• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Savanna da Rosa Ramos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Cruz, Rita de Cassia Ariza da (Presidente)
Alves, Gloria da Anunciação
Oliveira, Eduardo Romero de
Oliveira, Nelma Gusmão de
Título em português
Copa do Mundo FIFA 2014 no Brasil: da regulação do território às ações voltadas ao turismo
Palavras-chave em português
Copa do Mundo
Hotelaria
Megaevento
Regulação
Turismo
Resumo em português
Os megaeventos, que são, e foram no Brasil, a bola da vez, não são fatos novos e carregam especificidades em função do momento de sua realização, que envolvem contextos sociais diferentes a cada época e em cada lugar. Esta tese analisa a Copa do Mundo FIFA 2014, tomando-a como objeto de pesquisa e considerando sua relação com o turismo a partir de uma perspectiva espacial. Dadas as características dos espaços globais que se realizam no plano local (SANTOS,1994), procuramos analisar a forma como regulações específicas foram propostas pelo Estado para a realização desse megaevento, em consonância com interesses privados; além disso, consideramos o estabelecimento de um estado de emergência onde uma legislação de exceção foi criada a fim de comportar demandas da entidade FIFA e do próprio Estado. Ao definirmos os principais sujeitos, o Estado Brasileiro, a FIFA e as entidades privadas, especificamente, no setor de meios de hospedagem, questionamos como esse megaevento impactou o setor de turismo no Brasil, considerando as cidades-sede contempladas pelo ProCopa Turismo, a saber: Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Natal e Fortaleza. Logo, o objetivo principal desta tese consistiu na análise da relação entre o megaevento Copa do Mundo, a regulação do território atrelada ao mesmo e a promoção do turismo no Brasil, em especial o segmento da hotelaria nas cidades-sede que tiveram acesso ao programa de governo ProCopa Turismo. Como caminho analítico, procuramos identificar e analisar o conjunto de normas voltadas à realização da Copa no Brasil, analisar o desenvolvimento do turismo considerando o dimensionamento de fluxos e a expansão do setor hoteleiro; apreender o contexto politico das ações que orientaram a realização do megaevento no Brasil. Fundamentando-nos por investigações documentais e bibliográficas fez-se necessário o levantamento de documentos de ordem jurídica, relacionados com a normatização do megaevento e do turismo. Operacionalmente, utilizamos o mapeamento temático cartográfico como recurso analítico. Com isso, chegamos a resultados que permitiram apreender relações contraditórias que se expressaram no objeto de análise. Destacamos o fato de as cidades localizadas na região litorânea terem sido beneficiadas em relação ao recebimento de infraestruturas para o turismo, confirmando nossa hipótese de que o fomento ao turismo viabilizado pela Copa contribuiu para reforçar a concentração espacial de infraestruturas turísticas já muito evidente no território brasileiro. Este megaevento foi estratégico para viabilizar planos bem mais ousados e socialmente pouco eficientes do governo federal, servindo de instrumento para efetivar projetos urbanos que incluíssem mudanças em infraestrutura, econômicas e jurídicolegislativas nos países que os sediam, conforme afirmado por Vainer (2000), Oliveira (2015) e Cruz (2018).
Título em inglês
2014 FIFA World Cup in Brazil: from regulation to actions aimed at tourism
Palavras-chave em inglês
Hospitality
Mega-event
Regulation
Tourism
World Cup
Resumo em inglês
Mega-events, which are, and were in Brazil, "under the spotlight", are not new facts and have specific characteristics depending on the moment they are held, which involve different social contexts at each time and place. This dissertation analyzes the 2014 FIFA World Cup, taking it as an object of research and considering its relationship with tourism from a spatial perspective. Given the characteristics of the global spaces that are held locally (SANTOS, 1994), we try to analyze how specific regulations were proposed by the State for holding this mega-event, in consonance with private interests. In addition, we consider the establishment of a state of emergency where exception legislation was created in order to comply with the demands of FIFA and the State itself. When defining the main subjects, the Brazilian State, FIFA and private entities, specifically in the hospitality sector, we question how this mega-event impacted the tourism industry in Brazil, considering the host cities included in the program ProCopa Turismo, namely: Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Natal and Fortaleza. Therefore, the main objective of this dissertation was to analyze the relation between the mega-event World Cup, the regulation of the territory linked to it and the promotion of tourism in Brazil, especially the hositality sector in the host cities included in the government program ProCopa Tourism. As an analytical path, we seek to identify and analyze the set of rules aimed at the World Cup in Brazil, analyze the development of tourism considering the dimensioning of flows and the expansion of the hospitality sector; to understand the political context of the actions that guided this mega-event in Brazil. Based on documentary and bibliographic researches, it was necessary to collect legal documents related to the regulation of this mega-event and tourism. Operationally, cartographic thematic mapping was used as an analytical resource. Results obtained allowed to understand contradictory relations that were expressed in the object of analysis. We highlight the fact that cities located in the coastal region have benefited from the receipt of tourist infrastructure, confirming our hypothesis that the promotion of tourism made feasible by the World Cup helped to increase the spatial concentration of tourist infrastructure already very evident in the Brazilian territory. This mega-event was strategic to make feasible the much more daring and socially inefficient plans of the federal government, serving as an instrument to implement urban projects that included infrastructure, economic and legal-legislative changes in the host countries, as stated by Vainer (2000), Oliveira (2015) and Cruz (2018).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.