• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2008.tde-03042008-142738
Documento
Autor
Nome completo
Maria Irene de Conte
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Martin, Andre Roberto (Presidente)
Buitoni, Marisia Margarida Santiago
Moraes, Antonio Carlos Robert
Título em português
A ponte sobre o rio Oiapoque: uma ponte 'transoceânica' entre o Brasil e a França; o Mercosul e a União Européia?
Palavras-chave em português
Blocos Econômicos
Brasil
França
Guiana Francesa
Oiapoque
Ponte
Resumo em português
Esta pesquisa analisa o papel geopolítico de uma ponte, em fase de projeto, que se localiza na fronteira entre dois países: Brasil e França (Guiana Francesa). O projeto de construção foi assinado pelos respectivos presidentes, em julho de 2005, durante as comemorações do ano do Brasil na França. Será construída sobre o rio Oiapoque, entre a cidade de mesmo nome e Saint-Georges, respectivamente nos territórios do Amapá e Guiana Francesa. Esta, sendo um dos territórios Ultramarinos franceses, é o único localizado na América do Sul. Esta proximidade faz do Brasil a maior fronteira terrestre com a França, significando uma importante parceria entre os dois países. Os interesses franceses na América do Sul, também pela localização estratégica de Kourou (Centro de lançamento de satélites franceses na Guiana), se fortalecem com a construção da ponte. Esta, juntamente à BR 156 (em fase final de asfaltamento), deverá possibilitar uma maior fluidez no veio de movimentação de mercadorias e de pessoas entre o porto de Santana (Amapá) e a Guiana Francesa. Afora a percepção econômica, problemas sociais se agravam, de forma insustentável, para as duas nações. Com a crescente mobilização entre os dois territórios motivada pela corrida pela extração de ouro, trabalho pago em Euro, aumenta a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis (as DSTs) devido à prostituição e o descontrole do tráfico de drogas e de mulheres, principalmente de meninas. Este trabalho procura analisar em que esta ponte poderá colaborar para o desenvolvimento sócio-econômico regional, na solução de seus problemas sociais. Por último, se esta ponte poderá atuar como ponte entre os blocos econômicos no panorama da globalização: MERCOSUL e UNIÃO EUROPÉIA.
Título em inglês
The bridge on the river Oiapoque: a bridge in the border between two countries: Brazil and France (French Guyana); MERCOSUL and European Union?
Palavras-chave em inglês
Brazil
Bridges
Economics Blocks
France
French Guiana
Oiapoc
Resumo em inglês
This research tries to analyze the geopolitical paper of a bridge, in phase of construction project, that is in the border between two countries: Brazil and France (French Guyana). The construction´s project was signed by the respective presidents, in July of 2005, during the commemorations of the year of Brazil in France. It will be constructed on the river Oiapoque, it enters the same name city and Saint-Georges city, respectively in the territories of the Amapá and French Guyana, being this a over-se a french territory in the South America. This proximity makes of Brazil the biggest border with France, meaning one of the most important partnerships of the world. The french interests in the South America, mainly for the strategical localization of Kourou (Center of launching of French satellites in the Guyana), if fortify with the construction of this bridge. This, together to BR 156 (in final phase of tarring), will make possible a bigger fluidity in the lode of movement of merchandises and people between the port of Santana (Amapá) and the French Guyana. Out the economic perception, social problems are aggravated of unsustainable form for the two nations. With the increasing mobilization between territories (race for the gold extration, paid works in Euro), it increases the transmission of sexually transmissible illnesses (the DST´s) as well as uncontrolled traffic of drugs and women, mainly of girls. This work looks for to analyze where this bridge will collaborate for the regional development, as well as in the solution of social and economic problems for both the territories, cities, people. Tries to understand until point will be able to act as bridge enters the economic blocks in the panorama of the globalization: MERCOSUL and UNION EUROPÉIA
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-04-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.