• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2019.tde-04042019-121344
Documento
Autor
Nome completo
Darlan Praxedes Barboza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Jackson, Luiz Carlos (Presidente)
Barros, Sergio Miceli Pessoa de
Caravaca, Jimena
Rodrigues, Lidiane Soares
Título em português
O jovem Prebisch (1901-1943)
Palavras-chave em português
Argentina
Cartel de cerebros
Ciência econômica
Década infame
Política econômica
Raúl Prebisch
Saberes de Estado
Técnicos estatais
Resumo em português
Esta dissertação se debruça sobre a trajetória de Raúl Prebisch entre 1930-1943, período conhecido na historiografia argentina como a década infame. Objetiva-se capturar como o jovem economista construiu uma exitosa carreira nos escalões superiores da burocracia estatal argentina valendo-se de sua origem social entre os Uriburu de Tucumán (família tradicionalmente vinculada ao poder desde os tempos coloniais), das relações de amizade e colaboração especializada com os responsáveis pela restauração conservadora da década de 1930 e da alta cotação de seus conhecimentos num cenário de emergência econômica. Em meio às repercussões negativas da crise de 1929 sobre a economia argentina e o ressurgimento das forças políticas oligárquicas, que buscaram na ciência econômica sua fonte de legitimidade, Prebisch se capitalizou como a liderança do processo de modernização do Estado ao dispor de uma rede privilegiada de contatos que possibilitou o acesso às novas oportunidades de colocação na burocracia, além de projetá-lo como mediador entre as novas demandas estatais, o poder executivo e os jovens economistas da Universidade de Buenos Aires.
Título em inglês
The young Prebisch (1901-1943)
Palavras-chave em inglês
Argentina
Brain trust
Economic policy
Economic science
Infamous decade
Raúl Prebisch
State knowledge
States technicians
Resumo em inglês
This dissertation focuses on the trajectory of Raúl Prebisch between 1930 and 1943, a period known in Argentine historiography as the "infamous decade". It aims to capture how the young economist built a successful career in the upper echelons of the Argentine state bureaucracy using the social origins among the Uriburu of Tucumán (family traditionally linked to power since colonial times), friendship and technical collaboration with those responsible for the conservative restoration of the 1930s and his highly esteemed knowledge in an emergency economic scenario. In the circumstances of the negative repercussions of the 1929 crisis on the Argentine economy and the resurgence of oligarchic political forces, which sought the economic science as their source of legitimacy, Prebisch capitalized himself in the leadership of the process of modernization of the State by having a privileged network of contacts that enabled him to control the new opportunities of placement in the bureaucracy and projected him as a mediator between the new state demands, the executive branch and the young economists of the University of Buenos Aires.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.