• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2017.tde-03032017-160848
Documento
Autor
Nome completo
Igor Venceslau Freitas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Arroyo, Maria Mónica (Presidente)
Castillo, Ricardo Abid
Contel, Fabio Betioli
Título em português
Correios, logística e uso do território: o serviço de encomenda expressa no Brasil
Palavras-chave em português
Correios
Informação
Logística
Redes
Uso do território
Resumo em português
O volume de cartas e encomendas vem apresentando um crescimento vertiginoso nos últimos anos, contrariando as previsões sobre a perda de importância do correio com o advento da Internet. No Brasil, os serviços postais passaram por profundas transformações nas últimas décadas, com destaque para a criação do Serviço de Encomenda Expressa (SEDEX) pelos Correios, emblemático da aceleração na circulação de mensagens e mercadorias e do uso intensivo das tecnologias de informação no período atual. Esta pesquisa tem o objetivo de desvelar e analisar as estratégias de uso do território brasileiro pelos Correios para garantir maior racionalidade e velocidade aos serviços postais por meio da logística, compreendendo o papel atual da empresa na formação socioespacial brasileira, sob a tríade Estado-territóriomercado. Mediante revisão bibliográfica, análise de dados sobre os prazos de entrega, modais de transporte, localização de unidades operacionais dos Correios, origem e destino dos fluxos, etc., além de trabalhos de campo e entrevistas, foi possível identificar que o território brasileiro e sua rede de transporte é um elemento importante para entender a difusão dos serviços expressos no país. Desde a sua criação, o correio tem tido um papel relevante na integração territorial, cuja difusão acompanhou o processo de urbanização. Com a introdução da logística no correio, as etapas de coleta, tratamento, encaminhamento e entrega passaram a ser coordenadas sob uma mesma estratégia de circulação. Ainda assim, foi possível verificar uma diversidade de prazos de entrega no Brasil, pois a logística depende da materialidade de um território que é desigual. Dentre as estratégias de uso do território, a empresa se vale de operação em rede, da intermodalidade dos sistemas de transporte, da divisão políticoadministrativa vigente, das condições normativas nacionais e das tecnologias de informação disponíveis. Os resultados alcançados revelaram: a) a criação do SEDEX e sua sucessiva propagação é correspondente à difusão do meio técnico-científico-informacional no Brasil; b) o monopólio postal estatal é um constrangimento à ação das empresas multinacionais de correio (FedEx, DHL, UPS, etc.); c) os fluxos informacionais são indispensáveis para a circulação do correio, sobretudo na modalidade expressa; d) os serviços expressos fragmentam o objeto postal, levando a um processo concomitante de integração-diferenciação do território; e) o e-commerce impulsionou os serviços dos Correios e sua realização se ampara na logística postal; f) a topologia dos Correios se confunde com a rede urbana brasileira, comportando uma hierarquia com primazia de São Paulo, maior complexidade na Região Concentrada e profunda diferenciação regional; g) a topologia dos Correios reflete a divisão territorial do trabalho vigente; h) os fluxos postais no Brasil são predominantemente regionais. Por fim, a partir da instalação de fixos geográficos em todos os municípios, os Correios agem como um braço logístico do Estado, cujas ações garantem a execução de políticas públicas.
Título em inglês
Correios, logistics and use of territory: the express mail service in Brazil
Palavras-chave em inglês
Correios
Information
Logistics
Networks
Use of territory
Resumo em inglês
The amount of letters and parcels has been presenting a vertiginous increase in the last years, on the contrary of the previsions about the decrease in the importance of the mail with the advent of Internet. In Brazil, the mail services underwent profound changes in the last decades, especially the creation of the express mail service (SEDEX) by the Brazilian post Correios, emblematic of acceleration in the circulation of messages and goods and the intense use of informational technologies in this period. This research aims to reveal and analyze the Correios use of territory strategies in order to ensure greater rationality and velocity to the mail services using logistics, understanding the companys current role in the Brazilian sociospatial formation, under the triad State-territory-market. By means of bibliographical review, data analysis of delivery times, transportation, Correios operational facilities location, origins and destinations of the flows, etc., as well as fieldworks and interviews, it was identified the territory and its transport network as a crucial element to understand the diffusion of the express mail services in the country. Since its creation, the mail has had a relevant role in the territorial integration, whose spread followed the urbanization process. With the insertion of the logistics in the mail, the stages of postage, separation, distribution and delivery were coordinated under a unique circulation strategy. Even so, it was possible to identify a large variety of delivery times in Brazil, due to logistics dependency on the materiality of the territory, which is uneven. Amongst the use of territory strategies, the company adopts a network-based operation, an intermodal transport system, the current political-administrative division, the national normative conditions and the informational technology available. The results achieved reveal: a) the creation of SEDEX and its successive spread corresponds to the diffusion of a techno-scientific-informational milieu in Brazil; b) the States postal monopoly deters the multinational postal companies actions (FedEx, DHL, UPS, etc.); c) the informational flows are essential to the mail circulation, especially the express one; d) the express services fragment the postal object, leading to a concomitant process of integrationdifferentiation of the territory; e) the e-commerce boosted the Correios services and its performance is based on the postal logistics; f) the Correios topology is similar to the Brazilian urban system, showing a hierarchy with the primacy of São Paulo, greater complexity in the core region and extreme regional differentiation; g) the Correios topology reflects the spatial division of labor; h) the postal flows in Brazil are predominantly regional. At last, since the establishment of facilities in all municipalities, Correios acts as a States logistics arm, with actions that allow public policies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.