• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-12022014-123610
Documento
Autor
Nome completo
Maria Leidiana Mendes de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Souza, Maria Adélia Aparecida de (Presidente)
Medeiros, Marlon Clovis
Tozi, Fábio
Título em português
Geografia da fome: a expressão dramática da desigualdade sócio-espacial brasileira
Palavras-chave em português
Desigualdades sócio-espaciais
Fome
Formação sócio-espacial
Políticas compensatórias
Território usado
Resumo em português
Este trabalho tem como objetivo discutir a fome numa perspectiva geográfica. A importância do tema se deve ao fato de que a alimentação é fundamental para a manutenção da vida; portanto, essencial à existência. Assim, inferimos a fome como um processo constituído ao longo da nossa história, no caso específico do Brasil, o reflexo vigente de uma formação desigual. Refletir sobre a formação territorial de nosso país, ajuda-nos a apreender a formação sócioespacial brasileira. Essa discussão nos auxilia também a entender como a fome se revela no território usado brasileiro. A Geografia exibe os usos desiguais do território, com a extensão do meio técnico-científico-informacional que chega para alguns e continua a excluir muitos. Acontecimento este que amplia a perversidade decorrente, nesta contemporaneidade, do alijamento da maioria da população do meio referido anteriormente. Discutir a fome geograficamente é discutir também o uso do território não apenas pela produção, mas pelas possibilidades que todos devem ter de produzir alimentos, inclusive discutir a sua distribuição para aqueles que ainda passam fome. O território usado, portanto, se transforma numa poderosa categoria de análise social, importante argumento para a apreensão da fome como processo político, e não como fenômeno.
Título em inglês
Geography of hunger: the dramatic expression of Brazilian socio-spatial inequalities
Palavras-chave em inglês
Compensatory policies
Hunger
Socio-spatial formation
Sociospatial inequalities
Used territory
Resumo em inglês
This paper aims to discuss hunger in a geographical perspective. The topic is important due to the fact that food is essential for the maintenance of life, so, essential to existence. Thus, we infer the hunger as a process consisting throughout our history, in the specific case of Brazil, the reflection effect of unequal formation. Reflecting on the territorial formation of our country, helps us to grasp the Brazilian socio-spatial formation. This discussion also helps us to understand how hunger is revealed in Brazilian territory. Geography displays the unequal uses of the territory, with the extension of the technicalscientific- informational arriving for some and continuing to exclude many. This event extends the resulting perversity, this contemporary, the jettisoning of the majority of the middle mentioned above. To discuss hunger geographically also means to discuss the use of the territory not only for production, but the possibilities that everyone should have to produce food, including discussing their distribution to those who are still hungry. Therefore, the territory which is used becomes a powerful category of social analysis, an important argument for the seizure of hunger as a political process, and not as a phenomenon.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-02-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.