• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2016.tde-04052016-151158
Documento
Autor
Nome completo
Isabela Rodrigues dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2016
Orientador
Banca examinadora
Trindade, Marco Antonio (Presidente)
Freire, Maria Teresa de Alvarenga
Venturini, Anna Cecilia
Título em português
Estratégias para conservação de carne armazenada sob refrigeração: embalagem em atmosfera modificada e processamento em alta pressão
Palavras-chave em português
Carne bovina
Cordeiro
Estabilidade
Microbiologia
Qualidade
Resumo em português
A busca por produtos mais saudáveis e minimamente processados tem levado indústrias e pesquisadores a estudarem novas formas de preservação de alimentos. Os objetivos deste trabalho foram: 1) avaliar o efeito da embalagem com atmosfera modificada (ATM) na preservação de lombo ovino armazenado sob refrigeração e 2) Avaliar o efeito do processamento em alta pressão na conservação de carne bovina marinada e com teor de sódio reduzido. Em ambas as pesquisas, músculos Longissimus lumborum foram submetidos à contagem microbiana, avaliação de cor, pH, oxidação lipídica (TBARS), perdas por cocção (PPC) e força de cisalhamento. Para o estudo do efeito da embalagem em atmosfera modificada, as amostras foram acondicionadas em cinco sistemas de ATM, 15% O2 + 85% CO2; 30% de O2 + 70% de CO2; 45% de O2 + 55% de CO2; 60% de O2 + 40% de CO2 e Vácuo (controle) e armazenadas a 1°C durante 21 dias. As análises de cor, pH, TBARS, PPC e força de cisalhamento foram realizadas a cada sete dias e as microbiológicas duas vezes por semana. Diferentes concentrações de oxigênio dentro da embalagem trouxeram diferença significativa na intensidade de cor vermelha das carnes armazenadas em ATM. Até o sétimo dia de estocagem tratamentos com maior quantidade de O2 apresentaram melhor coloração, após esse período embalagens a vácuo conseguiram preservar melhor a mioglobina. Diferentes concentrações gasosas não trouxeram causaram diferença (p> 0,05) no pH da carne entre tratamentos. Nenhuma diferença significativa entre tratamentos foi encontrada para amostras embaladas em ATM nos parâmetros perda de peso por cocção e força de cisalhamento. A embalagem em atmosfera modificada foi capaz de retardar o crescimento da microbiota presente na carne. Isso levou á preservação da amostra por até 18 dias sob refrigeração, enquanto amostras a vácuo tiveram uma vida útil de 11 dias. Para o estudo do efeito da alta pressão em carne marinada com baixo teor de sódio, as carnes foram inoculadas com 106 UFC/g de carne com E. faecium e Listeria innocua e em seguida marinadas durante 18 horas, a 4°C, em diferentes soluções: 1% NaCl + 1% ácido cítrico, 1% NaCl + 2% ácido cítrico, 2% NaCl + 2% ácido cítrico e 2% NaCl + 2% ácido cítrico. Após a marinação as amostras foram submetidas ao tratamento nas seguintes pressões: Zero (controle), 300MPa, 450Mpa, 600MPa. As análises físico-químicas e microbiológicas foram realizadas logo após o tratamento. O tratamento em alta pressão foi capaz de reduzir a população microbiana em até seis ciclos logarítmicos quando 600Mpa foram aplicados em todas as soluções estudadas. A não aplicação de alta pressão proporcionou a redução de apenas um ciclo log na população de E. faecium quando as carnes foram marinadas com 2% NaCl + 2% ácido cítrico. A alta pressão e as diferentes concentrações de sal e ácido, não trouxeram diferença significativa na coloração das amostras. Já o maior teor de ácido cítrico na marinada causou maior (p<0,05) redução do pH da carne em comparação com as amostras em baixa concentração de ácido. Os experimentos demonstraram que a tanto embalagem a vácuo quanto a aplicação de ácido cítrico foram eficientes em retardar a oxidação lipídica. Pressões de 600Mpa tornaram a carne significativamente mais dura que as demais pressões aplicadas. Os resultados demonstraram a possibilidade de extensão da vida útil da carne refrigerada através da aplicação de diferentes tecnologias: a embalagem com atmosfera modificada para carne fresca e processamento em alta pressão de carnes marinadas com reduzido teor de sal.
Título em inglês
Strategies for preserving meat stored under-cooling: modified atmosphere packaging and high pressure processing
Palavras-chave em inglês
Beef
Lamb
Microbiology
Quality
Stability
Resumo em inglês
The seek for healthier and minimally processed foods has led industries and researchers to study new forms of food preservation. The objective of this project was 1) to evaluate the effect of modified atmosphere packaging (MAP) in the preservation of lamb loin stored under refrigeration and 2) to evaluate the effect of high pressure on the conservation of marinated beef with reduced sodium content. In both cases, Longissimus lumborum muscles were submitted to microbial count, color evaluation, pH, lipid oxidation (TBARS), cooking losses (CL) and shear force. To study the effect of modified atmosphere packaging, the samples were placed into five MAP systems, 15% O2 + 85% CO2; 30% O2 + 70% CO2; 45% O2 + 55% CO2; 60% O2 + 40% CO2 and vacuum (control) and stored at 1 ° C for 21 days. The color, pH, TBARS, CL and shear force analyzes were performed every seven days and microbiological loads counted twice a week. Different concentrations of oxygen in the headspace brought significant difference in the redness of samples packed in ATM. Until the seventh day of storage the treatments with higher concentration of O2 showed a better color, thereafter vacuum packaging managed to best preserve the myoglobin. Different gas concentrations have not brought significant difference (p> 0.05) in the pH of the meat among treatments. No significant difference among treatments was found for samples packed in ATM for cooking loses and shear force parameters. The modified atmosphere packaging was able to retard the growth of microbial flora on meat. This led to the preservation of the sample for up to 18 days under refrigeration, while samples in vacuum had a shelf life of only 11 days. To evaluate the effect of high pressure in marinated meat, the steaks were inoculated with 106 CFU / g of meat with E. faecium and Listeria innocua and then marinated for 18 hours at 4°C in different solutions: 1% NaCl + 1% citric acid, 1% NaCl + 2% citric acid, 2% NaCl + 2% citric acid and 2% NaCl + 2% citric acid. After marination, samples were subjected to the following pressures: 600MPa, 450MPa, 300MPa and 0MPa (control). The physicochemical and microbiological analyzes were conducted soon after treatment. The high pressure treatment was able to reduce six log cycles of the microbial population when 600MPa was applied to all solutions studied. Without high pressure application, the reduction was only of 1 log cycle in the population of E. faecium when the samples were marinated with 2% NaCl+ 2% acid. The high pressure and different sodium and acid concentrations did not bring difference in the color of the samples. Higher citric acid content in the marinade caused higher (p <0.05) reduction of the pH of the meat, compared with samples of low concentration of acid. In order to slow down lipid oxidation, the experiments demonstrated that both vacuum packaging and citric acid are efficient implementation. The application of 600MPa made the meat significantly tougher than the meat treated with other pressures. The results demonstrated the possibility of extending the shelf-life of the chilled meat by applying different technologies: modified atmosphere packaging for fresh meat and marination of meat with reduced salt content by high pressure use.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME8424672COR.pdf (1.58 Mbytes)
Data de Publicação
2016-05-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.