• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-28112013-114040
Documento
Autor
Nome completo
Ian Prates Cordeiro Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Guimaraes, Nadya Araujo (Presidente)
Cardoso, Adalberto Moreira
Marques, Eduardo Cesar Leão
Título em português
Estrutura ocupacional e pobreza na região metropolitana de São Paulo, 1991-2010
Palavras-chave em português
Estrutura ocupacional
Mercado de trabalho
Pobreza
Proteção social
Região metropolitana de São Paulo
Resumo em português
No Brasil, o fenômeno da pobreza foi interpretado, mais das vezes, a partir da sua relação com o mercado de trabalho, com a escassez da proteção social e com o processo de expansão do assalariamento. Por outro lado, os estudos sobre estrutura ocupacional raras vezes adotam a pobreza como fenômeno a ser analisado, relegando-a a um mero subproduto das dinâmicas da estratificação social. Esta pesquisa pretende mostrar como podemos incorporar a estrutura ocupacional, a partir da sua relação com as mudanças econômicas e a proteção social, à análise da pobreza. Utilizamos como estudo de caso a Região Metropolitana de São Paulo, observada no período compreendido entre os anos de 1991 e 2010, quando analisamos, à luz de dados censitários, como diferentes padrões da estrutura ocupacional nessas duas décadas condicionaram a dinâmica da pobreza.
Título em inglês
Occupational structure and poverty in the metropolitan area of São Paulo, 1991-2010
Palavras-chave em inglês
Labor market
Metropolitan area of São Paulo
Occupational structure
Poverty
Social protection
Resumo em inglês
In Brazil, poverty has been interpreted, in most cases, from its relations with the labor market, the tight scope of social protection and the process of the expansion of the paid labor force. In the other hand, the studies about occupational structure dont use to embrace poverty as a phenomenon to be analyzed. Usually, poverty is seemed as a residue of the social stratification dynamics. This research aims to show how we can incorporate the occupational structure and its relationship with the economic changes and social protection, to analyze poverty. We use the Metropolitan Area of São Paulo between the years of 1991 and 2010 as a case study; based on census data we analyze how different patterns of occupational structure in these two decades constrained the dynamics of poverty.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-11-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.