se no sangue aos 28 dias após o desmame e também propiciou níveis superiores aos do grupo controle.
Título em inglês
Injectable mineral supplementation effects on Nelore calves in weaning
Palavras-chave em inglês
Cattle production in pastures
Copper
Manganese
Protein supplement
Selenium
Zinc
Resumo em inglês
The experiment was conducted to evaluate the daily weight gain (DWG) and serum levels of Zn and Se in response to an injectable inorganic mineral supplementation (IMS) provided before and after weaning from 174 Nelore calves (88 males and 86 females) divided into three groups and distributed to treatments: C - Control (without IMS), M1- supplemented with IMS at weaning and M2- supplemented with IIS 28 days before and at weaning. IIS contained Zn, Cu, Se and Mn. The animals remained in pasture of Brachiaria and received commercial mineral protein ad libitum. Weighings were made at 28 days prior to weaning, at weaning, and 28, 56 and 84 days after weaning, and blood sampled from 12 animals males of each treatment. The pasture and salt were sampling to determine the chemical and mineral composition. The experimental design was completely randomized, with tree treatments with 58 animals each. The average levels of Zn, Cu , Mn and Se in the pasture were 9.7, 2.6 , 194 and 0.045 mg/kg, that evidence mineral deficiency for Zn, Cu and Se. The results indicated that there was no significant effect of IIS in the DWG of the animals, possibly because the intake of zinc, copper and Se in mineral salt was sufficient to complement the pasture. Serum Zn levels were not affected by IIS and remained high throughout the period, showing that the animals were not in deficiency. However, the M2 supplementation increased the Se levels at 28 days after weaning and also provided higher levels than the control group.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME3676938.pdf (235.64 Kbytes)
Data de Publicação
2010-04-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.