• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2007.tde-19032008-104427
Documento
Autor
Nome completo
Maria José Campos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Schwarcz, Lilia Katri Moritz (Presidente)
Barros, Sergio Miceli Pessoa de
Bastos, Élide Rugai
Gomes, Angela Maria de Castro
Montes, Maria Lucia Aparecida
Título em português
Versões modernistas da democracia racial em movimento:- estudo sobre as tragetórias e as obras de Menotti Del Picchia e Cassiano Ricardo até 1945
Palavras-chave em português
Cassiano Ricardo (1895-1974)
Democracia racial
Literatura brasileira
Menotti del Picchia (1892-1988)
Modernismo
Resumo em português
O objetivo deste trabalho é analisar a constituição de um discurso em torno do ideário da democracia racial brasileira no pensamento de dois autores modernistas: Menotti Del Picchia e Cassiano Ricardo. A constatação da presença de tal concepção no pensamento de autores cujas obras tiveram repercussões anteriores aos escritos de Gilberto Freyre permite aprofundar a discussão sobre o assim chamado "mito da democracia racial" no Brasil. Esta tese procura estudar esse ideário, evidenciando, a um só tempo, a sua difusão entre vários autores, a polissemia decorrente do uso plural da expressão democracia racial e a impossibilidade de atribuir sua origem a uma autoria específica. Por meio do cruzamento de várias formas de manifestação do pensamento dos dois autores modernistas - ou seja, da poesia e da literatura de ficção, das obras e dos discursos políticos e das artes figurativas - busca-se ampliar o estudo sobre o ideário da democracia racial no Brasil, descentrando o foco da análise da obra de Gilberto Freyre, autor mais comumente associado a essa noção de democracia racial. A investigação dos ensaios políticos em que Cassiano Ricardo e Menotti Del Picchia expressam as suas concepções sobre a formação racial brasileira visa interpretar não só o significado desse ideário na obra dos próprios autores como também o modo de inserção e de divulgação desse discurso no contexto do movimento modernista. Procura-se, assim, recuperar, até 1945, uma parcela da história da criação de uma linguagem política operante entre pensadores brasileiros. Mapeando um campo de discurso e estudando a ação e a transformação que vão se efetuando nesse conceito, busca-se associar o seu desenvolvimento às trajetórias sociobiográficas dos autores que o assumiram e divulgaram-no como uma particularidade da nacionalidade brasileira.
Título em inglês
Two modernist versions of the Brazilian racial democracy : a study about Menotti Del Picchia´s and Cassiano Ricardo´s works and trajectories until 1945
Palavras-chave em inglês
Brazilian literature
Cassiano Ricardo (1895-1974)
Menotti del Picchia (1892-1988)
Modernism
Racial democracy
Resumo em inglês
The present thesis analyzes the constitution of a discourse around the conception of the Brazilian racial democracy in the thought of two modernist authors: Menotti Del Picchia and Cassiano Ricardo. Such conception, found in the thought of authors whose works preceded Gilberto Freire´s studies, opened the way to a careful examination over the discussion about the so called "myth of racial democracy" in Brazil. This thesis embraces the study around this conception and, along with it, reveals its diffusion among several authors, the polysemy as a result of the plural use of the expression "racial democracy" and the impossibility to attribute its origin to any specific authorship. Through the intersection of the several ways the thoughts of these two authors became manifest - that is, by means of poetry, novels, works, political discourses and figurative arts - this thesis intends to question and enrich the study about the conception of racial democracy in Brazil. It does so by displacing the focus of the analysis on Gilberto Freire´s work, most currently author associated to the racial democracy theme. The study of the political essays in which Cassiano Ricardo e Menotti Del Picchia expressed their conceptions about the Brazilian racial constitution intends to interpret not only the meaning of this conception in the work of these two authors but also the ways the insertion and transmission of this discourse occurred within the context of modernist movement. The present thesis, thus, intends to recover part of the history concerning the creation of a current political discourse among brazilian intellectuals. Examining the components of the discourse and studying the action and transformation that have impact on the referred concept, this thesis relates the development of this concept to the sociobiographic trajectories of the authors who assumed and conveyed it as a peculiarity of Brazilian nationality.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-04-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.