• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-29052013-095004
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Francisco Dias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Reis, Rossana Rocha (Presidente)
Cepêda, Vera Alves
Ricupero, Bernardo
Título em português
Do estruturalismo da Cepal à teoria da dependência: continuidades e rupturas no estudo do desenvolvimento periférico
Palavras-chave em português
Estruturalismo da Cepal
Teoria da dependência
Teorias do desenvolvimento e do subdesenvolvimento da América Latina
Resumo em português
O presente trabalho busca contribuir na discussão do tema do desenvolvimento e subdesenvolvimento da América Latina, a partir de duas das mais importantes elaborações teóricas já feitas sobre o assunto, o estruturalismo da Cepal e a teoria da dependência. Busca-se fazer uma revisão crítica e sistemática sobre o surgimento, a evolução, e os desdobramentos analíticos e normativos dessas duas grandes escolas do pensamento latino-americano. Em especial, visa explorar as continuidades e rupturas teóricas e metodológicas, em primeiro lugar, entre as interpretações estruturalistas e as interpretações da escola da dependência, e em segundo lugar, entre as distintas vertentes desta última. Argumenta-se que, em ambos os casos, o padrão de continuidade é muito mais proeminente do que se supôs no debate inicial ou de que presume boa parte da literatura especializada, tanto em relação às virtudes, isto é, pensar o desenvolvimento periférico de acordo com suas especificidades histórico-estruturais, quanto, sobretudo, em relação às suas insuficiências, vale dizer, a determinação econômica dos fenômenos políticos e sociais.
Título em inglês
From the ECLAC's structuralism to the dependency theory: continuities and ruptures in the study of peripheral development
Palavras-chave em inglês
Dependency theory
Eclac's structuralism
Latin American theories of development and underdevelopment
Resumo em inglês
This study aims to contribute to the discussion on the issue of the Latin America development and underdevelopment, from two of the most important theoretical frameworks ever made on the subject, the Eclac's structuralism and the dependency theory. We seek to perform a critical and systematic review of the emergence, evolution, and the analytical and normative ramifications of these two major schools of Latin American thought. In particular, it´s intended to explore the theoretical and methodological continuities and discontinuities, firstly, between the structuralist interpretations and interpretations of the dependency school, and secondly, between the different approaches of the last one. It is argued that, in both cases, the pattern of continuity is much more relevant than it was assumed in the original debate and even by much of the specialized literature, whether concerning its virtues, that is, to think the peripheral development according its historical-structural specificities, and, above all, in relation to its shortcomings, i.e., the economic determination of political and social phenomena.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.