• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-22032016-121547
Documento
Autor
Nome completo
Guilherme Giuliano Nicolau
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Veiga, João Paulo Candia (Presidente)
Rodrigues, Thiago Moreira de Souza
Tible, Jean François Germain
Título em português
A identidade da União Europeia e a segurança internacional: análise de discurso da região euromediterrânea
Palavras-chave em português
Migração
Securitização
Teoria do discurso
Topic model
União Européia
Resumo em português
A dissertação mapeia a formação da identidade internacional da União Europeia através da sua arquitetura de segurança internacional que tem como um dos seus nós a securitização da imigração, utilizando ferramentas metodológicas não-tradicionais para confirmar a nossa tese. A primeira parte do trabalho é um marco teórico: discutimos a virada linguística nas relações internacionais para entender a intersubjetividade entre pesquisador e objeto, de modo que nós escolhemos reflexividade como a nossa abordagem metodológica; em seguida, discutimos as escolas europeias em segurança internacional do pós-guerra fria, como a Escola de Copenhague, Escola Crítica de Gales e Escola de Paris, apresentando conceitos e objetos estudados por especialistas que nos são caros para entender nosso estudo e colocar nossa pesquisa dentro de sua comunidade epistêmica; finalmente, discutimos e incorporamos conceitos e abordagens da Teoria do Discurso (estudos de Ernesto Laclau, Chantal Mouffe e Escola de Essex) para fazer uma construção cronológica e geodiscursiva da região euromediterrânea. Na segunda parte, reconstruímos histórica e institucionalmente a arquitetura europeia de segurança internacional do pós-guerra a hoje vis-à-vis com suas políticas de migração notando suas correlações, também com foco na análise detalhada dos principais documentos oficiais de segurança. A parte quantitativa final (e nossa contribuição original) procura confirmar a causalidade do link segurança-imigração na arquitetura europeia; para isso, utilizamo-nos da linguística computacional para análise semântica semi-automatizada, mais especificamente Topic Model; analisamos cerca de 20.000 documentos oficiais de segurança da União Europeia para indicar estatísticas, agentes, instituições, agendas e discursos que confirmam nossa tese.
Título em inglês
European unions identity and international security: discourse analysis from the Euromediterranean
Palavras-chave em inglês
European Union
Migration
Securitization
Theory of discourse
Topic model
Resumo em inglês
The dissertation maps the formation of the international identity of European Union through its international security architecture that has as one of its nodes the securitization of immigration, using non-traditional methodological tools to confirm our thesis. The first part of the work is a theoretical framework: we discuss the linguistic turn in international relations to understand the intersubjectivity between researcher and object so we choose Reflexivity as our methodological approach; then we discuss the European schools in international security from post-cold war such as the Copenhagen School, Wales Critical School and Paris School, presenting concepts and objects studied by experts who are dear to us to understand our study and place our research within its epistemic community; Finally, we discuss and incorporate concepts and approaches from Discourse Theory (studies from Ernesto Laclau, Chantal Mouffe and Essex School) to make a chronological geodiscursive construction of the euromediterranean region. In the second part, we reconstruct historically and institutionally the European international security architecture from post-war till today vis-à-vis with its migration policies and noting their correlations, also focusing on detailed analysis of the main official security documents. A final quantitative section (and our original contribution) seeks to confirm the causality of the security-immigration link in European architecture; for this we use computational linguistics for semi-automated semantic analysis, more specifically Topic Model; We analyze around 20,000 official security documents from European Union to indicate statistics, agents, institutions, agendas and speeches which confirm our thesis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.