• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2011.tde-12052011-081909
Documento
Autor
Nome completo
Amanda Raquel de Miranda Caniatto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2011
Orientador
Banca examinadora
Zanetti, Marcus Antônio (Presidente)
Moretti, Anibal de Sant'Anna
Titto, Evaldo Antônio Lencioni
Título em português
Minerais orgânicos e fitase como redutores do poder poluente de dejetos suínos
Palavras-chave em português
Cobre
Fezes
Fósforo
Nitrogênio
Urina
Zinco
Resumo em português
Este estudo teve como objetivo avaliar a utilização da enzima fitase e de minerais orgânicos (Cu e Zn) na dieta de suínos visando a redução do poder poluente dos dejetos. Foram utilizados 16 suínos com idade média de 68 dias, alocados na câmara climática, em gaiolas de metabolismo para coleta de fezes e urina. Os animais foram mantidos em duas faixas de temperaturas ambientais: conforto térmico e estresse térmico, e submetidos aos tratamentos: controle (T1); suplementação com minerais orgânicos (T2); suplementação com fitase (T3); suplementação com minerais orgânicos e fitase (T4). As fezes e a urina foram analisadas quanto à concentração de P, N, Na, K, Cu, Zn, Ca. Mensurou-se também temperatura retal e superficial dos animais, volume de fezes e urina excretadas, assim como o consumo de água e ração. Observou-se que o estresse térmico afetou a temperatura retal e superficial, além do volume de fezes excretadas (P<=0,05). A excreção de Zn e Ca foram reduzidas com a utilização da enzima fitase, enquanto que o Cu e Zn orgânicos beneficiaram o Zn, Ca e P (P<=0,05). O estresse térmico aumentou significativamente a excreção de Cu, enquanto a de Na foi reduzida (P<=0,05). Embora não tenha ocorrido interação na atuação da enzima fitase e dos minerais orgânicos, estes aditivos contribuíram com a redução da excreção de minerais.
Título em inglês
Organic mineral and phytase as reducer of the pig manure pollutant power
Palavras-chave em inglês
Copper
Feces
Nitrogen
Phosphorus
Urine
Zinc
Resumo em inglês
This study aimed to evaluate the use of phytase and organic minerals (Cu and Zn) in pig diets in order to reduce the power of polluting waste. Sixteen pigs at the age of 68 days, were allocated in metabolism studies cages for collection of feces and urine, in a climatic chamber. The animals were kept in two tracks of ambient temperatures: thermal comfort and heat stress, and subjected to the treatments: control (T1); organic minerals supplementation (T2); phytase supplementation (T3); organic minerals and phytase supplementation (T4). Feces and urine were analyzed for P, N, Na, K, Cu, Zn and Ca concentrations. It was also measured rectal temperature, body surface temperature, feces and urine volume and the food and water consumption. The results had shown that heat stress affected the rectal and superficial temperature, and excreted feces volume (P<=0,05). The Zn and Ca excretion were reduced with the phytase use, whereas organic Cu and Zn benefited Zn, Ca and P (P<=0,05). The heat stress significantly increased Cu excretion, while Na was reduced (P<=0,05). Although there was no interaction on the activity of phytase and organic minerals, these additives contributed to the excretion reduction of minerals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME5112550.pdf (2.01 Mbytes)
Data de Publicação
2011-05-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.