• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2017.tde-02052017-130742
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Eduardo Gonçalves Oliveira Freitas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Zingano, Marco Antonio de Avila (Presidente)
Bolzani Filho, Roberto
Muniz, Fernando Decio Porto
Título em português
Os elementos dramáticos e literários no Górgias de Platão
Palavras-chave em português
Diálogo
Górgias
Platão
Vergonha
Resumo em português
Platão constrói sua argumentação filosófica no Górgias sobre um pano de fundo dramático intenso, em que Sócrates discute, ao longo de três "atos", questões que versam sobre a natureza da retórica, da justiça, da felicidade e do prazer. Sócrates discute com três interlocutores que defendem a prática da retórica; ao levá-los, pela vergonha, à refutação de suas posições, o protagonista do diálogo deslegitima a prática, relacionando-a ao prazer, em detrimento do bem, e defendendo a filosofia como a única prática política legítima. Esta dissertação tem como objetivo analisar o papel dos elementos dramáticos e literários presentes no Górgias. Defendo a tese de que ao considerar a integração entre os procedimentos literários e dramáticos e os argumentos no texto, notada, por exemplo, a partir da centralidade do tema da vergonha, somos capazes de oferecer uma compreensão mais completa sobre a definição da filosofia enquanto boa retórica alternativa.
Título em inglês
Dramatic and Literary elements in Platos Gorgias
Palavras-chave em inglês
Dialogue
Gorgias
Plato
Shame
Resumo em inglês
Plato constructs his philosphical argument in the Gorgias upon an intense three-act sctructured dramatic backgroud, in which Sorates discusses questions regarding the natures of rhetoric, justice, happiness and pleasure. Throughout the dialogue, Socrates debates with three interlocutors that defend rhetoric as a social practice. He refutes their positions through shame, deslegitimizes rhetoric by showing its intrisic relation with pleasure and argues that philosophy is the only legitimate and true political pratice. This work intends to analyze the role of the dramatic and literary elements found in the Gorgias. I argue that the integration between literary and dramatic devices and the arguments in the text leads us to a better comprehension about the definition of philosophy as an alternative good rhetoric and its power of acting through shame, which is displayed in the dramatic confrontation between Socrates and his opponents.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-05-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.