• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2014.tde-13052014-105830
Documento
Autor
Nome completo
Mauricio de Alcantara Marinho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Furlan, Sueli Angelo (Presidente)
Diegues, Antonio Carlos Sant Ana
Luchiari, Ailton
Moraes, Marilia Britto Rodrigues de
Rodrigues, Carmem Lúcia
Título em português
Territorialidade e governança em áreas protegidas: o caso da comunidade do Marujá, no Parque Estadual da Ilha do Cardoso (Cananeia, SP)
Palavras-chave em português
Cogestão
Comunidades tradicionais
Governança de áreas protegidas
Ilha do Cardoso
Territorialidade
Unidades de conservação
Resumo em português
Esta pesquisa tem por objetivo analisar os processos de governança entre grupos culturalmente diferenciados e as áreas protegidas, e como esses processos interferem na definição de novos territórios e territorialidades, envolvendo unidades de conservação (proteção integral e uso sustentável) e espaços de uso comum. Identificou-se uma modalidade singular de gestão comunitária e compartilhada, iniciada em 1993, entre a comunidade caiçara do Marujá e o Parque Estadual da Ilha do Cardoso (PEIC), em Cananeia, SP. Protagonizada por lideranças locais e empreendedores de políticas públicas, o estudo de caso demonstra a viabilidade de comunidades tradicionais planejarem seus próprios futuros, o que inclui o ordenamento ecológico e territorial. Propõe-se a adoção do termo comunidade de referência para designar o Marujá e outras comunidades que desempenham protagonismo e constituem locus de aprendizagem de práticas sustentáveis.
Título em inglês
Territoriality and governance in protected areas: the case of the community of Marujá, in Ilha do Cardoso State Park (Cananeia, SP)
Palavras-chave em inglês
Co-management
Governance of protected areas
Ilha do Cardoso
Local communities
Territoriality
Resumo em inglês
This work analyzes governance processes in culturally differentiated groups and protected areas, seeking to understand how these processes interfere in the definition of new territorialities and territories, with protected areas (strict-use and sustainableuse) and commons. A singular model of community management and co-management starting in 1993 was identified among the caiçara community of Marujá and Ilha do Cardoso State Park, Cananeia, SP. Led by local leaderships and public policy entrepreneurs, the case study shows how apt traditional communities are to take care of their future, including ecologic and spatial planning. The term community of reference was adopted to refer to Marujá as well as other communities that are a learning locus of sustainable practices.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-05-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.