• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2016.tde-28112016-103559
Documento
Autor
Nome completo
José de Souza Muniz Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Barros, Sergio Miceli Pessoa de (Presidente)
Blanco, Alejandro Raul
Gomes, Mayra Rodrigues
Jackson, Luiz Carlos
Pinheiro Filho, Fernando Antonio
Título em português
Girafas e bonsais: editores 'independentes' na Argentina e no Brasil (1991-2015)
Palavras-chave em português
Diversidade cultural
Economia da cultura
Editoração
Editoras
Intelectuais
Resumo em português
Nas últimas décadas, produtores simbólicos ditos independentes têm ampliado sua presença no espaço público. Esse adjetivo passou a funcionar como critério distintivo, condensando modos de intervenção intelectual e política que descrevem e prescrevem estilos de presença na produção cultural. Esta tese tem por objetos o desenvolvimento de um debate sobre editores, editoras, livros e publicações independentes em escala transnacional e seu enraizamento no Brasil e na Argentina. Estudam-se os materiais intelectuais, os agenciamentos coletivos e as políticas setoriais e públicas referentes a esse universo. Discute-se a (re)emergência da noção de editor(a) independente e a inscrição sócio-institucional dos agentes engajados em defini-la, difundi-la, adotá-la ou recusá-la. O objetivo foi compreender que sentidos essa categoria classificatória assume; a que posturas ideológicas, estéticas e políticas ela remete em cada caso; e a que condicionantes sociais podem ser atribuídas as diferenças e semelhanças entre os casos estudados.
Título em inglês
Giraffes and bonsais: independent publishers in Argentina and Brazil (1991-2015)
Palavras-chave em inglês
Cultural diversity
Cultural economy
Intellectuals
Publishers
Publishing
Resumo em inglês
In recent decades, the so-called "independent" symbolic producers have increased their presence in the public space. This adjective began to function as a criterion of distinction, summarizing ways of intellectual and political intervention that describe and prescribe certain styles of cultural production. This thesis addresses the development of a debate on "independent" publishers, publishing houses, books and publications on a transnational scale, as well as its specificities in Brazil and Argentina. The intellectual materials, collective bodies and sectoral and public policies on this universe were studied. The public appearance of the notion of "independent" publishing is discussed, as well as the social and institutional position of the agents engaged in its definition, diffusion, adoption or rejection. The purpose was to understand which meanings this classification category assumes, to which ideological, aesthetic and political positions it refers in each case, and to which social conditions the differences and similarities among the cases studied can be attributed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-11-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.