• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2011.tde-10102011-083356
Documento
Autor
Nome completo
Anderson Ricardo Trevisan
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Menezes, Paulo Roberto Arruda de (Presidente)
Baumgarten, Jens Michael
Bôas, Glaucia Kruse Villas
Schwarcz, Lilia Katri Moritz
Werle, Marco Aurélio
Título em português
Velhas imagens, novos problemas: a redescoberta de Debret no Brasil Modernista (1930 - 1945)
Palavras-chave em português
Pintura
Sociologia da arte
Resumo em português
O presente trabalho investiga como a obra do pintor francês Jean-Baptiste Debret (1768-1848) foi redescoberta no Brasil nas primeiras décadas do século XX, especialmente entre os anos de 1930 e 1945. Artista de formação neoclássica, Debret viveu no Brasil entre os anos de 1816 e 1831, época em que criou uma infinidade de imagens sobre o país, desde pinturas históricas para a monarquia até pequenas aquarelas contemplando a vida cotidiana. Tendo sido pouco lembrado pelos brasileiros durante o século XIX, Debret seria especialmente valorizado no século XX. Partindo de sua fortuna crítica oitocentista, passando pelos colecionadores e pela crítica modernista, bem como pelo mercado editorial da época (com destaque para a Revista da Semana), o trabalho pretende compreender os eventos mais significativos dessa redescoberta, bem como suas implicações.
Título em inglês
Old images, new problems: the rediscovery of Debret in modernist Brazil (1930-1945)
Palavras-chave em inglês
Painting
Sociology of art
Resumo em inglês
This work investigates the rediscovery of the work of French painter Jean-Baptiste Debret (1768-1848) in Brazil in the first half of the twentieth century, especially from 1930 to 1945. A neoclassical educated artist, Debret lived in Brazil from 1816 to 1831, period in which he created a multitude of images of the country, including contemplative watercolors of its everyday life and historical paintings for the Portuguese monarchy. Rarely considered by Brazilians during the nineteenth century, Debret would be particularly appreciated in the following century. Analyzing the nineteenth-century literary criticism of Debrets work, the collectors and the modernist critics it received in the twentieth century as well as the publishing market of the time (considering especially the Revista da Semana), the thesis aims to understand the most significant events of this rediscovery and its implications.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-10-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.