• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-08052014-104648
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo Dimitrov
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Schwarcz, Lilia Katri Moritz (Presidente)
Barros, Sergio Miceli Pessoa de
Farias, Agnaldo Aricê Caldas
Peixoto, Fernanda Arêas
Simioni, Ana Paula Cavalcanti
Título em português
Regional como opção, regional como prisão: trajetórias artísticas no modernismo pernambucano
Palavras-chave em português
Antropologia da arte
Arte pernambucana
Modernismo
Regionalismo
Sociologia da arte
Resumo em português
Artistas pernambucanos que iniciaram suas carreiras ainda na primeira metade do século XX foram facilmente classificados pela crítica, ou pelos pares, como regionalistas. Por vezes utilizado de maneira explícita e consciente, o regionalismo foi um trunfo importante para se produzir uma arte original. Ao mesmo tempo, criava entraves para que o artista fosse reconhecido nacionalmente por meio de classificações distintas de primitivista, regionalista, folclórico. Observando a trajetória de artistas que, em sua maioria, optaram por fazer suas carreiras no Recife Murillo La Greca, Manoel Bandeira, Lula Cardoso Ayres, Cícero Dias, Vicente do Rego Monteiro, Francisco Brennand, Abelardo da Hora, Ladjane Bandeira, Wellington Virgolino, José Cláudio da Silva, Gilvan Samico, entre outros , foi possível reconstruir o cenário das artes plásticas de Pernambuco, identificar as principais condicionantes sociais da produção artística e perceber como cada um desses atores se movimentou para, produzindo sua obra, viabilizar sua carreira. Diferentes materiais, desde fontes visuais, entrevistas, depoimentos, artigos de época, até comentários críticos, memórias, e catálogos de exposições, foram mobilizados para recuperar cada uma das trajetórias que, vistas em conjunto, permitem vislumbrar as condições e possibilidades criativas desses artistas instalados na periferia do sistema cultural brasileiro.
Título em inglês
Regional as an option, regional as a prison: artistic trajectories in Pernambuco's modernism
Palavras-chave em inglês
Anthropology of art
Art from Pernambuco
Modernism
Regionalism
Sociology of art
Resumo em inglês
The artists from Pernambuco, who have started their careers at the first part of the 20th century, have been classified frequently as regionalists by the critics and their partners. At times used explicitly and consciously, the regionalism was an important resource in order to produce an original piece of art. At the same time, it creates obstacles so that the artist was nationally recognized by distinctive classifications of primitivist, regionalist, folklorist. By observing the trajectory of the artists that, in their majority, have opted to constitute their careers in Recife Murillo La Greca, Manoel Bandeira, Lula Cardoso Ayres, Cícero Dias, Vicente do Rego Monteiro, Francisco Brennand, Abelardo da Hora, Ladjane Bandeira, Wellington Virgolino, José Cláudio da Silva, Gilvan Samico, among others , it was possible to reconstruct the scenario of the (plastic) arts from Pernambuco, identify the main social conditioning of the artistic production and realize how each of these artists have managed, by producing their work, to enable their careers. Different material, from visual pieces, interviews, testimonies, news articles from the period, up to critical comments, memories and exposition catalogues, were mobilized in order to recover each of the trajectories that, taken as a whole, allow glimpsing the creative conditions and possibilities for these artists, laid in the periphery of the Brazilian cultural system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-05-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.