• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2016.tde-16032016-095112
Documento
Autor
Nome completo
Juliana de Oliveira Navarro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2015
Orientador
Banca examinadora
Sousa, Ricardo Luiz Moro de (Presidente)
Munin, Flavia Simone
Queiroz, Sabrina Ribeiro de Almeida
Título em português
Detecção e caracterização moleculares de Picobirnavirus bovino na região centro-sul do Brasil
Palavras-chave em português
Picobirnavírus bovino
Epidemiologia molecular
Sanidade de bovinos
Resumo em português
Picobirnavirus (PBV) pertencem à família Picobirnaviridae, divididos em duas espécies Human Picobirnavirus e Rabbit Picobirnavirus. São pequenos vírus constituídos de genoma bissegmentado de cadeia dupla de RNA (dsRNA), não envelopados, com capsídeo de simetria icosaédrica, sendo divididos em dois genogrupos, GI e GII. Já foram detectados em fezes humanas e de uma ampla gama de espécies animais, com ou sem sinais diarreicos, sendo considerados agentes emergentes e oportunistas, e seu potencial zoonótico foi sugerido. Entretanto, os estudos epidemiológicos e moleculares de PBV em bovinos são raros na literatura nacional e internacional. Devido à carência de dados a respeito de PBV em bovinos, o presente estudo foi realizado objetivando-se a detecção e caracterização moleculares de cepas de PVB bovinos dos genogrupos GI e GII em amostras fecais de bovinos com ou sem sintomatologia diarreica de diferentes idades e regiões do Brasil. O estudo foi conduzido a partir de 77 animais, obtendo-se 18 (23,3%) amostras positivas para GI, compreendendo animais provenientes dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás. Não foram detectadas amostras positivas para GII. A identidade nucleotídica das amostras obtidas apresentou média de 67,4% quando comparadas uma com as outras e de até 83,77% quando comparadas com amostras de PBV de referência. Na reconstrução filogenética, três amostras agruparam-se em clado de PVB humano e somente uma agrupou-se em clado de PVB bovino. Em síntese, os resultados obtidos indicam, de maneira inédita, a circulação de PVB bovino pertencente ao genogrupo GI em diferentes estados brasileiros, com perfis filogenéticos heterogêneos.
Título em inglês
Molecular detection and characterization of bovine Picobirnavírus in central-south region of Brazil
Palavras-chave em inglês
Bovine picobirnavirus
Bovine health
Molecular epidemiology
Resumo em inglês
Picobirnavirus (PBV) belong to the Picobirnaviridae family, divides into two species Human Picobirnavirus and Rabbit Picobirnavirus. They are small, non-enveloped, bisegmented double-stranded RNA (dsRNA) virus with an icosahedral capsid, being divided into two genogroups, GI and GII. They have been detected in feces of humans and many animal species, with or without diarrheal signs and are considered emerging and opportunistic agents, and its zoonotic potential has been suggested. However, epidemiological and molecular studies of bovine PBV are rare in the national and international literature. Due to lack of data on PBV in cattle, this study was conducted aiming to detect and molecularly characterize bovine PBV strains of GI and GII genogroups in feces from animals with or without diarrheal signs of different ages and regions of Brazil. Seventy-seven animals were sampled, resulting in 18 (23.3%) positive samples for GI, including animals from the states of São Paulo, Minas Gerais and Goiás. There were no positive samples for GII. The nucleotide identity of the samples obtained showed a mean of 67.4% compared to each other and up to 83.77% compared to PBV reference samples. In phylogenetic reconstruction, three samples were grouped in the human PBV clade and only one sample was clustered in the bovine PVB clade. In summary, the results indicate in an unprecedented way the circulation of the bovine PBV belong to GI genogroup in different Brazilian states, with heterogeneous phylogenetic profiles.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME4591237COR.pdf (1.38 Mbytes)
Data de Publicação
2016-05-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.