• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.8.2011.tde-19012012-145543
Documento
Autor
Nombre completo
Antonio Ianni Segatto
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Santos, Luiz Henrique Lopes dos (Presidente)
Cuter, Joao Vergilio Gallerani
Faria, Paulo Francisco Estrella
Ferraz Neto, Bento Prado de Almeida
Pereira, Luiz Carlos Pinheiro Dias
Título en portugués
Wittgenstein e a questão da harmonia entre linguagem, pensamento e realidade
Palabras clave en portugués
Intencionalidade
Investigações filosóficas
Linguagem e realidade
Regras
Wittgenstein
Resumen en portugués
O propósito deste trabalho é examinar a recolocação e a transformação da questão da harmonia entre linguagem, pensamento e realidade na segunda fase da produção filosófica de Wittgenstein. A fim de cumprir esse propósito, discutem-se, no primeiro capítulo, a formulação dessa questão na fase inicial de sua reflexão, que culmina no Tractatus logico-philosophicus, e sua vinculação com as concepções de filosofia e método apresentadas nesse livro. Em seguida, discutem-se as modificações de tais concepções a partir do início da década de 1930 e a necessidade de reformulação da questão examinada. No segundo e terceiro capítulos, comentam-se as duas principais facetas que ela assume na segunda fase da produção de Wittgenstein: 1. o exame de alguns trechos dos manuscritos do chamado período intermediário e das seções 428-465 das Investigações filosóficas revelam sua vinculação com a noção de intencionalidade e noções correlatas; 2. o exame dos textos dedicados à noção de seguir regras, sobretudo as seções 185-242 das Investigações, permite reconsiderar as relações entre as regras e a prática de sua aplicação. Esse percurso visa mostrar, por um lado, que, mesmo depois do abandono do projeto do Tractatus, Wittgenstein ainda considera filosoficamente legítima a questão da harmonia entre linguagem, pensamento e realidade, desde que posta em outros termos; e, por outro lado, que as relações entre nossas formas de representação e a realidade são mais complexas do que pensara.
Título en inglés
Wittgenstein and the question of harmony between language, thought and reality
Palabras clave en inglés
Intentionality
Language and reality
Philosophical Investigations
Rules
Wittgenstein
Resumen en inglés
The aim of this work is to examine the replacement and transformation of the question of the harmony between language, thought and reality in the second phase of Wittgensteins philosophical production. In order to fulfill this aim we discuss in the first chapter the formulation of the question in the initial phase of his reflections, which culminates in the Tractatus logico-philosophicus, and its connection with the conceptions of philosophy and method presented in the book. Then, we discuss the modifications in these conceptions since the beginning of the 1930s and the necessity of reformulating the question we approach. In the second and third chapters we comment on the two main sides of the question in the second phase of Wittgensteins production: 1. the examination of some passages of the manuscripts of the so-called middle period and of the §§428-465 of the Philosophical Investigations reveal its connection with the notion of intentionality and correlated notions; 2. the examination of the texts dedicated to the notion of following a rule, mainly the §§185-242 of the Philosophical Investigations, allows to reconsider the relations between the rules and the application practices. This path is intended to show, on the one hand, that even after the abandonment of the Tractarian project, Wittgenstein still considers the question of the harmony between language, thought and reality as a legitimate philosophical question, provided that it is put in other terms; and, on the other hand, that the relations between our forms of representation and reality are more complex than he once thought.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2012-01-19
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.