• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.75.2006.tde-18012007-095215
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Alexandre Galinaro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2006
Orientador
Banca examinadora
Franco, Douglas Wagner (Presidente)
Finguerut, Jaime
Lima Neto, Benedito dos Santos
Título em português
"Distinção entre cachaça produzida com cana-de-açúcar queimada e não queimada"
Palavras-chave em português
análise multivariada
cachaça
HPAs
Resumo em português
Cachaça é a terceira das bebidas alcoólicas fermento-destilado mais consumida no mundo, com uma produção de aproximadamente 2,5 litros de bilhões por ano. Tradicionalmente, a cachaça é produzida a partir da destilação do mosto fermentado da cana-de-açúcar. Porém, ela pode sofrer a contaminação por HPAs (Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos) quando a cana-de-açúcar utilizada na sua produção é queimada antes da sua colheita. Objetivando a distinção entre as amostras de cachaça produzidas a partir da cana-de-açúcar colhida após a queima ou não dos canaviais, foram analisados 15 HPAs em 26 amostras de cachaça produzidas com cana-de-açúcar queimada e 105 amostras de cachaça produzidas com cana-de-açúcar não queimada. As amostras de cachaça foram previamente concentradas por extração em fase sólida (SPE) e analisadas por cromatografia liquida de alta eficiência (HPLC), acoplada a um detector de fluorescência. Este método apresentou uma boa separação cromatográfica para a análise dos seguintes HPAs estudados: naftaleno, acenafteno, fluoreno, fenantreno, antraceno, fluoranteno, pireno, benzo(a)antraceno, criseno, benzo(b)fluoranteno, benzo(k)fluoranteno, benzo(a)pireno, dibenzo(a,h)antraceno, benzo(g,h,i)perileno e indeno(1,2,3-c,d)pireno. O método cromatográfico apresentou bons limites de detecção (5,68E-04 a 45,4 µg L-1), boa porcentagem de extração e recuperação (81,5 ± 9 % a 113 ± 5 %) e uma boa reprodutibilidade (> 90,0 %). As amostras produzidas a partir de cana-de-açúcar queimada apresentaram teores médios totais dos HPAs de 21,1 µg L-1, enquanto que as amostras produzidas com cana-de-açúcar não queimada apresentaram teores médios totais dos HPAs de 1,91 µg L-1. Os dados analíticos foram tratados por meio de análise multivariada (PCA, FA, PLS, DA, LDA, QDA e CDA), possibilitando uma boa distinção entre as amostras produzidas com cana queimada e não queimada. Os resultados dos modelos estatísticos revelaram uma elevada probabilidade (85,0 %) na diferenciação entre estes dois grupos de cachaça
Título em inglês
"Distinction betwen cachaça produced with burned and non-burned sugar cane"
Palavras-chave em inglês
analysis multivariate
cachaça
PAHs
Resumo em inglês
Cachaça is the third most consumed fermented alcoholic beverage in the world, with a production of nearly 2.5 billion liters a year. Traditionally, cachaça is made from the distillation of the fermented sugar cane juice. However, it may be contaminated by PAHs (Polycyclic Aromatic Hydrocarbons) when the sugar cane used for its production is burned before harvesting. Aiming at distinguishing spirits made from burned and non-burned sugar cane, 15 PAHs in 26 cachaças samples obtained from non-burned and 105 cachaça samples obtained from burned sugar cane have been analyzed. The cachaça samples were previously concentrated by solid phase extraction (SPE) and analyzed by high performance liquid chromatography (HPLC), coupled with a fluorescence detector. This method presented good chromatographic separation for the analysis of the following PAHs: naphthalene, acenaphthene, fluorene, phenanthrene, anthracene, fluoranthene, pyrene, benz(a)anthracene, chrysene, benz(b)fluoranthene, benz(k)fluoranthene, benz(a)pyrene, dibenz(a,h)anthracene, benz(g,h,i)perylene, and indeno(1,2,3- c,d)pyrene. The chromatographic method showed good detection limits (5.68E-04 to 45.4 ? g L-1), good index for the clean up percentage and recovery (from 81.5 ± 9% to 113 ± 5%) and a good reproducibility (> 90.0%). The samples obtained from burned sugar cane presented 21.1 ? g L-1 total PAHs average contents while the ones obtained from non-burned sugar cane showed PAHs average contents of 1.91 ?g L-1. Such analytical data were treated by means of the multivariate statistical methods (PCA, FA, PLS, LDA, QDA and CDA), thus allowing good distinction among the samples obtained from burned and non-burned sugar cane. Results of the Abstract IQSC-USP statistical models presented high probability (85.0%) for the distinction between these two groups of spirits.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CarlosAGalinaro.pdf (772.31 Kbytes)
Data de Publicação
2007-01-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.