• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2019.tde-11022019-081409
Documento
Autor
Nome completo
Glauco Dente Gürtler
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2018
Orientador
Banca examinadora
Maia, Antônio Augusto Mendes (Presidente)
Bianchi, Pedro Kastein Faria da Cunha
Mesquita, Lígia Garcia
Pacheco, José Carlos Guilardi
Título em português
Repercussão do tratamento contra verminose gastrointestinal sobre o quadro eritocitário e leucograma de ovinos com anemia verminótica
Palavras-chave em português
Anemia
Hemograma
Ovinos
Recuperação
Verminose
Resumo em português
Este projeto teve o objetivo de avaliar, sobre as variáveis que compõe o eritrograma e leucograma, os impactos da administração de anti-inflamatório e antibiótico, concomitante ao uso de antiparasitários, e a influência exercida pela suplementação de ferro dextrano, sobre a resposta medular de ovinos com anemia verminótica. Foram utilizadas 45 ovelhas, com mais de 24 meses de vida, naturalmente infectadas. Os animais foram triados por exame clínico, coproparasitológico e hemograma. Após a seleção, foram alocados em 03 subgrupos experimentais. O grupo 01recebeu apenas tratamento com antiparasitários (controle); ao grupo 02, além dos antiparasitários, foi aplicada uma associação de antibióticos e antiinflamatórios; e o grupo03, além dos antiparasitários, recebeu suplementação com Ferro Dextrano. Os resultados obtidos para VCM e HCM indicam que houve diferença estatística entre os grupos (p<0.05), sugerindo que a suplementação de ferro contribuiu para melhora da resposta medular. O predomínio da ocorrência de anemia do tipo normocítico e normocrômico indica que os animais foram capazes de manter a homeostase no metabolismo de ferro. Sobre as variáveis que representam o leucograma, foi possível observar que houve variação significativa entre os tempos analisados (p<0.05), indicativo de evolução no processo de recuperação. Evidenciou-se normoleucocitemia, com existência de linfopenia e eosinopenia, além da ocorrência de neutrofilia com desvio à esquerda. Também, foi observada a inversão do padrão leucocitário, que passou de predominantemente linfocitário para neutrofílico, enquanto os animais permaneciam sob quadro de anemia intensa. Pela contagem de plaquetas, evidenciou-se diferença estatística entre os grupos (p<0.05), principalmente, no início do processo de avaliação, período de maior infestação parasitária.
Título em inglês
Impact of treatment for gastrointestinal worms on the erythrocyte and leukocyte profile of sheep worm infection with anemia
Palavras-chave em inglês
Anemia
Blood count
Recovery
Sheep
Worm infection
Resumo em inglês
The purpose of this project was to evaluate the impact of anti-inflammatory and antibiotic administration on the erythrogram and leukogram variables, concomitant with antiparasitic use, and the influence exerted by iron dextran supplementation on the spinal response of sheep with verminous anemia. Forty-five sheep, more than 24 months old, naturally infected, were used. The animals were screened by clinical, coproparasitological and hemogram. After the selection, they were allocated in 03 experimental subgroups. Group 01 received only antiparasitic treatment (control); to group 02, besides the antiparasites, an association of antibiotics and anti-inflammatories was applied; and Group 03, in addition to the antiparasitics, received supplementation with Iron Dextran. The results obtained for VCM and HCM indicate that there was a statistical difference between the groups (p<0.05), suggesting that the iron supplementation contributed to the improvement of the spinal response. The predominance of anemia of the normocytic and normochromic type indicates that the animals were able to maintain the homeostasis in iron metabolism. Regarding the variables that represent the leukogram, it was possible to observe that there was a significant variation between the times analyzed (p<0.05), indicative of evolution in the recovery process. There was evidence of normoleukocytemia, with lymphopenia and eosinopenia, besides the occurrence of neutrophilia with deviation to the left. In addition, the inversion of the leukocyte pattern, which changed from predominantly lymphocytic to neutrophilic, was observed, while the animals remained under severe anemia. The platelets count showed a statistically significant difference between the groups (p<0.05), mainly at the beginning of the evaluation process, the period of greatest parasitic infestation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME5412781COR.pdf (2.06 Mbytes)
Data de Publicação
2019-02-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.