• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.74.2017.tde-16032017-103812
Documento
Autor
Nome completo
Paula Irusta Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Pirassununga, 2016
Orientador
Banca examinadora
Leite Dellova, Deise Carla Almeida (Presidente)
Ferreira, Helena Lage
Guerra, José Luiz
Título em português
Estudo de respostas fibróticas e apoptóticas em rins de ratos tratados com aldosterona
Palavras-chave em português
Aldo
BAX
Injúria renal
PAI-1
TGF-β1
Resumo em português
Procurando compreender o envolvimento da aldosterona (Aldo) na injúria renal, o objetivo deste projeto foi avaliar o efeito do tratamento crônico com Aldo sobre a função renal e a histologia das arteríolas renais, procurando correlacionar os achados com a expressão de genes reguladores do processo de fibrose e apoptose. A Aldo não alterou os parâmetros fisiológicos, PA, ritmo de filtração glomerular (estimado pela depuração plasmática de creatinina), proteinúria e a morfologia das arteríolas corticais. No entanto, aumentou a expressão do RNAm para TGF-β1, PAI-1 e BAX no tecido renal, além da contagem de células TUNEL positivas nos glomérulos. O antagonismo ao receptor MR (pelo uso da espironolactona) aboliu o efeito hormonal somente sobre a expressão do RNAm para BAX e a marcação do DNA degradado (TUNEL), enquanto que o antagonismo ao GR (pelo uso do RU 486) reduziu ou aboliu todos os efeitos da Aldo. Os resultados indicam que a Aldo pode induzir respostas precoces sobre o remodelamento do tecido renal, sem ainda comprometer a função renal ou alterar a PA. Essas respostas foram independentes da sobrecarga de sal e ocorreram por um mecanismo que envolveu os receptores MR e GR.
Título em inglês
Study of fibrotic and apoptotic responses in rat kidney after aldosterone treatment
Palavras-chave em inglês
Aldo
BAX
PAI-1
Renal injury
TGF-β1
Resumo em inglês
In order to understand the aldosterone (Aldo) involvement in renal injury, the objective of this project was to evaluate the effect of Aldo chronic treatment on renal function and renal arterioles histology, trying to correlate the findings with the regulatory genes of fibrosis and apoptosis. Aldo did not change the physiological parameters, BP, glomerular filtration rate (estimated by creatinina clearance), proteinuria and cortical arterioles morphology. However, Aldo increased mRNA expression for TGF-β1, PAI-1 and BAX in renal tissue, as well as TUNEL-positive cell count in glomeruli. MR receptor antagonism (by spironolactone) abolished only the hormonal effect on the mRNA expression for BAX and degraded DNA labeling (TUNEL); whereas GR antagonism (by RU 486) reduced or abolished all Aldo effects. The results indicated that Aldo can induce early responses on renal tissue remodeling, without altering renal function or BP. These responses were salt independent and involved MR and GR receptors.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ME8842501COR.pdf (1.15 Mbytes)
Data de Publicação
2017-03-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.