• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2017.tde-28072017-162458
Documento
Autor
Nome completo
Henyo Trindade Barretto Filho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Vidal, Lux Boelitz (Presidente)
Almeida, Mauro William Barbosa de
Gallois, Dominique Tilkin
Oliveira Filho, João Pacheco de
Queiroz, Renato da Silva
Título em português
Da nação ao planeta através da natureza: uma abordagem antropológica das unidades de conservação de proteção integral na Amazônia brasileira
Palavras-chave em português
Meio ambiente
Política ambiental
Populações tradicionais
Rio Negro
Unidades de conservação
Resumo em português
O objetivo desta tese é realizar uma etnografia histórica comparada dos processos de criação e gestão do Parque Nacional do Jaú e da Estação Ecológica das Anavilhanas, situados na micro-região do baixo rio Negro, estado do Amazonas, contextualizando-os no âmbito do desenvolvimento e das sucessivas mudanças de enfoque da política ambiental no Brasil. Baseio a reconstituição histórica e a descrição etnográfica em fontes documentais e na observação direta de processos sociais em curso. O estudo de duas categorias de manejo de unidades de conservação distintas, situadas em uma mesma bacia hidrográfica - o rio Negro, com as características comuns de um sistema de águas pretas -, abarcando cerca de 60% da área do município de Novo Airão-AM - o que justifica uma análise do efeito da sua criação ao nível local -, criadas à mesma época e geridas sucessivamente por distintas agências do governo federal - o IBDF, a SEMA e o IBAMA -, permitirá: (a) interpelar etnograficamente a relação entre diferentes agências e instituições, locais, regionais, nacionais e internacionais, na criação e gestão de unidades de conservação de proteção integral na Amazônia brasileira; e (b) identificar os recursos sociais, políticos, econômicos, normativos, institucionais e técnicos, que permitiram avanços e retrocessos na implantação destas unidades, enquanto instrumentos da política ambiental. O estudo de caso comparado é empregado como um procedimento recursivo cujo propósito final é construir uma compreensão propriamente antropológica das unidades de conservação de proteção integral - definidas hoje como instrumentos de política ambiental. Faço-o explorando o conceito antropológico de artefato cultural, enfatizando o caráter de construto socionatural histórico instável e indeterminado das unidades de conservação dimensão dissimulada pelas formulações anacrônicas e a históricas hegemônicas nas análises normativas sobre a matéria.
Título em inglês
From nation to planet through nature: an anthropological approach of total protection protected areas in the Brazilian Amazon
Palavras-chave em inglês
Environment
Environmental policy
Negro River
Protected areas
Traditional peoples
Resumo em inglês
This thesis is a comparative ethnographic history of the creation and management of the Jaú National Park and the Anavilhanas Ecological Station in the lower Rio Negro micro-region. The process whereby these territories were created and management policies devised is placed within the context of successive environmental policy changes within Brazil. The historical account and the ethnographic description of this process are based both on written sources and direct field observation. Presenting a comparison of local level consequences of two distinct approaches to conservation management, the study focuses on conservation units of indirect use based in the same hydrographic basin - the Negro River - with common characteristics of a black water ecosystem, encompassing approximately 60% of Novo Airão county, State of Amazonas. The study of these two different conservation units of total protection created during the same period and overseen by a succession of federal government agencies (IBDF, SEMA, IBAMA) focuses on two key issues: a) ethnographic description of the relation between different agencies and institutions on the local, regional, national and international level involved in the creation and management of conservation units of indirect use within the Brazilian Amazon; b) the analysis of the way that implementation of these units as instruments of environmental policy was complexly shaped by the possibility of drawing on different social, political, economic, normative, institutional and technical resources by different actors at different times. It is hoped that this comparative case study will itself contribute to ongoing discussions regarding conservation policies and will ultimately contribute to a properly anthropological understanding of conservation units, as these are currently deployed within environmental policies. I use the anthropological concept of cultural artifact to analyze the unstable and indeterminate nature of conservation units as socio-natural historic constructions. I show how the socio-cultural-natural constructedness of conservation units is disguised by the ahistorical hegemonic formulas employed in technical discourses about the environment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-07-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.