• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2012.tde-12042013-103740
Documento
Autor
Nome completo
Ana Flavia Pulsini Louzada Bádue
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Sztutman, Renato (Presidente)
Almeida, Mauro William Barbosa de
Loureiro, Isabel Maria Frederico Rodrigues
Título em português
A nebulosa do decrescimento: um estudo sobre as contradições das novas formas de fazer política
Palavras-chave em português
Capitalismo
Decrescimento
Ecologia política
Movimentos sociais
Resumo em português
Esta dissertação de mestrado tem como tema central a mobilização políticoecológica de Decrescimento na França. Com o argumento de que o crescimento econômico destrói o meio ambiente, militantes do decrescimento acionam uma diversidade de coletivos, ações e ideias para construir uma mobilização política em forma de nebulosa. Diferente de um movimento social, de um partido político ou de um grupo com contornos bem estabelecidos, uma nebulosa é uma mobilização descentrada e aberta, que coloca em relação iniciativas distribuídas pelo território francês com a preocupação de garantir a autonomia e a particularidade de cada grupo local. A fim de discutir as implicações dessa forma de fazer política que é frequentemente considerada inovadora, esta dissertação toma como ponto de partida a nouvelle gauche, nascida em meados dos anos 1950 na França. Por meio do levantamento de algumas questões que aparecem nessa nova esquerda, discute-se as implicações do aparecimento de novas maneiras de conceber o social e agir politicamente em detrimento do marxismo, da contradição de classes e da noção de exploração por meio do trabalho. Diante da problematização do conjunto de ideias e práticas que tomava corpo naquele período, parte-se para uma discussão das continuidades e descontinuidades instauradas pelo decrescimento com relação aos movimentos precedentes, através da descrição etnográfica das relações estabelecidas pelos militantes franceses. Por fim, as novas formas de fazer política desenvolvidas pelo decrescimento são problematizadas na medida em que são aproximadas das novas formas do capitalismo. Muitas análises sugerem que a crítica tornou-se o motor do capitalismo por meio da incorporação de formas de organização social e ideológica que tem profundas afinidades com o movimento decrescimento. Dessa forma, são discutidas as contradições de um movimento que tenta colocar o crescimento em xeque.
Título em inglês
The nebula of degrowth: a study on the contradictions of new forms of political action
Palavras-chave em inglês
Capitalism
Degrowth
Political ecology
Social movements
Resumo em inglês
The aim of this thesis is to discuss the degrowth movement in France. Considering that economic growth leads to environmental damages, degrowth activists state that it is necessary to create new forms of political action. Thus, many informal collectives, practices and ideas are mobilized in order to built what is called nebula of degrowth. Different from a social movement, a political party or a well defined group, a nebula is a non-centered and opened mobilization, that establishes many relations between collectives and groups spread all over the French territory. While the connections are created, many efforts are made to guarantee the differences and autonomy of the groups joined together. To discuss the implications of the nebula form of degrowth, this thesis goes back to the emergency of the nouvelle gauche, during the 1950s. Some issues that usually have shown up in this moment allows us to discuss how society and political action was reconceptualized, for example by the expulsion of marxist ideas such as class struggle and labor exploitation. The mapping of the main points of the new left in France leads us to discuss the continuities and discontinuities introduced by degrowth movement in the political scenery. After an ethnographic presentation of degrowth nebula, the conclusion is that there are many contradictions in the form the movement states social criticism. To explain what are the meanings of such contradictions, a final topic is presented: the contradictions of the contemporary capitalism. By bringing capitalism and degrowth movement aside, it is possible to see that both have similar but opposite forms.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.