• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.8.2013.tde-12062013-120354
Documento
Autor
Nome completo
Isabela Silveira Machado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Cruz, Rita de Cassia Ariza da (Presidente)
Arroyo, Maria Mónica
Vidal, Soraia Maria do Socorro Carlos
Título em português
O Porto de Santos e a revolução dos contêineres
Palavras-chave em português
Contêiner
Espaço portuário
Geografia da circulação
Geografia portuária
Porto de Santos
Resumo em português
O presente trabalho tem como principal objetivo entender como o espaço portuário de Santos se organizou a partir da introdução do objeto técnico contêiner, na segunda metade do século XX, destacando as principais mudanças técnicas, normativas e socioespaciais. Esta dissertação está inserida no contexto da Geografia da Circulação, uma área de investigação atual e de extrema relevância não só para o Brasil como para o mundo e de fundamental importância para uma melhor compreensão da formação econômica e socioespacial brasileira bem como da inserção do país nos mercados mundiais; especificamente, dedicamos atenção à atividade portuária. Os portos desempenharam e continuam desempenhando papel muito importante para a formação socioespacial de diferentes nações e regiões; são o grande elo entre o transporte terrestre e o transporte marítimo. Eles estão no centro da história econômica do mundo e, com o passar dos séculos, tiveram seu significado muitas vezes alterado, adquirindo novas funções, estabelecendo novas relações com seu entorno bem como com lugares por vezes distantes. Mais do que estruturas que servem aos propósitos da circulação no/entre territórios, os portos também participam da produção do espaço, pelo fato de demandarem infraestruturas que possibilitem seu funcionamento nas mais variadas escalas geográficas (local/regional/global). A necessidade de entender a evolução da atividade portuária como elo logístico fundamental no transporte de contêineres, avalisando como a adoção do mesmo modificou a estrutura portuária do Porto de Santos em termos mercadológicos, organizacionais e tecnológicos, além da relação do porto com a hinterlândia a partir da Revolução dos Contêineres, é o fundamento dessa pesquisa. O espaço portuário de Santos, localizado no litoral Sul do Estado de São Paulo, é tratado, nesta dissertação, como a porção do espaço geográfico que abriga o porto organizado; seus terminais privativos, e áreas adjacentes localizadas fora do limite do porto organizado. O quadro levantado pela pesquisa, baseada em análises de dados estatísticos oficiais; revisões bibliográficas, entrevistas e por meio de levantamentos feitos em trabalhos de campo revelou que a introdução do contêiner alterou, significativamente, a dinâmica do Porto, mediante a premente necessidade da introdução de novos objetos técnicos (maquinário), além de novas normatizações, mudanças no sistema de trabalho e o consequente impacto que estas modificações introduzem na relação do Porto de Santos com a cidade.
Título em inglês
The port of Santos and the revolution of containers
Palavras-chave em inglês
Container
Geography of transports
Geography port
Port of Santos
Portuary space
Resumo em inglês
This work has as main goal to understand how the space port of Santos and its hinterland was organized from the introduction of the technical object container in the second half of the twentieth century, highlighting the main technical changes, regulatory and socio-spatial. This work is inserted in the business of "Geografia da Circulação," an actual and very relevant area of research, not only for Brazil, but for the world, and of fundamental importance for a better understanding of the Brazilian economic and sociospatial formation as well as the country's insertion in world markets, with specific attention to port activities. The ports have played and are still playing an important role in the formation of socio different nations and regions; They are the major link between land transport and maritime transport. They are of the centre of the economic history of the world and, over the centuries, its meaning had changed many times, acquiring new functions, establishing new relationships with their surroundings as well as distant places. More than structures that serve the purposes of movement in / between territories, ports also participate in the production of space, because demand it infrastructures that enable its operation in various geographical scales (local / regional / global). The need to understand the evolution of port activity as a logistical link in the transportation of containers, endorsing how his adoption changed the structure of Port of Santos in terms of marketing, organizational and technological relationship, beyond the relationship of the port with its hinterland starting on Revolution of Containers based this research The space port of Santos, located on the southern coast of the state of São Paulo, is treated in this dissertation as a portion of geographical space that houses the organized port; their private terminals, and surrounding areas located outside the limits of the organized port. The framework raised by the research, based on analysis of official statistics, literature reviews, interviews and through surveys in fieldwork revealed that the introduction of the container significantly changed the dynamics of Porto, through the urgent need for the introduction of new technical objects (machinery), as well as new norms, changes in the work system and the consequent impact that these changes introduced in the Port of Santos relationship with the city.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.