• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2014.tde-19092014-160329
Documento
Autor
Nome completo
João Marcelo Dalmazo Sanchez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2014
Orientador
Banca examinadora
Herling, Valdo Rodrigues (Presidente)
Reis, Ricardo Andrade
Vendramini, João Maurício Bueno
Título em português
Flavomicina e ureia protegida na suplementação de novilhas em pastagem diferida de capim-marandu
Palavras-chave em português
Aditivos Alimentares
Consumo de suplemento
Ganho de peso
Lotação rotativa
Produtividade
Resumo em português
O uso de aditivos alimentares promotores de crescimento em bovinos de corte tem aumentado, porém, existem relativamente poucos estudos sobre uso de aditivos para bovinos em pastagem. Objetivou-se avaliar o efeito de flavomicina (FL) e uma mistura de ureia comum e ureia protegida no desempenho (GMD), produtividade (GA) e consumo de suplemento (CS) por novilhas em pastagem diferida de capim-marandu (Brachiaria brizantha cv. Marandu), de julho a novembro de 2010. O delineamento experimental foi em blocos completos casualizados, com cinco tratamentos e três repetições, arranjados num fatorial 2x2, mais um tratamento controle (suplemento mineral). Os fatores foram a inclusão de FL e a fonte de nitrogênio não proteico (NNP), adicionados a um suplemento proteico. O fator FL foi avaliado nos níveis de inclusão 0 e 100 mg kg-1 de suplemento. Foram avaliadas duas fontes de NNP: ureia comum (U) e uma mistura (M) de ureia comum (2/3 do NNP) e ureia protegida (1/3 do NNP), ambas fornecendo 365 g kg-1 de equivalente proteico ao suplemento. Foram utilizadas 120 novilhas da raça Nelore, peso médio de 206 kg, distribuídas em 15 unidades experimentais. As variáveis resposta da forragem foram massa de forragem, oferta de forragem, composição morfológica e concentração de PB, FDN e FDA. Os animais foram manejados em lotação rotativa, com 7 dias de ocupação e 28 dias de descanso, usando taxa de lotação variável para se chegar a ofertas de forragem semelhante entre tratamentos. Os animais do tratamento controle tiveram o menor GMD (-0,054 kg de peso vivo animal-1 dia-1) e tiveram o menor GA (-29,1 kg de peso vivo ha-1), enquanto ocorreu interação entre FL e fonte de NNP para as mesmas variáveis. No desdobramento da interação, o uso de FL aumentou o GMD e GA apenas na presença de U (0,055 vs. 0,116 kg animal-1 dia-1 e 29,4 vs. 59,4 kg ha-1). O uso de M no suplemento não amento GMD e GA quando comparado com U. CS não foi afetado pelos tratamentos, com médias de 0,184, 0,289 e 0,104 kg animal-1 dia-1 para os ciclos de pastejo 1, 2 e 3, respectivamente, todas diferentes entre si. A forragem não apresentou variação entre tratamentos para a maioria das variáveis estudadas. A lotação não variou entre tratamentos nem entre ciclos de pastejo (media = 2.24 AU ha-1). A inclusão de FL tem o potencial de melhorar desempenho e produtividade de novilhas e a fonte de NNP e FL não afetam o CS.
Título em inglês
Flavomycin and coated urea on protein supplementation of heifers in deferred pastures of palisadegrass
Palavras-chave em inglês
Feed additives
Productivity
Rotational stocking
Supplement intake
Weight gain
Resumo em inglês
The use of growth promoter feed additives in beef cattle has increased, however, there are relatively few studies about using additives in grazing cattle. This study aimed to evaluate the effect of flavomycin (FL) and a mix of common and coated urea on average daily gain (ADG), gain per area (GA) and supplement intake (SI) of heifers grazing stockpiled palisadegrass (Brachiaria brizantha cv. Marandu), from July to November of 2010. The experimental design was randomized complete block, with five treatments and three replicates, arranged on a 2x2 factorial plus control (mineral supplement). The factors were the inclusion of FL and the source of non protein nitrogen (NPN), added to a protein supplement. The FL factor was assessed at the inclusion levels 0 and 100 mg kg-1 of supplement. Two sources of NPN were assessed: common urea (U) or a mix (M) of common urea (2/3 of NPN) and coated urea (1/3 of NPN), both providing 365 g kg-1 of protein equivalent to the supplement. A hundred and twenty Nellore heifers weighting 206 kg were distributed 15 experimental units. Forage response variables were herbage mass, herbage allowance, morphological composition and CP, NDF and ADF concentrations. The animals were managed in a rotational stocking, with 7 d grazing and 28 d resting period using a variable stocking rate to achieve similar herbage allowance among treatments. The animals receiving control treatment had the least ADG (-0,054 kg animal-1 day-1) and GA (-29.1 kg ha-1), while there was significant interaction between FL and source of NPN. In the interaction unfolding, the ADG and GA were greater in animals receiving FL in the presence of U (0.055 vs. 0.116 kg anim.-1 day-1 and 29.4 vs. 59.4 kg ha-1). The use of M in the supplement did not increase ADG and GA when compared to supplement with U. SI wasn't affected by treatments, with averages of 0,184, 0,289 and 0,104 kg animal-1 day-1 to grazing cycles 1, 2 and 3, respectively, all different among themselves. In general, the forage characteristics were similar among treatments. Stocking rate wasn't affected by both treatments and grazing cycles (mean = 2.24 AU ha-1). The inclusion of FL in the supplement has potential to improve performance and productivity of heifers and source of NPN and FL did not affect SI.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME5371928COR.pdf (738.17 Kbytes)
Data de Publicação
2014-09-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.