• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2017.tde-23022017-081009
Documento
Autor
Nome completo
Henrique Bueno da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2016
Orientador
Banca examinadora
Silva, Saulo da Luz e (Presidente)
Pesce, Domingos Marcelo Cenachi
Saran Netto, Arlindo
Zotti, Claiton André
Título em português
Uso de enzimas exógenas para bovinos Nelore em confinamento
Palavras-chave em português
Ácidos graxos de cadeia curta
Complexos enzimáticos
Eficiência alimentar
Ganho de peso
Morfologia papilar
Resumo em português
A utilização de aditivos em dietas com altas proporções de concentrado para bovinos em confinamento tem sido uma prática bastante usual, visando o aumento da eficiência do sistema produtivo. Porém, em virtude de algumas restrições ao uso de substâncias antibióticas, devido a possibilidade do surgimento de microrganismos resistentes, o uso de produtos alternativos tem sido alvo de diversas pesquisas. Nesse contexto, este trabalho foi desenvolvido para avaliar os efeitos da inclusão de enzimas exógenas, em dietas de elevada proporção de concentrado para bovinos Nelores confinados. Foram realizados 3 experimentos, no primeiros foram utilizados 96 bovinos nelore alimentados com 3 níveis de inclusão de enzimas fibrolíticas exógenas (EFE) e duas granulometrias de milho (fino e grosso). Não foi observada interação entre os dois fatores testados, a granulometria do milho não influenciou o desempenho, características de carcaça, qualidade de carne, fermentação ruminal e morfologia ruminal. A inclusão de EFE não alterou o desempenho, qualidade de carne, morfologia e fermentação ruminal. Porém foi observado efeito quadrático, para GRPI em % e kg e efeito para a espessura de gordura subcutânea entre a 12ª e 13ª costela (EGS) em relação aos níveis de EFE. Para a realização dos 2º e 3º experimentos foram adotados os mesmos tratamentos, sendo composta de 90% de concentrado e 10% de volumoso (bagaço de cana), contendo 2 níveis de enzimas amilolíticas exógenas (EAE; com e sem), e dois níveis de amido (alto e baixo). No segundo experimento foram utilizados 48 bovinos nelores confinados distribuídos em um delineamento totalmente casualizados em esquema fatorial 2 x 2 (nível de amido X nível de enzima). Foi observado interação entre os fatores para espessura de gordura subcutânea na garupa (EGG), sendo que os animais alimentados com dietas alto amido e com enzima apresentaram resultados superiores quando comparados com os demais. Ao observar o efeito da utilização das enzimas, os animais alimentados com dietas sem enzima apresentaram maior espessura de gordura subcutânea 1,83 vs 1,50 mm e maior área de olho de lombo 61,85 vs 60,07 cm² em relação aos animais alimentados com dietas com enzimas. Já o efeito da suplementação com diferentes teores de amido, os animais alimentados com dietas de alto amido apresentaram maior ingestão de matéria seca (IMS), menor eficiência alimentar (EA) e rendimento de carcaça (RC). O terceiro experimento foi realizado utilizando 8 bovinos Nelore canulados no rúmen distribuídos em dois quadrados latinos contemporâneos em esquema fatorial 2 x 2 (nível de amido X nível de enzima). Foi observado efeito de interação entre os tratamentos (EAE e nível de amido) para IMS e nitrogênio amoniacal (N-NH3). Os animais alimentados com enzima apresentaram menores concentrações de propionato e maior relação acetato/propionato (A/P) em comparação com aos animais alimentados sem enzima. As dietas com alto amido diminuíram a relação A/P em relação ao que animais alimentado com baixo amido. A adição de enzimas exógenas não causou grande impacto no desempenho, qualidade de carne, porém afetaram a deposição de gordura de acabamento nas carcaças, juntamente com os padrões fermentativos ruminais.
Título em inglês
Exogenous enzymes in diets for feedlot Nellore cattle
Palavras-chave em inglês
Enzymatic complexes
Feed efficiency
Papillary morphology
Short chain fatty acids
Weight gain
Resumo em inglês
The use of additives in diets with high proportions of concentrate for cattle in confinement has been a very usual practice, aiming at increasing the efficiency of the productive system. However, due to some restrictions on the use of antibiotic substances, due to the possibility of resistant microorganisms, the use of alternative products has been the subject of several studies. In this context, this study was developed to evaluate the effects of the inclusion of exogenous enzymes in high concentrate diets for feedlot Nellore cattle. Three experiments were carried out. In the first one, 96 Nelore cattle were fed with 3 levels of inclusion of exogenous fibrolytic enzymes (EFE) and two corn granulometry (fine and crush). There was no interaction between the two factors tested, corn grain size did not influence performance, carcass characteristics, meat quality, ruminal fermentation and ruminal morphology. The inclusion of EFE did not alter the performance, meat quality, ruminal morphology and fermentation. However, a quadratic effect was observed for pelvic kidney and inguinal fat (PIKF) in% and kg and effect on the thickness of the subcutaneous fat between the 12th and 13th rib (EGS) in relation to EFE levels. For the 2nd and 3rd experiments, the same treatments were used, being composed of 90% of concentrate and 10% of sugarcane bagasse, containing 2 levels of exogenous amylolytic enzymes (EAE, with and without), and two levels of starch (high and low). In the second experiment were used 48 confined Nellore cattle distributed in a completely randomized design in a 2 x 2 factorial scheme (starch level X enzyme level). Interaction between the factors for subcutaneous fat thickness in the croup (EGG) was observed, and the animals fed with high starch and enzyme diets presented superior results when compared with the others. When observing the effect of the use of the enzymes, the animals fed with diets without enzyme had a greater thickness of subcutaneous fat 1.83 vs 1.50 mm and greater area of loin eye 61.85 vs 60.07 cm² in relation to fed animals With enzyme diets. On the other hand, the effect of supplementation with different starch contents, the animals fed with high starch diets presented higher dry matter intake (IMS), lower feed efficiency (AE) and carcass yield (CR). The third experiment was carried out using 8 rumen cannulated Nellore cattle distributed in two contemporary Latin squares in a 2 x 2 factorial scheme (starch level X enzyme level). It was observed interaction effect between the treatments (EAE and starch level) for IMS and ammoniacal nitrogen (N-NH3). The animals fed with enzyme had lower concentrations of propionate and higher acetate / propionate ratio (A / P) compared to animals fed without enzyme. High starch diets decreased the A / P ratio in relation to animals fed low starch. The addition of exogenous enzymes did not have a great impact on the performance, meat quality, however they affected the deposition of finishing fat in the carcasses, along with ruminal fermentative standards.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME6786954COR.pdf (1.79 Mbytes)
Data de Publicação
2017-03-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.