• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-12092013-125849
Documento
Autor
Nome completo
Anderson Aparecido Lima da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Silva, Franklin Leopoldo e (Presidente)
Fonseca, Márcio Alves da
Muchail, Salma Tannus
Título em português
Michel Foucault: o sujeito moderno em questão
Palavras-chave em português
Antiguidade
Foucault
Modernidade
Sujeito
Resumo em português
Costuma-se avaliar o último movimento das pesquisas de Foucault como um suposto refúgio, um retorno aos gregos que traria consigo a marca de uma dupla recusa: à política e à modernidade. Prova disso seria o seu fechamento na análise acerca das práticas de si de uma época de ouro na qual este si divergiria radicalmente do sujeito moderno. Suplantado, assim, este polo referencial da modernidade, o relativismo pós-moderno daria a Foucault seu último nome. Na contramão dessa leitura, pretendemos desenvolver apontamentos (pautados sobretudo em trabalhos específicos dos anos de 1980) que possam apresentá-lo como um filósofo eminentemente moderno, que busca na abordagem genealógica ao invés de histórica dos Antigos a amplificação do campo de investigação de problemáticas presentes. Campo este em que as formações subjetivas terão papel privilegiado na recorrência que Foucault empreende a filosofias em que o si é tomado como um modo de vida ao qual conhecimento, ética, política e estética estão atados na constituição histórica dos sujeitos. Esse movimento, orientado por uma atitude crítica constante, traria consigo a potencialidade de redirecionamento do olhar à nossa modernidade e da experiência que poderíamos fazer de nós mesmos, sujeitos modernos.
Título em inglês
Michel Foucault: the modern subject in question
Palavras-chave em inglês
Antiquity
Foucault
Modernity
Subject
Resumo em inglês
It is customary evaluate the last movement of Foucaults work as a supposed refuge, as a return to the Greeks, that would bring the mark of a double refusal: to the politics and to the modernity. Proof of this would be the enclosure of this movement into the analysis of the practices of the self of a golden age in which this self would differ radically from the modern subject. Supplanted thereby this referential polo of modernity, the postmodern relativism would give to Foucault his last name. Contrary to this interpretation, we intend to develop notes (which are guided especially by works that characterize the Michel Foucaults production in the 1980s) that may present him as a philosopher eminently modern, who seeks with a genealogical approach and not a historical one of the Ancients, the amplification of the investigation field of the present's problematic. It is a field where the subjective formations have a privileged role in his recurrence to philosophies in which the self is taken as a way of life to which knowledge, ethics, politics and aesthetics are tied in the historical constitution of the subject. This movement, guided by a constant critical attitude, would bring with itself the potentiality to redirect both the look to our modernity and the experience of ourselves, modern subjects.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.