• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2006.tde-04092007-123741
Documento
Autor
Nome completo
Rafaela de Andrade Deiab
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Schwarcz, Lilia Katri Moritz (Presidente)
Chalhoub, Sidney
Montes, Maria Lucia Aparecida
Título em português
A mãe-preta na literatura brasileira: a ambigüidade como construção social (1880-1950)
Palavras-chave em português
Escravidão
Literatura
Mãe-preta
Relações raciais
Representação
Resumo em português
Esta pesquisa tem como objetivo estudar a memória coletiva que se consolida em torno da figura da mãe-preta. Para a realização dessa empreitada, tomei como objeto de estudo as representações literárias da mãe-preta no período de 1880 a 1950. É nesse intervalo de tempo que se estabiliza uma interpretação mais alentada sobre a escravidão. Nessa medida, as representações da mãe-preta são tomadas como vias de acesso a interpretações paradoxais sobre a escravidão brasileira e seu legado. Tenho como hipótese que, se essa instituição violenta e arbitrária não podia ser esquecida; ela, ao menos, poderia ser lembrada em sua faceta mais íntima, afetiva e "produtora de uma cultura mestiça". Contudo, ainda assim, afeto e intimidade parecem não conseguir romper com a diferença e a hierarquia social: é justamente nessa tensão que se constroem representações ambíguas da mãe-preta na literatura brasileira.
Título em inglês
The "Black-mom" in the Brazilian literature: the ambiguity as social construction (1880-1950)
Palavras-chave em inglês
"Mãe-preta" (Black-Mom)
Literature
Racial Relations
Representation
Slavery
Resumo em inglês
The main purpose of this research is to study the collective memory formed around the figure of "mãe-preta" (Black-Mom). For this purpose, I have taken as object of study the literary representations of "mãe-preta" (black-mom) between 1880 and 1950. This is the main period in which an interpretation of slavery was established. Therefore, the representations of "mãe-preta" (black-mom) are a way of having access to the paradoxical interpretations of Brazilian slavery and its legacy. My hypothesis is that, although this violent and arbitrary institution could not be forgotten, it could at least be remembered in its more intimate and affective ways or as a "producer of a mixed culture". Nevertheless, it seems that intimacy and affection are not capable of breaking up with social difference and hierarchy. Ambiguous representations of "mãe-preta"? (black-mom) in Brazilian literature are built exactly on this tension.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-10-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.