• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-25112016-134150
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo Alves Lazzari
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Moises, Jose Alvaro (Presidente)
Lavalle, Adrian Gurza
Meneguello, Rachel
Título em português
Por que os brasileiros não confiam em partidos políticos?
Palavras-chave em português
Brasil
Desconfiança
Partidos políticos
Resumo em português
Esta pesquisa visa fornecer uma explicação para o quadro de ampla desconfiança em partidos políticos no Brasil. Mobilizando modelos culturalistas e racionalistas para entender esse fenômeno, o trabalho se inicia com uma discussão teórica sobre o lugar da desconfiança numa democracia representativa, passando para o debate pormenorizado de como a literatura tentou tratar do objeto dessa dissertação, nacional e internacionalmente. Por sua vez, os capítulos empíricos, fundamentados sobre testes de qui-quadrado, análises de correspondência e regressões logísticas ordinais, revelam os efeitos assimétricos das principais variáveis elencadas pela literatura, em que seu efeito negativo sobre a desconfiança é maior do que seu efeito positivo sobre a confiança. Argumenta-se que o quadro ilustra a consolidação de uma cultura de desconfiança em partidos políticos no Brasil, com consequências e importância incertas atualmente para a compreensão da intrincada relação entre partidos políticos e sociedade civil.
Título em inglês
Why Brazilians do not trust in Political Parties?
Palavras-chave em inglês
Brazil
Distrust
Political parties
Resumo em inglês
This research aims to provide an explanation to the broad distrust in political parties in Brazil. Using culturalist and racionalist models to assess this phenomenon, this work starts with a theoretical discussion about the place that distrust has in a representative democracy, going through a detailed discussion on how the literature tried to study this dissertations object, nationally and internationally. The empirical chapters, grounded in chi-square tests, correspondence analysis, and ordinal logistic regressions, reveal asymmetric effects from the main variables brought out by the literature, where its negative effects on distrust are bigger than its positive effects on trust in political parties. It is argued that this scenario illustrates the consolidation of a culture of distrust in political parties in Brazil, with unknown consequences and importance for the comprehension of the intricate relation between political parties and civil society.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-11-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.