• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2016.tde-27012016-123033
Documento
Autor
Nome completo
Ugo Urbano Casares Rivetti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Musse, Ricardo (Presidente)
Barros, Sergio Miceli Pessoa de
Frederico, Celso
Título em português
Crítica e modernidade em Raymond Williams
Palavras-chave em português
Crítica literária
Drama
Marxismo
Modernidade
Raymond Williams
Romance
Resumo em português
Esta dissertação tem como objetivo examinar a obra do crítico Raymond Williams a partir do ponto de vista da crítica da modernidade levada a cabo pelo autor em um período específico de sua trajetória: entre Cultura e sociedade (1958) e O campo e a cidade (1973). Para tanto, parte-se da reconstrução da forma assumida por essa crítica nos esquemas interpretativos daquelas que foram as duas grandes influências formativas do pensamento de Williams, e que figuraram como as duas grandes correntes teóricas no cenário intelectual inglês do século XX: a crítica literária e o marxismo. Pretende-se oferecer, com isso, uma leitura alternativa da obra do autor, repensando o peso de cada um de seus principais textos, as linhas de continuidade e as rupturas atravessando-a e, por fim, o próprio sentido do desenvolvimento teórico percorrido por Williams no período considerado, notadamente, destacando-se o impacto que o marxismo exerceu na conformação do seu projeto teórico.
Título em inglês
Critique and modernity in Raymond Williams
Palavras-chave em inglês
Drama
Literary criticism
Marxism
Modernity
Novel
Raymond Williams
Resumo em inglês
This dissertation aims to analyze Raymond Williams work from the point of view of the critique of modernity undertaken by him in a specific period of his trajectory: from Culture and Society (1958) to The Country and the City (1973). Therefore, we begin by reconstructing the forms assumed by this critique in the interpretative schemes of the two greatest formative influences in Williams thought, and which became the two greatest theoretical currents in the English intellectual scenario in the 20th century: literary criticism and Marxism. Hence, we plan to offer an alternative interpretation of his oeuvre, reconsidering the importance of each of his main texts, the continuities and ruptures crossing it and, finally, the sense of the theoretical development covered by Williams in the period here considered, notably, focusing the impact that Marxism produced in the shaping of his theoretical project.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-01-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.