• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Ilan Lapyda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Musse, Ricardo (Presidente)
Comin, Alvaro Augusto
Paulani, Leda Maria
Pereira, Luiz Carlos Bresser Goncalves
Título em português
Financeirização no Brasil nos anos Lula (2003-2010)
Palavras-chave em português
Economia política
Financeirização
Governo Lula
Imperialismo
Neoliberalismo
Resumo em português
Esta tese é resultado do desdobramento de reflexões iniciadas em trabalho anterior, quando se buscou compreender o conceito de financeirização e discutir algumas das questões que ele envolve. Dada a importância desse fenômeno para a compreensão do capitalismo contemporâneo, bem como da necessidade de se levarem em conta as especificidades de países e regiões, trata-se agora de compreender como se deu a evolução desse processo no Brasil recente, mais precisamente durante o período de Luiz Inácio Lula da Silva na Presidência da República (2003-2010), por três motivos principais. Primeiro, a década de 1990 momento de penetração do neoliberalismo no país e de integração deste à mundialização financeira já foi devidamente estudada. Segundo, a importância de se investigarem os desdobramentos do capitalismo brasileiro no pós-liberalização sob a égide das finanças. Terceiro, o interesse em compreender as contradições que perpassavam, nesse contexto, um governo do campo da esquerda, bem como as consequências que elas tiveram. Assim, visando contribuir para o debate sobre os governos Lula, um dos objetivos centrais desta pesquisa é fornecer um panorama mais integrado de diferentes elementos do processo de financeirização no Brasil e de seus impactos, já que a maior parte dos trabalhos sobre o assunto foca-se em um ou outro aspecto. Busca-se, a partir disso, dialogar com diferentes análises sobre o período. Outro objetivo central é realizar uma reflexão que se beneficie da distância dos anos e do conhecimento dos desdobramentos posteriores a 2010 a fim de (re)interpretar alguns aspectos do período Lula e avançar alguns comentários sobre o governo Dilma. A principal conclusão é a de que, apesar de o receituário neoliberal stricto sensu ter sido revertido em alguns pontos, o processo de financeirização continuou avançando e se aprofundando no Brasil, tanto em razão de medidas implementadas pelo governo quanto por fatores para além delas. Os bancos continuaram dominantes no país e, apesar da melhora da situação de outros setores econômicos, pode-se dizer que a fração bancário-financeira da grande burguesia (incluindo o capital de aplicação financeira internacional) conservou sua hegemonia. As consequências políticas dessa situação foram sentidas mais tarde, quando o fim do bom momento econômico que permitia a conciliação de objetivos e o enfrentamento mais direto dos interesses financeiros por parte do governo contribuíram para a crise política que levou à remoção de Dilma Rousseff da Presidência.
Título em inglês
Financialization in Brazil in the Lula Years (2003-2010)
Palavras-chave em inglês
Financialization
Imperialism
Lula government
Neoliberalism
Political economy
Resumo em inglês
This thesis is a development of the reflection, made in previous work, on the concept of "financialization" and some of the issues it involves. Given the importance of this phenomenon to the understanding of contemporary capitalism, as well as the need to take into account the specificities of countries and regions, it is now a question of understanding how the evolution of this process occurred in recent Brazil, more precisely during the period of Luiz Inácio Lula da Silva in the Presidency of the Republic (2003-2010), for three main reasons. First, the 1990s the moment of the penetration of neoliberalism in the country, and the integration of the latter into financial globalization has already been duly studied. Second, the importance itself of investigating how the Brazilian capitalism unfold in "post-liberalization" under the aegis of finance. Thirdly, the interest in understanding the contradictions that permeated, in this context, a left-wing government, as well as the consequences they had. Thus, in order to contribute to the debate on the Lula governments, one of the main objectives of this research is to provide a more integrated picture of the financialization process in Brazil and its impacts, since most of the work on the subject focuses in one aspect or another. Based on this, we seek to dialogue with different analyzes about the period. Another important objective is to carry out a reflection that benefits from the distance of the years and from the knowledge of the developments after 2010 in order to (re)interpret some aspects of Lulas period and to make some comments about Dilmas government. The main conclusion is that, although the neoliberal "recipe" stricto sensu was reversed in some points, the process of financialization continued to evolve and deepen in Brazil, both due to measures implemented by the government and by factors beyond them. Banks kept their dominance over the country and, despite the improvement in the situation of other economic sectors, it can be said that the banking-financial fraction of the big bourgeoisie (including international financial capital) retained its hegemony. The political consequences of this situation came to light later, when the end of the good economic moment which allowed the reconciliation of objectives and the more direct confrontation of financial interests by the government contributed to the political crisis which led to the removal of Dilma Rousseff from Presidency.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-09-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.