• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.8.2007.tde-17022011-095412
Documento
Autor
Nome completo
Ivani Ferreira de Faria
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Almeida, Regina Araujo de (Presidente)
Cruz, Rita de Cassia Ariza da
Oliveira, Ariovaldo Umbelino de
Sansolo, Davis Gruber
Tulik, Olga
Título em português
Ecoturismo indígena. Território, sustentabilidade, multiculturalismo: princípios para a autonomia
Palavras-chave em português
Autonomia
Ecoturismo indígena
Participação
Sustentabilidade
Território
Resumo em português
O presente trabalho analisa um conjunto de ações e reflexões sobre o ecoturismo na Região do Alto rio Negro com o objetivo de preparar as comunidades indígenas, citadinas ou não, para que possam, através do processo de gestão territorial e do conhecimento desenvolvido por meio de educação ambiental e patrimonial, planejar, gerir projetos de sustentabilidade em ecoturismo ou outros para manterem a autonomia sobre suas terras e suas vidas. A metodologia da pesquisa participante adotada permite que os envolvidos demonstrem seus conhecimentos sobre seu território e sua cultura, fortalecendo suas identidades enquanto povos indígenas, como sua auto-estima e dignidade, possibilitando-lhes reafirmarem-se como protagonistas, ao assumirem o controle das forças de transformação da sociedade promovida pelo contato com a economia de mercado, predominante na sociedade contemporânea. Tal participação pode minimizar ou excluir os riscos dos impactos indesejáveis que o ecoturismo possa trazer, propiciando-lhes incorporar valores, práticas, significados do sistema mundial de acordo com suas visões de mundo e seus interesses. A autora espera que o resultado deste trabalho possa contribuir para a construção de Políticas Públicas para o ecoturismo indígena, propiciando uma reflexão sobre os conceitos turismo indígena, turismo étnico, etnoturismo, ecoturismo indígena e, ao mesmo tempo, sobre as formas de participação das comunidades tradicionais indígenas e não indígenas nos projetos e políticas públicas a serem implementadas pelo Estado e organizações não-governamentais em qualquer ramo de atividade.
Título em inglês
Native ecotourism. Territory, sustainability, multiculturalism: principles for autonomy
Palavras-chave em inglês
Autonomy
Native ecotourism
Participation
Sustaintability
Territory
Resumo em inglês
This work analyses a conjunt of actions and considerations on ecotourism in Alto Rio Negro (High Negro River), in Amazonas State (Brazil), with the aim to prepare urban or country native communities to be able, through the process of territorial and knowledge management, developed through environmental and patrimonial education, to plan and run sustainable projects in ecotourism over their lands and their lives. The participant research methodology adopted allows the native to demonstrate their knowledge on their territory and their culture, encouraging their identities as native peoples and their self-esteem and dignity, making possible for them to reassert themselves as protagonists, by assuming the control of the of the transformation forces of society furthered by the contact with the market economy, predominant in present day society. Such participation might reduce or exclude the risks of undesirable impacts that ecotourism might produce, allowing them to incorporate values, practices, meanings of the word system according to their way of thinking and their interests. The autoress expects that this work might be able to contribute for the construction of Public Politics in native ecotourism, producing a reflection on the concepts on native tourism, ethnic tourism, ethnotourism, ecotourism, native ecotourism and at the same time on the forms of participation of native and non-natives traditional communities in public and political projects to be developed by the State and nongovernmental organizations in any branch of activity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-02-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.