• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2017.tde-09032017-090516
Documento
Autor
Nome completo
Angélica Campos Nakamura
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Marcos, Valeria de (Presidente)
Marques, Marta Inez Medeiros
Pereira, Diamantino Alves Correia
Título em português
Cooperapas: agricultura e cooperativismo no extremo sul do município de São Paulo
Palavras-chave em português
Agricultura urbana
Cooperapas
Cooperativismo
Produção familiar
São Paulo
Resumo em português
A Cooperativa Agroecológica dos Produtores Rurais e de Água Limpa da Região Sul de São Paulo (Cooperapas) foi fundada em 2011 e é a única cooperativa de agricultores do município de São Paulo. Nesse trabalho, pretende-se mostrar um pouco dos problemas, desafios e demandas pelos quais essa cooperativa vem passando desde a sua fundação. Para isso, a sua história foi resgatada e as questões que surgiram, ao longo do ano de 2015 nas reuniões e assembleias, foram trazidas, a fim de se retratar o cotidiano da cooperativa e como ela tenta resolver suas demandas. Para compreender melhor quem faz parte da Cooperapas, traçou-se um perfil geral de seus agricultores. Uma parcela do grupo foi entrevistada, trazendo, assim, as características gerais dos membros sob variados aspectos. Também se procurou contextualizar a região em que vivem esses agricultores, no caso, o extremo sul do município de São Paulo. A agricultura nessa região ganhou mais força no início do século XX, quando imigrantes chegaram e iniciaram a atividade, destacando-se, entre eles, os japoneses. Ao longo do século XX, a cidade de São Paulo cresceu vertiginosamente, tornando-se a principal metrópole do Brasil. A mancha urbana se expandiu, alcançando essa região que continua com a atividade agrícola. Com o crescimento desordenado da cidade, leis e normas começaram a ser estabelecidas a fim de se criar instrumentos urbanísticos que melhorem o espaço urbano e o tornem menos desigual. Assim, surgiram Planos Diretores, os quais também se preocuparam em pensar sobre a agricultura dentro do município. O Plano Diretor de 2002 e de 2014 ganharam destaque nesse trabalho, o primeiro por incluir a agricultura urbana na legislação e, o segundo, por continuar a tratar da atividade agrícola e restabelecer uma zona rural. Uma das áreas da zona rural é esse extremo sul, onde vivem os membros da Cooperapas. Dessa forma, o trabalho procurou contextualizar a região na qual vivem e produzem esses agricultores e as políticas públicas voltadas para a agricultura, quem são os membros da cooperativa e, finalmente, como a Cooperapas realiza sua gestão e enfrenta seus problemas e desafios.
Título em inglês
Cooperapas: agriculture and cooperativism in the far southern region of the municipality of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Cooperapas
Cooperativism
Family production
São Paulo
Urban agriculture
Resumo em inglês
The Agroecology Cooperative of Rural Producers and Clean Water of São Paulo (Cooperapas) was founded in 2011 and is the only cooperative of family farmers in São Paulo. In this work, it is intended to show some of the problems, challenges and demands that the cooperative has experienced since its foundation. Its story was rescued and the issues that arose, during the year 2015 in the meetings and assemblies, were brought in order to portray the daily life of the cooperative and how it tries to resolve its demands. To better understand who is part of Cooperapas, a general profile of its family farmers was drawn up. A portion of the group was interviewed, to bring the general characteristics of the members in various aspects. It also sought to contextualize the region in which these family farmers live, in the case, the far southern of the municipality of São Paulo. Agriculture in the region gained strength in the early twentieth century, when immigrants arrived and began the activity, standing out among them the Japanese. Throughout the twentieth century, the city of São Paulo has skyrocketed, becoming the main city in Brazil. The urban area has expanded, reaching the region that continues to agricultural activity. With the disorderly growth of the city, laws and regulations began to be established in order to create urban instruments to improve the urban space and become less unequal. Thus arose Master Plans, which also bothered to think about agriculture in the municipality. The Master Plan of 2002 and 2014 were highlighted in this work, the first to include urban agriculture legislation and, second, to continue to think about the agricultural activity and restore a rural area. One of the rural areas is this far southern, home to members of Cooperapas. Thus, the study sought to contextualize the region in which the family farmers of Cooperapas live and produce and public policies for agriculture, who are the members of the cooperative and, finally, how Cooperapas performs its management and face its problems and challenges.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.