• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2011.tde-01092011-153553
Documento
Autor
Nome completo
Julio Miranda Canhada
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Chaui, Marilena de Souza (Presidente)
Carrasco, Alexandre de Oliveira Torres
Silva, Franklin Leopoldo e
Título em português
A invenção do discurso: filosofia e literatura em Merleau-Ponty
Palavras-chave em português
Discurso filosófico
História
Linguagem
Literatura
Temporalidade
Resumo em português
Neste trabalho procuramos examinar a maneira pela qual o discurso filosófico de Mau-rice Merleau-Ponty é contruído. Num primeiro momento, os temas da linguagem e tem-poralidade são analisados tendo em vista sua participação na interrogação filosófica em geral. O principal interlocutor que escolhemos para este passo é Henri Bergson. Em segundo lugar, tentamos trazer para a discussão avaliações distintas acerca do fazer lite-rário, as quais foram empreendidas por autores com quem Merleau-Ponty dialogou em sua obra. Essa interlocução, aliás, esclarece também a importância da presença da não-filosofia no discurso filosófico merleau-pontyano. Por fim, buscamos traçar alguns pa-ralelos com a obra romanesca de Proust, escritor muito presente nos textos de Merleau-Ponty, a fim de levantar questões acerca da proximidade entre narrativa literária e filo-sofia, tanto no que diz respeito à construção discursiva, quanto à função da temporali-dade.
Título em inglês
The invention of discourse: philosophy and literature by Merleau-Ponty.
Palavras-chave em inglês
History
Language
Literature
Philosophical discourse
Temporality
Resumo em inglês
In this academic work we examine the way by which Maurice Merleau-Ponty's philoso-phical discourse is constructed. Firstly, the themes of language and temporality are analised in regards to its part in philosophical questioning in general. The main interlocutor chosen for this section is Henri Bergson. Secondly, we try to bring into discussion distinct avaliations of literary practice, made by authors Merleau-Ponty stablished dialogue with in his work. Such dialogue, by the way, sheds light on the importance of non-philosophy in Merleau-Ponty's philosophical discourse. Finally, we attempt to trace some parallels with Proust's romanesque work a writer very frequent in Merleau-Ponty's work in order to rise questions on the proximity between literary narrative and philosophy, in what concerns discoursive construction as well as the function of temporality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-09-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.