• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2017.tde-29032017-133547
Documento
Autor
Nome completo
Lenise Freitas Mueller da Silveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2017
Orientador
Banca examinadora
Balieiro, Júlio César de Carvalho (Presidente)
Jorge, André Mendes
Pflanzer Júnior, Sérgio Bertelli
Título em português
Influência da condição sexual sobre o desempenho, características da carcaça e qualidade da carne de bovinos cruzados Angus x Nelore terminados em confinamento
Palavras-chave em português
Imunocastração
Maturação
Perfil de ácidos graxos
Resumo em português
Objetivou-se avaliar a influência da condição sexual sobre o desempenho, características de carcaça e qualidade da carne de bovinos Angus x Nelore, terminados em confinamento. Foram utilizados 176 bovinos, com idade média de 20 meses, pertencentes ao Programa Brasileiro de Carne Angus Certificada, divididos em quatro condições sexuais (CS): 32 machos não castrados (NC), 48 machos castrados cirurgicamente (CC), 48 machos imunocastrados (IM) e 48 fêmeas (F). Para a imunocastração dos bovinos, foram utilizadas três doses de uma vacina anti-GnRH. Os animais foram confinados durante 190 dias, com a mesma dieta, composta de 80% de concentrado e 20% de volumoso na matéria seca. Ao final deste período, os bovinos foram abatidos. Durante o abate, foi calculado o rendimento de carcaça quente (RCQ) e avaliado o pH. Na desossa, foi avaliada no m. Longissimus a área de olho de lombo (AOL), espessura de gordura subcutânea (EGS) entre a 12ª e 13ª costelas, marmorização, cor e pH. Foram coletadas amostras de 2,54 cm de espessura do m. Longissimus, embaladas a vácuo e maturadas por zero (sem maturação), 7 e 14 dias, a 2°C para análises de maciez objetiva (FC) e subjetiva, perdas por cocção (PPC), teor de extrato etéreo (EE) e perfil de ácidos graxos. Utilizou-se o procedimento MIXED do programa SAS® e a significância foi declarada quando P ≤ 0,05. Os machos NC apresentaram maior peso vivo final, ganho de peso médio diário, AOL e maiores valores de pH em relação às demais condições sexuais (P < 0,01). Para PCQ, os machos NC e IM apresentaram valores mais elevados do que machos CC e fêmeas (P < 0,01). Por outro lado, as fêmeas apresentaram maior EGS em relação às demais categorias (P < 0,01). O escore de marmorização foi maior na carne das fêmeas e machos CC do que dos machos NC e IM (P < 0,01), no entanto, a carne dos machos CC apresentou maior escore de gordura intramuscular Prime do que a carne das fêmeas. Para RCQ não houve diferença entre as CS. Houve maior PPC na carne dos machos CC (P < 0,01) e a carne das fêmeas apresentou maior teor de EE em relação às demais categorias (P = 0,0248). Houve interação entre CS e dias de maturação para os valores de FC (P = 0,0002) e para os valores de L* (P = 0,0118) e b* (P = 0,0113). A maturação influenciou a cor da carne, em função da CS e ambas favoreceram a maciez da carne de todas as CS avaliadas, especialmente de machos NC e fêmeas. A CS influenciou todos os atributos avaliados na análise sensorial (P < 0,05). A carne de fêmeas e animais castrados, sejam imunocastrados ou castrados por método cirúrgico, apresentaram melhor aceitação pelos consumidores na análise. Adicionalmente, a carne das fêmeas apresentou PAG mais favorável à saúde humana, enquanto a carne dos machos NC apresentou um perfil de AG menos saudável (P < 0,05). A imunocastração pode ser uma alternativa à castração cirúrgica, pois os resultados associados à melhoria na qualidade da carne de bovinos cruzados Angus x Nelore, são similares aos encontrados para os machos CC. Entretanto, vale ressaltar que os bovinos CC produzem carne com maior deposição de gordura intramuscular do que os IM e que os custos financeiros da imunocastração devem ser levados em consideração para a produção da carne. Ainda, as diferenças no perfil de ácidos graxos podem indicar que a CS pode impactar o valor nutricional da carne em termos de saúde humana.
Título em inglês
Sexual condition effects on performance, carcass traits and beef quality of feedlot crossbred Angus x Nellore cattle
Palavras-chave em inglês
Aging
Fatty acid profile
Immunocastration
Resumo em inglês
The goal of this work was to evaluate sexual condition effects on performance, carcass traits, and meat quality of a feedlot Angus x Nellore cattle. Were used 176 cattle, 20 months of age, from the Brazilian Certified Angus Beef Program, assigned into four sexual conditions: 32 bulls, 48 steers, 48 immunocastrated, and 48 heifers. The immunocastrated were obtained by vaccinating three times with anti-GnRH vaccine. Animals were fed ad libitum with a highgrain diet containing 80% concentrate. At the end of the experimental period (190 days) the animals were harvested. At the slaughter were collected data related to the carcass yield and pH values. After slaughter, were evaluated in Longissimus muscle, the rib eye area, and subcutaneous fat thickness between the 12th and 13th ribs, marbling score, color, and pH. Vacuum packaged steaks (2.54 cm thick) from the Longissimus muscle were collected, aging for zero, 7, and 14 days at 2°C and stored at -18°C until analysis of meat quality. Statistical analyzes were performed using the proc MIXED SAS® program (version 9.2). Bulls presented increased final body weight, average daily gain, rib eye area, and pH values when compared with the other sexual conditions (P < 0.01). For hot carcass weight, bulls and immunocastrated had higher values compared to steers and heifers (P < 0.01). Interestingly, heifers presented higher subcutaneous fat thickness compared to the other categories (P < 0.01). Heifers and steers presented increased intramuscular fat scores compared to the bulls and immunocastrated; however, beef from steers presented higher marbling Prime scores when compared with beef from heifers. Beef from steers had higher cooking loss (P < 0.01) and beef from heifers presented higher ether extract content when compared with other sexual conditions (P = 0.0248). There was interaction between sexual condition and aging time for Warner Bratzler Shear Force (WBSF) values (P = 0.0002), L* (P = 0.0118) and b* (P = 0.0113) values. The period of aging affected beef color, depending of the sexual condition. In addition, all cattle categories evaluated had beef tenderness improved by the aging process and sexual condition, especially beef from bulls and heifers. Sexual condition had main influence in all beef sensorial attributes (P < 0.05). Beef from heifers, steers, and immunocastrated cattle had better consumer´s acceptability in sensory analysis then the beef from bulls. Additionally, beef from heifers presented favorable fatty acid profile for human healthy, while beef from bulls had an unfavorable fatty acid profile (P < 0.05). In conclusion, immunocastration can be an alternative to surgical castration, since it improves meat quality with results like those for Angus x Nellore steers. However, it is important to highlight that the steers produce high intramuscular fat deposition then the immunocastrated, and the cost of immunocastration should be taken into consideration for the beef cattle production. Additionally, the difference on fatty acid profile can indicate that the sexual condition can impact the nutrition values of the meat.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME8878741COR.pdf (665.91 Kbytes)
Data de Publicação
2017-04-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.