• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2007.tde-08102007-142653
Documento
Autor
Nome completo
Jessica Beth Sadie Sklair Corrêa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Frúgoli Junior, Heitor (Presidente)
Rubino, Silvana Barbosa
Simoes, Julio Assis
Título em português
Relações de segregação: novas práticas filantrópicas entre a elite paulistana
Palavras-chave em português
Desigualdade social
Elites
Filantropia
Responsabilidade social
Segregação urbana
Resumo em português
Este trabalho contempla práticas filantrópicas contemporâneas entre a elite paulistana em sua interface com as dinâmicas de segregação urbana observadas nessa cidade. Procura-se investigar as relações que surgem em torno dessas práticas, mostrando que a segregação se caracteriza não somente pelo distanciamento, mas também por complexos jogos de interação cotidiana entre as populações que convivem na metrópole. A pesquisa baseia-se na etnografia de três iniciativas filantrópicas na cidade de São Paulo: um projeto escolar de ensino da língua inglesa, um centro de saúde infantil e um programa de preparação de jovens das elites para atuação no "terceiro setor". A atividade filantrópica se define, respectivamente, como "serviço comunitário", "trabalho voluntário" e ações de "responsabilidade social". Na análise dessas três iniciativas investigadas durante o trabalho de campo, destaca-se a tendência da prática filantrópica a passar, ao longo das últimas décadas, por um processo de "profissionalização", ou seja, a transição de um modelo baseado nos princípios de "caridade" e "assistencialismo" para um modelo de "investimento social". A reflexão sobre tal processo e sua incorporação por diversos sujeitos pede uma abordagem antropológica que preze as maneiras pelas quais essas redes se constroem e se desenvolvem, traçando conexões e associações entre lugares e influências diversas.
Título em inglês
The relations of segregation: new philanthropic practices among the São Paulo elite
Palavras-chave em inglês
Elite studies
Philanthropy
Social inequality
Social responsibility
Urban segregation
Resumo em inglês
This study explores contemporary philanthropic practices among the São Paulo elite and the ways in which they relate to the dynamics of urban segregation seen in this city. It investigates the relations born of these practices, in support of the hypothesis that segregated landscapes are characterized not by the absence of relations but by complex dynamics of daily interaction between different urban populations. The study is based on an ethnography of three philanthropic initiatives in São Paulo: an English language teaching project in a private school, a children's health centre and a programme designed to prepare young individuals from the city's elite to develop activities in the third sector. In these three projects, philanthropy is defined, respectively, as "community service", "voluntary work" and "social responsibility". In its analysis of these initiatives, this study identifies a growing trend over recent years towards the "professionalization" of philanthropic practice, presented in the field of philanthropy as the evolution of a "charity" or "assistance" type model towards one based on the concept of "social investment". The investigation of this process and its incorporation into the practices of a diversity of social actors calls for an anthropological approach that emphasizes the connections and associations between diverse networks of people and places.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-10-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.