• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
10.11606/T.8.2017.tde-14032017-145349
Document
Auteur
Nom complet
Juliana Monteiro Gondim
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2016
Directeur
Jury
Gallois, Dominique Tilkin (Président)
Amoroso, Marta Rosa
Andrade, Ugo Maia
Oliveira Junior, Gerson Augusto de
Oliveira, Joana Cabral de
Titre en portugais
Seguindo trilhas encantadas: humanos, encantados e as formas de habitar a Almofaia dos Tremembé
Mots-clés en portugais
Cosmologias ameríndias
Dinâmicas territoriais
Encantados
Tremembé de Almofala
Resumé en portugais
Abordarei nesta tese algumas das relações estabelecidas entre os Tremembé de Almofala e os encantados. Os primeiros são um grupo indígena que vive às margens do Oceano Atlântico, no litoral oeste do Estado do Ceará, Nordeste do Brasil, e os encantados são entidades presente nas cosmologias de vários grupos - indígenas e não indígenas - na América do Sul. Os encantados são apresentados de formas muito variadas. Uns os descrevem como pessoas que - antes ou após a morte passaram para uma forma de existência onde não são afetados pela passagem do tempo e são invisíveis para a maioria das pessoas; outros os apresentam como sendo personagens do panteão umbandista, fadas, príncipes e princesas... e há, ainda, os que os colocam como entidades que habitam e protegem as matas, como Caipora, Mãe dÁgua ou Guajara. Eles podem se manifestar sob a forma que quiserem, às vezes humanos, às vezes animais ou, mesmo, seres antropomorfos. Essa diversidade de versões sobre os encantes me colocou diante de vários mundos constituídos por uma multiplicidade de agências e subjetividades distintas. Algo em comum dentre tanta diversidade é o fato de que todos se referem a áreas como mangues, lagoas, mares, matas e dunas como sendo moradas de encantados. Por isso, quando abordam o avanço da degradação ambiental na Área Indígena, os Tremembé demonstram uma grave preocupação com o destino dos encantados que estão, assim como os humanos, vendo suas moradas sucumbindo às investidas do agronegócio. Procurei lançar reflexões sobre como são esses encantes, como se manifestam, com que propósito agem nesse mundo, quais suas atribuições. Ressalto que os tratei como estando numa posição simétrica em relação aos humanos, posto que, assim como nós, eles também agem e transformam os mundos em que vivem. Nesse sentido, a proposta metodológica da Teoria Ator Rede - que defende a ideia de que os não humanos devem ser tratados como atores e não meras projeções simbólicas da humanidade me possibilitou seguir as redes de relações formadas a partir da categoria encantados e, assim, colocar no mesmo plano de análise elementos diversos, como encantados, humanos, rituais, paisagens e os empreendimentos relacionados a diferentes ramos, como o turismo, o agronegócio e a pesca predatória.
Titre en anglais
Following enchanted trails: humans, encantados and ways oh dwelling the Almofala of Tremembé
Mots-clés en anglais
Amerindian cosmologies
Encantados
Territorial dynamics
Tremembé de Almofala
Resumé en anglais
In this thesis I will discuss some of the relationships established between the Tremembe of Almofala and the encantados (enchanted). The former are an indigenous group that lives on the shores of the Atlantic Ocean, on the west coast of Ceará State, northeast Brazil, and encantados are entities present in the cosmologies of various groups - indigenous and non-indigenous - in South America. Encantados are presented in very different ways. Some describe them as people - before or after death - passed to a form of existence not affected by the passage of time and they are invisible to most people; others present them as characters of umbanda, fairies, princes and princesses ... and there are also those who put them as entities that inhabit and protect the forests, as Caipora, Mãe dÁgua or Guajara. They can manifest themselves in the form they want, sometimes human, sometimes animal or even anthropomorphic beings. This diversity of versions of Encantados put me in front of several worlds constituted by a multiplicity of agencies and different subjectivities. Something in common among such diversity is the fact that all relate to areas such as wetlands, lakes, seas, forests and dunes, as houses of encantados. Therefore, when addressing the advancement of environmental degradation in the indigenous area, the Tremembé demonstrate a serious concern for the destiny of encantados who are, just like humans, seeing their houses succumbing to the spread of agribusiness. I tried to launch reflections on how are these encantes, how they manifest, for what purpose they act in this world, what their assignments. I emphasize that I treated as being in a symmetrical position in relation to humans, since, like us, they also act and transform the worlds in which they live. In this sense, the methodological proposal Network Actor Theory - which supports the idea that not-humans should be treated as actors and not mere symbolic projections of humanity - enabled me to follow the networks of relationships formed from the category "encantado" and thus put on the same plane of analysis different elements, such as enchanted humans rituals, landscapes and developments related to different fields such as tourism, agribusiness and overfishing.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2017-03-14
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.